Formação, saberes docentes e práticas de ensino dos professores orientadores de estágio: validação de instrumentos de pesquisa

Autores

DOI:

https://doi.org/10.51281/impa.e021015

Palavras-chave:

Formação de professores, Estágio Curricular Supervisionado, Educação Física

Resumo

O estudo teve como objetivo validar instrumentos de pesquisa na área de formação de professores, em especial sobre a formação, saberes docentes e práticas de ensino dos professores orientadores de Estágio Curricular Supervisionado que atuam em cursos de licenciatura em Educação Física. Para validação do questionário e do roteiro de entrevista, adotamos o método de Índice de Validação de Conteúdo (IVC) conforme as orientações de Alexandre e Coluci (2011) e Joventino (2010). Contamos com a participação de 10 juízes, entre doutores (3), mestres (5) e especialistas (2). Consideramos válido o IVC ≥ 0,80. Nos 5 critérios postos em análise este indicador foi alcançado, ficando o IVC total (média dos IVC total de cada critério) do questionário 0,94 e do roteiro de entrevista 0,96. Quanto à nota (de 0-10) atribuída por cada juiz na análise do instrumento de forma geral, a média do questionário foi 9,4 e do roteiro de entrevista 9,5. Especificamente, os instrumentos receberam taxas adequadas em relação à clareza dos itens, à adequação dos itens para atingir os objetivos da tese , à fidedignidade dos itens em relação à seção em que se encontram inseridos, à capacidade dos itens em agregar valor, análise crítica ou afim para a vertente estudada, e, finalmente, em relação ao grau de relevância dos itens para atingir os objetivos da tese.

Biografia do Autor

Antonio Evanildo Cardoso de Medeiros Filho, Universidade Regional do Cariri

Mestre e Doutorando em Educação pelo Programa de Pós-graduação em Educação da Universidade Estadual do Ceará (PPGE/UECE). Professor da Universidade Regional do Cariri (URCA).

Francisco Egberto de Melo, Universidade Regional do Cariri

Doutor em Educação e Mestre em História Social pela Universidade Federal do Ceará (UFC). Professor da Universidade Regional do Cariri (URCA).

Alice Maria Correia Pequeno, Universidade Estadual do Ceará

Doutorado em Saúde Pública pela Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo, mestrado em Geologia pela Universidade Federal do Ceará (UFC) e Pós-Doutorado em Educação pela Universidade Estadual do Ceará (UECE).

Antonio Germano Magalhães Junior, Universidade Estadual do Ceará

Doutorado em Educação pela Universidade Federal do Ceará (UFC) e pós-doutorado em Educação pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN). Professor da Universidade Estadual do Ceará (UECE).

Referências

ALARCÃO, Isabel. Professores reflexivos em uma escola reflexiva. 8. ed. São Paulo: Cortez, 2011.

ALEXANDRE, Neusa Maria Costa; COLUCI, Marina Zambon Orpinelli. Validade de conteúdo nos processos de construção e adaptação de instrumentos de medida. Cien Saude Colet. v. 16, n. 7, p. 3061-3067, 2011. DOI: http://dx.doi.org/10.1590/S1413-81232011000800006

ALTET, Marguerite. Análise das práticas dos professores e das situações pedagógicas. Porto: Porto Editora, 2000.

ARAUJO, Raffaelle Andressa dos Santos. Currículo de formação docente em educação física: análise sobre as práticas, o estágio e as atividades complementares. 2018. 393 f. Tese (Doutorado acadêmico em Educação) – Centro de Educação da Universidade Estadual do Ceará, Universidade Estadual do Ceará, Fortaleza, 2018. Disponível em: http://www.uece.br/ppge/wp-content/uploads/sites/29/2019/06/Tese_RAFFAELLE-ANDRESSA-DOS-SANTOS-ARAUJO.pdf Acesso em: 25 mar. 2021.

BRASIL. Lei nº 11.788, de 25 de setembro de 2008. Dispõe sobre o estágio de estudantes; altera a redação do art. 428 da Consolidação das Leis do Trabalho (CLT). Diário Oficial da União, Brasília, DF, 26 set. 2008. Disponível em: http://conteudo.cvm.gov.br/export/sites/cvm/menu/acesso_informacao/servidores/estagios/3-LEGISLACAO-DE-ESTAGIO.pdf Acesso em: 04 jan. 2021.

DARLING-HAMMOND, Linda; ROTHMAN, Robert. Teacher and Leader Effectiveness in High-Performing Education Systems. Alliance for Excellent Education, 2011. Disponível em: https://eric.ed.gov/?id=ED517673 Acesso em: 20 jan. 2020.

