Submissões

O cadastro no sistema e posterior acesso, por meio de login e senha, são obrigatórios para a submissão de trabalhos, bem como para acompanhar o processo editorial em curso. Acesso em uma conta existente ou Registrar uma nova conta.

Condições para submissão

Como parte do processo de submissão, os autores são obrigados a verificar a conformidade da submissão em relação a todos os itens listados a seguir. As submissões que não estiverem de acordo com as normas serão devolvidas aos autores.
  • A contribuição é original e inédita, e não está sendo avaliada para publicação por outra revista; caso contrário, deve-se justificar em "Comentários ao editor".
  • O arquivo da submissão está em formato Microsoft Word, OpenOffice ou RTF.
  • URLs para as referências foram informadas quando possível.
  • O texto está em espaço simples; usa uma fonte de 12-pontos; emprega itálico em vez de sublinhado (exceto em endereços URL); as figuras e tabelas estão inseridas no texto, não no final do documento na forma de anexos.
  • O texto segue os padrões de estilo e requisitos bibliográficos descritos em Diretrizes para Autores, na página Sobre a Revista.

Diretrizes para Autores

A responsabilidade pelo conteúdo do manuscrito é de responsabilidade exclusiva do(s) autor(es), ou seja, a revista "Ensino em Perspectivas" não se responsabiliza pelos dados, opiniões e conteúdos encaminhados para publicação.

Ao enviar o manuscrito para a revista Ensino em Perspectivas o autor compromete-se a não encaminhar para outro(s) veículo(s) de publicação pelo prazo de quatro meses, a contar da data do envio.

As propostas devem ser submetidas via internet, conforme tutorial, pelo endereço: 

https://revistas.uece.br/index.php/ensinoemperspectivas

Antes do envio do manuscrito, deve-se conferir se todos os autores estão cadastrados na plataforma da revista com seus respectivos metadados inseridos.  Importa esclarecer que é obrigatório o preenchimento dos seguintes campos: nome completo, e-mail, país, URL com o link do LATTES (em caso de brasileiros), ORCID, afiliação institucional e mini currículo. O preenchimento dessas informações deve estar tanto no perfil dos autores cadastrado na revista quanto no documento do word.

Os manuscritos devem ser encaminhadas em arquivo Word for Windows, versão 6.0 ou superior, com extensão (.doc), em fonte Arial, tamanho 12, em folha de formato A4, com espaçamento 1,5 entre linhas, margens superior, inferior e laterais de 2,5 cm. Os artigos devem ter a extensão mínima de 8 páginas e máxima de 18 páginas (salvo excepcionalidades publicadas);  os relatos de experiência devem ter a extensão mínima de 5 e máxima de 10 páginas (salvo excepcionalidades publicadas); e os resumos expandidos devem ter de 2 a 4 páginas. Deve-se colocar a identificação e todas as informações solicitadas no template porque realizamos avaliação aberta por pares, sem preservação de anonimato, seja dos autores ou avaliadores.

Os manuscritos poderão possuir no máximo seis autores(as), igualmente responsáveis pelo texto, salvo excepcionalidades justificadas, sendo preferencialmente pelo menos um com título de mestre ou doutor. 

A revista não estabele grau mínimo de titulação para autores interessados na submissão de manuscritos, no entanto, aconselha que sejam orientados por mestres e doutores.

Deve-se respeitar o máximo de 2 publicações por número do mesmo autor ou coautor.

Prioriza-se a publicação de manuscritos de leitores das revistas: Ensino em perspectivas; Práticas Educativas, Memórias e Oralidades; e Educação & Formação. Logo, sugere-se ler as publicações dessas revistas para dialogar com a discussão dos seus resultados de pesquisa.

 

título deve vir em português e inglês, com caixa baixa, centralizado, negrito e letra inicial em maiúscula. Ele deve conter, no máximo, 15 palavras (conta-se artigos, preposições etc.).

Os resumos devem ter no mínimo 100 e no máximo 150 palavras, vir em  português e inglês, acompanhados de  palavras-chave (no mínimo três e no máximo cinco). A fonte será Arial, tamanho 11, com espaçamento entre linhas simples.

As referências devem seguir as normas da ABNT e inseridas tanto no sistema da revista, durante a submissão, quanto no arquivo do Word ou em outro editor de texto. Recomenda-se a utilização de referencial teórico atualizado.

