Teoria clássica dos testes e teoria de resposta ao item em avaliação educacional

Palavras-chave: Psicometria, Teoria clássica das medidas, Teoria de resposta ao item

Resumo

Este artigo caracteriza-se como um ensaio teórico que aborda aspectos introdutórios da psicometria clássica e moderna. Dessa forma, apresentamos um breve histórico do desenvolvimento, assim como conceitos e características gerais de cada uma das abordagens. Para a teoria clássica dos testes apresentamos seu modelo básico, pressupostos e os parâmetros dos itens comumente utilizados, a dificuldade e discriminação. Para a teoria de resposta ao item apresentamos o conceito de curva característica do item, os parâmetros frequentemente utilizados, a dificuldade, discriminação e acerto casual, os pressupostos e os modelos mais comuns. Com este ensaio, esperamos apresentar os conceitos mais básicos para os iniciantes no estudo da psicometria no âmbito da avaliação educacional.

Biografia do Autor

Leandro Araujo de Sousa, Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Ceará (IFCE)

Doutor em educação pela Universidade Federal do Ceará (UFC). Docente do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Ceará (IFCE).

Adriana Eufrásio Braga, Universidade Federal do Ceará (UFC)

Doutora em Educação pela universidade Federal do Ceará (UFC). Docente do Programa de Pós-Graduação em Educação (PPGE/UFC).

Referências

ANDRIOLA, Wagner Bandeira. Psicometria Moderna:características e tendências. Estudos em Avaliação Educacional, v. 20, n. 43, p. 319, 2009. DOI: https://doi.org/10.18222/eae204320092052

ANDRIOLA, Waner Bandeira. Avaliação da aprendizagem: uma análise descritiva segundo a teoria de resposta ao item (TRI). Educação em Debate, v. 20, n. 36, p. 93–102, 1998. Disponível em: http://www.periodicosfaced.ufc.br/index.php/educacaoemdebate/article/view/366 Acesso em: 03 jan. 2020.

ARIAS, Maria Rosario Martínez; LLOREDA, Maria José Hernández; LLOREDA, Maria Victoria Hernández. Psicometría. Alianza Ed ed. Madrid, 2014.

GULLIKSEN, Harold. A course in the theory of mental tests. Psychometrika, [S. l.], v. 8, n. 4, p. 223–245, 1943. DOI: https://doi.org/10.1007/BF02288706

GULLIKSEN, Harold. Theory of mental tests. New York: John Wiley & Sons, 1950.

LAROS, J. A. Análise gráfica de itens. In: PASQUALI, L. (org.). Psicometria: teoria dos testes na psicologia e na educação. 3. ed. Petrópolis, Rio de Janeiro: Vozes, 2009.

LINDEN, Win J. van der. Introduction. In: LINDEN, Win J. van der (org.). Handbook of item response theory - volume one. Boca Raton, FL: CRC Press, 2015.

LORD, Frederic M. An approach to mental test theory. Psychometrika, v. 24, n. 4, p. 283–302, 1959. DOI: https://doi.org/10.1007/BF02289812

MOREIRA JUNIOR, Fernando de Jesus. Aplicações da Teoria da Resposta ao Item (TRI) no Brasil. Revista Brasileira De Biometria, v. 28, n. 4, p. 137–170, 2010.

MUÑIZ, José. Teoría de repuesta a los ítems. Madrid: Pirámede, 1990.

MUÑIZ, José. Teoría clássica de los testes. Madrid: Pirámede, 1994.

NOVICK, Melvin R. The axioms and principal results of classical test theory. Journal of Mathematical Psychology, v. 3, n. 1, p. 1–18, 1966. DOI: https://doi.org/10.1016/0022-2496(66)90002-2

PASQUALI, Luiz. Psicometria: teoria dos testes na psicologia e na educação. 3. ed. Petrópolis, Rio de Janeiro: Vozes, 2009.

SARTES, Laisa Marcorela Andreoli; SOUSA-FORMIGONI, Maria Lucia Oliveira de. Avanços na Psicometria: aa teoria clássica dos testes à teoria de resposta ao item. Psicologia: Reflexão e Crítica, v. 26, n. 2, p. 241–250, 2013. DOI: https://doi.org/10.1590/S0102-79722013000200004

SILVEIRA, Fernado Lang da. Consideraçóes sobre o índice de discriminação de itens em testes educacionais. Educação & Seleção, v. 7, 1983. Disponível em: http://publicacoes.fcc.org.br/ojs/index.php/edusel/article/view/2546 Acesso em: 06 jan. 2020

SOUSA, Leandro Araujo de et al. Teoria de resposta ao item como possibilidade de análise de testes educacionais de educação física. In: PONTES JUNIOR, José Airton de Freitas et al. (org.). Métodos quantitativos em atividade física. Curitiba: CRV, 2018.

SOUSA, Leandro Araujo de; BRAGA, Adriana Eufrásio; TROMPIERI FILHO, Nicolino. Educação Física em avaliações de larga escala: o caso do exame nacional do ensino médio - Enem. Revista educação & Linguagem, v. 2, n. 1, p. 60–71, 2015. Disponível em: https://www.fvj.br/revista/revista-educacao-e-linguagem/edicoes/2015-1/ Acesso em: 06 jan. 2020

STEVENS, S. S. On the theory of scales of measurement. Science, v. 103, n. 2684, p. 677–680, 1946. DOI: https://doi.org/10.1126/science.103.2684.677

TAVARES, Cristina Zukowsky. Teoria da resposta ao item: uma análise crítica dos pressupostos epistemológicos. Estudos em Avaliação Educacional, v. 24, n. 54, p. 56–76, 2013. DOI: http://dx.doi.org/10.18222/eae245420131902

TRAUB, Ross E. Classical test theory in historical perspective. Educational Measurement: Issues and Practice, p. 8–14, 1997. DOI: https://doi.org/10.1111/j.1745-3992.1997.tb00603.x

URBINA, Susana. Essentials of psychological testing. New Jersey: John Wiley & Sons, Inc., 2004.

VALLE, Raquel da Cunha. Teoria de resposta ao item. Estudos em Avaliação educacional, v. 21, p. 07–92, 2000. DOI: http://dx.doi.org/10.18222/eae02120002225

VIANNA, Heraldo Marelim. Testes em educação. São Paulo: IBRASA, 1976.

Publicado
2020-01-02
Como Citar
SOUSA, L.; BRAGA, A. Teoria clássica dos testes e teoria de resposta ao item em avaliação educacional. Revista de Instrumentos, Modelos e Políticas em Avaliação Educacional, v. 1, n. 1, p. e020002, 2 jan. 2020.