Memória: abordagem teórico-conceitual

Memory: theoretical-conceptual approach

Palavras-chave: Memória, História, Epistemologia, Fonte, Conhecimento Sociohistórico

Resumo

Em vários espaços encontram-se marcas, registros, objetos que levam a reflexivos pensamentos, revelam lembranças profundas que podem acalentar a alma, afugentar, angustiar o espírito, dependendo das reminiscências indeléveis e atemporais presentes no intelecto humano. Isto é memória. Este artigo suscita o debate teórico-conceitual e epistemológico sobre memória, sua relação construtora e até simbiótica com o processo histórico. Inegável a fecundidade desse debate hodiernamente, sobretudo entre historiadores, memorialistas e arquivistas que examinam as diversas fontes materiais e imateriais dos mais variados sujeitos sociais e suas estadas e produções no percurso histórico de suas existências. Esta produção se dá no âmbito teórico através da consulta bibliográfica tipologicamente descritiva com abordagem qualitativa a partir de fontes secundárias. A técnica de análise conteudal é a do discurso sociohistórico. Como resultado apresenta-se alguns conceitos e significados reelaborados a partir de teorias e epistemologias múltiplas no campo semântico do vocábulo memória em diferentes contextos históricos.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Antonio Roberto Xavier, Universidade da Integração Internacional da Lusofonia Afro-Brasileira

Pós-doutor em Educação (UFPB e UFC). Doutor em Educação (UFC). Mestre em Planejamento e Políticas Públicas e Mestre em Sociologia (UECE). Pedagogo. Historiador. Professor Permanente do Mestrado Acadêmico em Sociobiodiversidade e Tecnologias Sustentáveis (MASTS-UNILAB) e do Curso de Administração Pública (UNILAB).

Karla Renata de Aguiar Muniz, Universidade Federal do Ceará

Mestranda do Programa de Pós-graduação em Educação (PPGE), da Universidade Federal do Ceará (UFC); Bolsista da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES); Pós-graduada (Lato Sensu) em Gestão Cultural pela Universidade Estadual do Vale do Acaraú (UVA).

José Gerardo Vasconcelos, Universidade Federal do Ceará

Pós-doutor em História da Educação (UFRN). Pós-doutor em Educação (UFPB). Pós-doutor em Artes Cênicas (UFBA). Doutor e Mestre em Sociologia (UFC). Filósofo (Licenciado – UECE). Filósofo (Bacharel – UECE). Docente titular da Faculdade de Educação da UFC.

Francisco Ricardo Miranda Pinto, Centro Universitário INTA (UNINTA)

Doutorando e Mestre em Saúde Coletiva (UNIFOR). Enfermeiro (UNINTA). Letrólogo (UNIP). Pedagogo (UVA). Docente do Curso de Pedagogia EaD do Centro Universitário INTA – UNINTA. Docente do Curso de Pedagogia da Universidade Estadual Vale do Acaráu.

Referências

ABBAGNANO, N. Dicionário de Filosofia. São Paulo: Martins Fontes, 1998.

BANFIELD, G.; HADUNTZ, H.; MAISURIA, A. The (im)possibility of the intellectual worker inside the neoliberal university. Educação & Formação, Fortaleza, v. 1, n. 3, set./dez., p. 3-19, 2016. Disponível em: https://revistas.uece.br/index.php/redufor/article/view/110 Acesso em: 01 set. 2016.

BEGO, A. M. Políticas públicas e formação de professores sob a perspectiva da racionalidade comunicativa: da ingerência tecnocrata à construção da autonomia profissional. Educação & Formação, Fortaleza, v. 1, n. 2, p. 3-24, 2016. Disponível em: https://revistas.uece.br/index.php/redufor/article/view/98 Acesso em: 05 ago. 2019.

BERGSON, Henri. Matéria e memória: ensaio sobre a relação do corpo com o espírito. São Paulo: Martins Fontes, 1999.

BOSI, Ecléia. Memória e Sociedade: lembranças de velhos. São Paulo: Companhia das Letras, 1994.