As notas devem ser usadas, somente quando estritamente necessário para algum esclarecimento, no fim do texto. Seus textos devem ser sucintos, corpo 10, alinhados à esquerda e com espaçamento simples. Elas devem ser apresentadas em algarismos arábicos, com numeração única e consecutiva para todo o texto.

No caso de pesquisas envolvendo seres humanos, que seja encaminhado, em documento suplementar, os Termos de Consentimento Livre e Esclarecidos (TCLE), correspondentes aos sujeitos da pesquisa ou o parecer de aprovação do comitê de ética. Em conformidade com as boas práticas da ciência aberta, informamos que é necessário mencionar qualquer conflito de interesse existente, bem como inserir o referenciamento e a disponibilização dos dados utilizados e gerados pela pesquisa, código de programa de processamentos de dados e outros materiais subjacentes ao texto para efeitos de avaliação, reuso e reprodutibilidade.

 

Ilustrações

As tabelas, quadros e gráficos devem ser inseridas no corpo do texto com títulos e legendas em acordo com as normas da ABNT. As figuras devem ser evitadas.

 

Citações

As citações no texto devem utilizar o sistema autor-data e seguir as normas da ABNT para esse sistema.

Em citações diretas ou literais o nome do autor fora de parênteses tem apenas a inicial maiúscula e dentro de parênteses, todas as letras maiúsculas (AUTOR, data, página). Para citações até três linhas, usam-se aspas, sem itálico. Citações com mais de três linhas, são recuadas 4 cm da margem esquerda, fonte tamanho 10, espaçamento simples, sem aspas e sem itálico.

Em citações indiretas, se o nome do autor estiver inserido no texto, usa-se apenas a inicial maiúscula com a data entre parênteses. Caso o nome do autor venha entre parênteses, todas as letras em maiúscula e a data, sem a necessidade de colocar a página.

As menções de autores no texto subordinar-se-ão às Normas Técnicas da ABNT  NBR 10520, agosto 2002. Exemplos:

Fialho (2019, p. 15); (FIALHO, 2019) e (FIALHO, 2019, p. 21).

  • As referências no final do texto precisam obedecer às Normas Técnicas da ABNT, NBR 10520, agosto 2002.
  • Não utilizar travessão (______), ao contrário, repetir o nome do autor, quando houver mais de uma referência do mesmo. Exemplos:

Livro

FIALHO, Lia Machado Fiuza; LOPES, Tânia Maria Rodrigues (Org.) . Docência e formação: percursos e narrativas. 1. ed. Fortaleza: EdUECE, 2017. v. 1. 198p.

Periódico

VASCONCELOS, José Gerardo; FIALHO, Lia Machado Fiuza; LOPES, Tânia Maria Rodrigues. Educação e liberdade em Rousseau. Educação & Formação, v. 3, n. 8 mai./ago., p. 210-223, 2018. Disponível em: https://revistas.uece.br/index.php/redufor/article/view/278/206 Acesso em: 02 jan. 2020.

Tese e dissertação

PEREIRA, Arliene Stephanie Menezes. Aninhá Vaguretê: reflexões simbólicas para a Educação Física no ritual do Torém dos índios Tremembé. 2019. 182. Dissertação (Mestrado em Educação Física) - Centro de Ciências da Saúde, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2019. Disponível em: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/45994 Acesso em 12 de dez. 2020.

COSTA, Maria Aparecida Alves da. Maria Cinobelina Alves: docência na Escola Normal (1981-1988). 130f. Dissertação (Mestrado em Educação)  Programa de Pós-Graduação em Educação, Universidade Estadual do Ceará, Fortaleza, 2019. Disponível em: https://siduece.uece.br/siduece/trabalhoAcademicoPublico.jsf?id=95576 Acesso em 06 de jan. 2020.

Monografia

OLIVEIRA, Antonio Elinaldo Alves de. A importância pelo ensino de educação à distância pela utilização da plataforma Moodle. Fortaleza, 2018. Monografia (Especialização em Educação à distância: fundamentos e ferramentas) - Universidade Estadual do Ceará, 2018. 