GARCIA, Carlos Marcelo. Formação de professores: Para uma mudança educativa. Porto: Porto Editora, 1999. (Coleção Ciências da Educação Século XXI).

GATTI, Bernardete Angelina et al. Professores do Brasil: novos cenários de formação. Edições Unesco, UNESCO, Brasília, 2019. Disponível em: https://www.fcc.org.br/fcc/wp-content/uploads/2019/05/Livro_ProfessoresDoBrasil.pdf Acesso em: 06 set, 2020.

GAUTHIER, Clermont et al. Por uma teoria da pedagogia: pesquisas contemporâneas sobre o saber docente. Ijuí: Editora Unijuí, 1998.

GAUTHIER, Clermont; BISSONNETTE, Steve; RICHARD, Mario. Ensino explícito e desempenho dos alunos. Petrópolis: Editora Vozes, 2014.

GHEDIN, Evandro; OLIVEIRA, Elisangela Silva de; ALMEIDA, Whasgthon de Almeida. Estágio com pesquisa. São Paulo: Cortez, 2015.

IMBERNÓN, Francisco. Formação docente e profissional: formar-se para a mudança e incerteza. 9. ed. São Paulo, SP: Cortez, 2011 (Coleção questões da nossa época, v. 14).

JOVENTINO, Emanuella Silva. Construção e validação de escala para mensurar a autoeficácia materna na prevenção de diarreia infantil. 2010. 242 f. Dissertação (Mestrado em Enfermagem) – Faculdade de Farmácia, Odontologia e Enfermagem, Universidade Federal do Ceará, Fortaleza, 2010. Disponível em: http://repositorio.ufc.br/handle/riufc/1796 Acesso em: 07 jan. 2021.

LIBÂNEO, José Carlos. Didática. 2. ed. São Paulo: Cortez, 2013.

LIMA, Maria Socorro Lucena. Estágio e aprendizagem da profissão docente. 1. ed. Brasília: Liber livro, 2012.

NÓVOA, Ántonio (Org.). Os Professores e sua Formação. Portugal: Publicações Dom Quixote, 1995.

PICONEZ, Stela Conceição Bertholo (Org). A prática de ensino e o estágio supervisionado. 24. ed. Campinas, SP: Papirus, 2012.

PIMENTA, Selma Garrido; ANASTASIOU, Léa das Graças Camargos. Docência no ensino superior. São Paulo: Cortez Editora, 2014.

PIMENTA, Selma Garrido; GHEDIN, Evandro. (Orgs.). Professor reflexivo no Brasil: gênese e crítica de um conceito. 4. ed. São Paulo: Cortez, 2006.

PIMENTA, Selma Garrido; LIMA, Maria Socorro Lucena. Estágio e Docência. 8. ed. São Paulo: Cortez, 2017. 310p.

SILVA NETA, Maria de Lourdes da; MAGALHÃES JUNIOR, Antonio Germano; MACHADO, Sarah Bezerra Luna Varela. Postura cartográfica nos percursos de pesquisa. Revista Diálogo Educacional, Curitiba, v. 19, n. 60, p. 386-406, jan./mar. 2019. DOI: http://dx.doi.org/10.7213/1981-416X.19.060.AO04

TARDIF, Maurice. Saberes docentes e formação profissional. 17. ed. Petrópolis, RJ: Vozes, 2014. 325 p.

TARDIF, Maurice; LESSARD, Claude. O trabalho docente: elementos para uma teoria da docência como profissão de interações humanas. 4. ed. Petrópolis, RJ: Vozes, 2008.

THERRIEN, Jacques. Saber da experiência, identidade e competência profissional: como os docentes produzem sua profissão. In: Revista Contexto e Educação. Editora UNIJUÍ, v. 12, n. 48, 1997.

ZABALZA, Miguel Angel. O estágio e as práticas em contextos profissionais na formação universitária. 1. ed. São Paulo: Editora Cortez, 2014. p. 327.

Publicado

2021-09-11

Como Citar

MEDEIROS FILHO, A. E. C. de; MELO, F. E. de; PEQUENO, A. M. C. .; MAGALHÃES JUNIOR, A. G. . Formação, saberes docentes e práticas de ensino dos professores orientadores de estágio: validação de instrumentos de pesquisa. Revista de Instrumentos, Modelos e Políticas em Avaliação Educacional, [S. l.], v. 2, n. 3, p. e021015, 2021. DOI: 10.51281/impa.e021015. Disponível em: https://revistas.uece.br/index.php/impa/article/view/6585. Acesso em: 26 jan. 2022.

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)