CARVALHO, S. O. Formação Docente e Práxis Pedagógica narrativa de uma professora. Práticas Educativas, Memórias e Oralidades - Rev. Pemo, v. 1, n. 1, 2019. Disponível em: https://revistas.uece.br/index.php/revpemo/article/view/3716 Acesso em: 05 jul. 2019.

CASTRO, M. A. de; VASCONCELOS, J. G.; ALVES, M. M. A. “Estamos em casa!”: narrativas do cotidiano remoto da educação infantil em tempo de pandemia. Rev. Pemo, Fortaleza, v. 2, n. 1, p. 1-17, 2020. Disponível em: https://revistas.uece.br/index.php/revpemo/article/view/3716 Acesso em: 05 jul. 2020.

CHAUVEAU, A.; TÉTARD, P. (orgs.). Questões para a história do presente. Bauru: EDUSC, 1999.

CHERNOW, F. B. Supermemória: jogos e exercícios para aprimorar sua memória; tradução de Ibraíma Dafonte e Vera Caputo. – Rio de Janeiro: Ediouro, 2004.

DINARTE, L. D.; CORAZZA, S. Espaço poético como tradução didática: Bachelard e a imagem da casa. Educação & Formação, Fortaleza, v. 1, n. 2, mai./ago., p. 135-148, 2016. Disponível em: https://revistas.uece.br/index.php/redufor/article/view/105 Acesso em: 02 mai. 2016.

DOSSE, F. A História. São Paulo: EDUSC, 2003.

FANTIN, M. Educação, aprendizagem e tecnologia na pesquisa-formação. Educação & Formação, Fortaleza, v. 2, n. 6, set./dez., p. 87-100, 2017. Disponível em: https://revistas.uece.br/index.php/redufor/article/view/161 Acesso em: 01 set. 2017.

FIALHO, L.; BRAGA JUNIOR, V. R.; MONTE, R.; BRANDENBURG, C. O uso da história oral na narrativa da história da educação no Ceará. Práticas Educativas, Memórias e Oralidades - Rev. Pemo, v. 2, n. 1, 2020. Disponível em: https://revistas.uece.br/index.php/revpemo/article/view/3505 Acesso em: 01 jan. 2020.

GENÚ, M. S. A abordagem da ação crítica e a epistemologia da práxis pedagógica. Educação & Formação, Fortaleza, v. 3, n. 3, p. 55-70, 2018. Disponível em https://revistas.uece.br/index.php/redufor/article/view/856. Acesso em 09 ago. 2020.

GOMES, L. K. de S. Trajetórias e Biografias: notas para o campo da História da Educação (prefácio). In: VASCONCELOS, J. G. et al. Pesquisas Biográficas na Educação. Fortaleza: Edições UFC, 2013.

HALBWACHS, M. A memória coletiva. São Paulo: Centauro, 2004.

LE GOFF, J. História e memória; tradução Bernardo Leitão et al. – Campinas, SP: Editora da UNICAMP, 1990. (Coleção Repertórios).

LIMA, A.; AZEVEDO, M. L. Processo de institucionalização da política nacional e estadual de formação docente: Proposições e resistências no Paraná. Educação & Formação, Fortaleza, v. 4, n. 12, set./dez., p. 124-147, 2019. Disponível em: https://revistas.uece.br/index.php/redufor/article/view/1126/1311 Acesso em: 01 set. 2019.

LIMA, J.; SANTOS, G. Valores, educação infantil e desenvolvimento moral: concepções dos professores. Educação & Formação, Fortaleza, v. 3, n. 8, mai./ago., p. 153-170, 2018. Disponível em: https://revistas.uece.br/index.php/redufor/article/view/275 Acesso em: 02 mai. 2018.

LOPES, A. de P. C. Legislação e processos educativos: A constituição da escola primária no Piauí (1845 a 1889). Educação & Formação, Fortaleza, v. 4, n. 10, jan./abr., p. 50-65, 2019. Disponível em: https://revistas.uece.br/index.php/redufor/article/view/866/1081 Acesso em: 02 jan. 2019.

MORORÓ, L. A influência da formação continuada na prática docente. Educação & Formação, Fortaleza, v. 2, n. 1, p. 36-51, 2017. Disponível em https://revistas.uece.br/index.php/redufor/article/view/122. Acesso em 01 ago. 2020.