Trabalho apresentado em congresso

MENDES, Marcia Cristiane Ferreira; COSTA, Maria Aparecida Alves da; FIALHO, Lia Machado Fiuza; BRANDENBURG, Cristina. Iolanda dos Santos Mendonça: la participación de las mujeres en los movimientos indígenas (1970-2000). In: VIII Encuentro Internacional de Historia Oral Y Memorias, 2019, Bogotá. Anais do VIII Encuentro Internacional de Historia Oral Y Memorias. Bogotá, 2019. p. 1-12. Disponível em https://www.historiaoral.org.br/conteudo/view?ID_CONTEUDO=103 Acesso em 06 de jan. 2020.

Entrevista

LÚCIO. Entrevista. Fortaleza, 17 maio. 2015.

Artigo ou matéria de Jornal

OLIVEIRA, Sara. Como os jovens setem os livros e a cidade. O Povo, Fortaleza, 16 de Agosto de 2019. Seção O Povo Educação. Disponível em: https://digital.opovo.com.br/opovoeducacao/. Acesso em: 06 de jan. 2020.

Documentos eclesiásticos

FREGUESIA DA GLORIOSA Sant'Ana do Seridó. Termo de matrimônio de Ana Joaquina do Sacramento e Francisco Correia d'Avila. Vila Nova do Príncipe, 1812. In: MEDEIROS FILHO, Olavo de. Velhas famílias do Seridó. Brasília: Centro Gráfico do Senado Federal, 1981.

FREGUESIA DA GLORIOSA Sant'Ana do Seridó. Assento de óbito de Caetano Barbosa de Araújo. Vila Nova do Príncipe, 1842. In: MEDEIROS FILHO, Olavo de. Velhas famílias do Seridó. Brasília: Centro Gráfico do Senado Federal, 1981.

Testamento

SILVA, Caetano de Souza. Testamento. Caicó/Freguesia da Gloriosa Senhora Sant'Ana, 1890. (Documento manuscrito de 22 de julho de 1890, sob a guarda do Laboratório de Documentação Histórica do Centro de Ensino Superior do Seridó/LABORDOC − Caicó).

Testamentos e autos de contas

NASCIMENTO, Joaquina Maria do. Testamento e autos de contas. Vila do Príncipe /Freguesia da Gloriosa Senhora Sant'Ana, 1850. (Documento manuscrito de 20 de agosto de 1850, sob a guarda do Laboratório de Documentação Histórica do Centro de Ensino Superior do Seridó/LABORDOC - Caicó).

Legislação educacional, Constituição, mensagem governamental

BRASIL. Decreto nº 19.444, de 01 de dezembro de 1930. Dispõe sobre os serviços que ficam a cargo do Ministério da Educação e Saúde Pública, e dá outras providências. Disponível em: Acesso em: 13 fev. 2013.

BRASIL. Constituição dos Estados Unidos do Brasil (10 de novembro de 1937). Disponível em: Acesso em: 26 mar. 2013.

BRASIL. Decreto-Lei nº 4.958, de 14 de novembro de 1942. Institui o Fundo Nacional do Ensino Primário e dispõe sobre o Convênio Nacional de Ensino Primário. Disponível em: Acesso em: 25 mar. 2013.

BRASIL. Mensagem apresentada ao Congresso Nacional pelo Presidente da República, Juscelino Kubitschek de Oliveira na abertura da sessão legislativa de 1957. A educação nas mensagens presidenciais. Brasília: MEC/INEP, 1987. (v. 2, 1890-1986). 

 

Declaração de Direito Autoral

Os autores possuem direitos autorais dos seus textos:

A revista Ensino em Perpectivas permite ao/s autor/es os direitos de publicação, no entanto, recomenda um intervalo de cinco anos para o caso de republicação ou referência ao primeiro local de publicação: https://revistas.uece.br/index.php/ensinoemperspectivas/

Os nomes e endereços informados nesta revista serão usados exclusivamente para os serviços prestados por esta publicação, não sendo disponibilizados para outras finalidades ou a terceiros.

Política de Privacidade

Os nomes e endereços informados nesta revista serão usados exclusivamente para os serviços prestados por esta publicação, não sendo disponibilizados para outras finalidades ou a terceiros. No entanto, os dados inseridos no arquivo do texto serão disponibilizado publicamente.

Artigos

Política padrão de seção

Política de Privacidade

Os nomes e endereços informados nesta revista serão usados exclusivamente para os serviços prestados por esta publicação, não sendo disponibilizados para outras finalidades ou a terceiros. No entanto, os dados inseridos no arquivo do texto serão disponibilizado publicamente.