Educação e Pandemia: impactos na aprendizagem de alunos em alfabetização

Autores

Palavras-chave:

Pandemia, Educação, Implicações, Alfabetização

Resumo

Com o advento da pandemia, as instituições de ensino obrigaram-se a interromper suas atividades presenciais e adequarem-se a atendimentos remotos. Na conjuntura, milhares de estudantes, em fase de alfabetização, passaram a desenvolver suas atividades escolares na ambiência domiciliar. Assim, este estudo procurou analisar como tem se configurado a prática sob a articulação e responsabilidade imediata dos pais/responsáveis, já que a mediação e presença pedagógica do professor tornou-se distanciada, quais são os impactos na aprendizagem dos educandos em processo de construção da leitura e da escrita, e quais os maiores percalços as famílias têm enfrentado. Neste intento, utilizou-se como procedimento metodológico a pesquisa qualitativa, utilizando como técnica de coleta um questionário aberto, direcionado a pais de alunos do 1° ano do ensino fundamental. Os resultados evidenciaram que a aprendizagem de muitas crianças se encontra em risco e que será necessário pensar em políticas que representem o planejamento de estratégias de recuperação.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Michele de Queiroz, IFCE

Mestra em Educação Profissional e Tecnológica pelo Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Ceará (IFCE); Pós-graduada em Gestão e Coordenação Escolar pelo Instituto Superior de Teologia Aplicada; Licenciada em Pedagogia pela Universidade Estadual do Ceará (UECE); Graduanda em Letras Português e Inglês pela Universidade Cruzeiro do Sul. 

Francisca Genifer Andrade de Sousa, Universidade Estadual do Ceará (UECE)

Doutoranda e mestra em Educação pelo Programa de Pós-Graduação em Educação da Universidade Estadual do Ceará (PPGE/UECE) (2019); Graduada em Pedagogia pela mesma universidade (2017). Pesquisadora do grupo de pesquisa em Práticas Educativas, Memórias e Oralidades (PEMO/UECE). Bolsista CAPES.

Genegleisson Queiroz de Paula, Governo do Estado do Ceará

Graduado em Música pela Universidade Estadual do Ceará (2010). Servidor público do Estado do Ceará; Professor da EMEF Maria Regiana da Silva. Tem experiência na área de Artes. 

Referências

BRASIL. Ministério da Educação. Base Nacional Comum Curricular-Brasília, DF: Ministério da Educação, 21 dez. 2017. Disponível em: http://portal.mec.gov.br/conselho-nacional-de-educacao/base-nacional-comumcurricular-bncc-etapa-ensino-medio. Acesso em: 12 jun. 2021

FERREIRO, E. Alfabetização em processo. 15. ed. São Paulo: Cortez, 2004.

FERREIRO, Emília & Teberoksy, ANA. Psicogênese da Língua Escrita. Trad. Diana Myriam Lichtenstein, Liana Di Marco e Mário Corso. Artes Médicas Sul, Porto Alegre/RS.1999.

FREITAS, A. C. S. .; ALMEIDA, N. R. O. de .; FONTENELE, I. S. . Fazer docente em tempos de ensino remoto: como isso acontece?. Ensino em Perspectivas, [S. l.], v. 2, n. 3, p. 1–11, 2021. Disponível em: https://revistas.uece.br/index.php/ensinoemperspectivas/article/view/6068. Acesso em: 1 ago. 2021.

GERHARDAT, Tatiana; SILVEIRA, Denise Tolfo (org.). Métodos de pesquisa.1.ed. Porto Alegre: Editora da UFRGS, 2009.

MACHADO, Patricia Lopes Pimenta. Educação em tempos de pandemia: O ensinar através de tecnologias e mídias digitais. Revista Científica Multidisciplinar Núcleo do Conhecimento. Ano 05, Ed. 06, Vol. 08, pp. 58-68. Junho de 2020. Disponível em: https://www.nucleodoconhecimento.com.br/educacao/tempos-de-pandemia Acesso em 06 jun. 2021.

MINAYO, Maria Cecília de Souza. O desafio do conhecimento: pesquisa qualitativa em saúde. 4 ed. São Paulo: Hucitec-Abrasco, 1996.

PIAGET, J. Psicologia e pedagogia. Rio de Janeiro: Florense, 1970.

SOARES, Magda. Alfabetização e letramento: caminhos e descaminhos. Revista Pátio – Revista Pedagógica de 29 de fevereiro de 2004, Artmed Editora, UNESP. Disponível em: https://acervodigital.unesp.br/bitstream/123456789/40142/1/01d16t07.pdf. Acesso em: 17 jun. 2021.

UNESCO. A Comissão Futuros da Educação da Unesco apela ao planejamento antecipado contra o aumento das desigualdades após a COVID-19. Paris: Unesco, 16 abr. 2020. Disponível em: https://pt.unesco.org/news/comissao–futuros–da–educacao–da–unesco–apela–ao–planejamento–antecipado–o–aumento–das. Acesso em: 4 jun. 2021.

VYGOTSKY, L. S. A formação social da mente. 4. ed. São Paulo: Martins Fontes, 2010.

Publicado

2021-08-06

Como Citar

Queiroz, M. de, Sousa, F. G. A. de ., & Paula, G. Q. de. (2021). Educação e Pandemia: impactos na aprendizagem de alunos em alfabetização. Ensino Em Perspectivas, 2(4), 1–9. Recuperado de https://revistas.uece.br/index.php/ensinoemperspectivas/article/view/6057