NORA, P. Entre memória e história: a problemática dos lugares. Projeto História. São Paulo, nº. 10, dez. 1993.

POLLAK, M. Memória, Esquecimento, Silêncio. Estudos Históricos vol. 5, n. 3 – Memória, São Paulo: Edições Vértice, 1989.

RICOUER, P. A memória, a história, o esquecimento. Campinas, Unicamp, 2007.

RIOS, P. P.; CARDOSO, H.; DIAS, A. Concepções de gênero e sexualidade d@s docentes do curso de licenciatura em pedagogia: por um currículo Queer. Educação & Formação, Fortaleza, v. 3, n. 8, mai./ago., p. 98-117, 2018. Disponível em: https://revistas.uece.br/index.php/redufor/article/view/272 Acesso em: 02 mai. 2018.

ROSA, A. da; DAL FORNO, R. L. Memorial do IFSul Câmpus Venâncio Aires: história, educação e pesquisa. Rev. Pemo, Fortaleza, v. 2, n. 2, p. 1 - 15, 2020. Disponível em https://revistas.uece.br/index.php/revpemo/article/view/3607

ROUSSO, H. A memória não é mais o que era. In: FERREIRA, Marieta de Moraes; AMADO, Janaína. Usos e Abusos da História Oral. RJ: FGV, 2002.

SANTOS, M. P. dos. História e Memória: desafios de uma relação teórica. OPSIS, v. 7, n. 9, jul-dez, 2007. Disponível em: https://doi.org/10.5216/o.v7i9.9331 Acesso em: 02 jan. 2016.

SMYTH, E.; HAMEL, T. The history of initial teacher education in Canada: Québec and Ontario. Educação & Formação, Fortaleza, v. 1, n. 1, jan./abr., p. 88-109, 2016. Disponível em: https://revistas.uece.br/index.php/redufor/article/view/93 Acesso em: 02 jan. 2016.

SOARES, C.; VIANA, T. Jovita Alves Feitosa: memórias que contam a história da educação nas prisões cearenses. Educação & Formação, Fortaleza, v. 1, n. 1, jan./abr., p. 140-158, 2016. Disponível em: https://revistas.uece.br/index.php/redufor/article/view/96 Acesso em: 02 jan. 2016.

SOUSA, N. M.; NASCIMENTO, D. A inclusão escolar e o aluno com síndrome de Down: as adaptações curriculares e a avaliação da aprendizagem. Educação & Formação, Fortaleza, v. 3, n. 9, set./dez., p. 121-140, 2018. Disponível em: https://revistas.uece.br/index.php/redufor/article/view/859/762 Acesso em: 01 set. 2018.

TRIGUERO, I. M. Gamificación y tecnologías como recursos y estrategias innovadores para la enseñanza y aprendizaje de la historia. Educação & Formação, Fortaleza, v. 3, n. 8, mai./ago., p. 3-16, 2018. Disponível em: https://revistas.uece.br/index.php/redufor/article/view/267 Acesso em: 02 mai. 2018.

VAINFAS, Ronaldo. Os protagonistas anônimos da história. São Paulo, SP: Campinas, 2002.

VASCONCELOS, José Gerardo. Memórias da saudade: busca e espera no Brasil autoritário. São Paulo: Annablume, 2000.

VASCONCELOS, J. G.; MAGALHÃES JÚNIOR, A. G. (orgs.). Memórias no Plural. Fortaleza: LCR, 2001.

XAVIER, A. R. Joana Paula de Morais: história, memória e trajetórias educativas (1900-1963). 2014. 411 f. Tese (Doutorado em Educação) – Programa de Pós-Graduação em Educação, Universidade Federal do Ceará, Fortaleza, 2014.

Publicado
2020-09-14
Como Citar
XAVIER, A. R.; MUNIZ, K. R.; VASCONCELOS, J. G.; PINTO, F. R. Memória: abordagem teórico-conceitual. Práticas Educativas, Memórias e Oralidades - Rev. Pemo, v. 3, n. 1, p. e313798, 14 set. 2020.