Educação, aprendizagem e tecnologia na pesquisa-formação

Autores

DOI:

https://doi.org/10.25053/edufor.v2i6.2377

Palavras-chave:

Ensino-aprendizagem. Formação com professores. Pesquisa-formação. Cultura digital.

Resumo

A integração significativa das tecnologias digitais nos processos de ensino-aprendizagem tem assumido papel de destaque entre os desafios da educação contemporânea. Práticas diferenciadas na formação universitária e diferentes experiências de investigação na perspectiva da mídia-educação destacam uma abordagem da pesquisa-formação – com ênfase num trabalho colaborativo entre professores, estudantes e pesquisadores –, que propicia diferentes formas de diálogo com o território. É no contexto dessas experiências e relações que o artigo reflete sobre a tecnologia como cultura, mediando os processos de ensino-aprendizagem na formação universitária e continuada com professores a partir de experiências de pesquisa-formação desenvolvidas em diferentes investigações e contextos socioculturais.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

BELLONI, M. L. Crianças e mídias no Brasil: cenários de mudança. São Paulo: Papirus, 2010.

BONILLA, M. H.; FANTIN, M. Olhares sobre a prática pedagógica com o Projeto UCA. In: QUARTIERO, E. M.; BONILLA, M. H.; FANTIN, M. (Org.). Projeto UCA: entusiasmos e desencantos de uma política pública. Salvador: UFBA, 2015. p. 99-145.

BRUNER, J. La cultura dell’educazione. Nuove orizzonti per la scuola. Milano: Feltrinelli, 2002.

BRUNER, J. Realidade mental, mundos possíveis. Porto Alegre: Artes Médicas, 1998.

BUCKINGHAM, D. Media education: literacy, learning and contemporary culture. Cambridge: Polity, 2005.

BUCKINGHAM, D. Youth, identity and digital media. Cambridge: MIT, 2008.

COPE, B.; KALANTZIS, M. (Ed.). Multiliteracies: Literacy learning and the design of social futures. New York: Routledge, 2000.

DAMIANO, E. Didattica come teoria della mediazione. Milano: Franco Angeli, 2013.

DURAND, M.; SAURY, J.; VEYRUNES, P. Relações fecundas entre pesquisa e formação docente: elementos para um programa. Cadernos de Pesquisa, São Paulo, v. 35, n. 125, p. 37-62, 2005.

FANTIN, M. (Org.). I Seminário Multideas. Florianópolis: Seminário Multideas, 2015a.

FANTIN, M. Dimensões da formação cultural e da mídia-educação na Pedagogia. EntreVer, Florianópolis, v. 2, p. 264-280, 2012.

FANTIN, M. Mídia-educação: olhares, conceitos e experiências Brasil e Itália. Florianópolis: Cidade Futura, 2006.

FANTIN, M. Nativos e imigrantes digitais em questão: crianças e competências midiáticas na escola. Revista Passagens, Fortaleza, v. 7, p. 5-26, 2016.

FANTIN, M. Novos paradigmas da didática e a proposta metodológica dos Episódios de Aprendizagem Situada, EAS. Educação e Realidade, Porto Alegre, v. 40, p. 443-464, 2015b.

FANTIN, M. Perspectives on media literacy, digital literacy and information literacy. International Journal of Digital Literacy and Digital Competence, v. 1, n. 4, p. 10-16, 2010.

FANTIN, M.; GIRARDELLO, G. Diante do abismo digital: mídia-educação e mediações culturais. Perspectiva, Florianópolis, v. 27, p. 69-96, 2009.

FANTIN, M.; QUARTIERO, E. M. Práticas educativas e culturais de estudantes e suas percepções sobre as tecnologias móveis na escola. Perspectiva, Florianópolis, v. 33, n. 2, p. 523-544, 2015.

FREINET, C. La scuola del fare. Bergamo: Junior, 2002.

GUNTZEL, C. et al. Práticas investigativas e formativas em mídia-educação: três olhares para a formação do professor. In: FANTIN, M.; RIVOLTELLA, P. C. (Org.). Escola e cultura digital. Campinas: Papirus, 2012. p. 309-346.

LIAW, S.-S.; HATALA, M.; HUANG, H.-M. Investigating acceptance toward mobile learning to assist individual knowledge management. Computers & Education, v. 54, p. 446-454, 2010.

LONGAREZI, A. M.; SILVA, J. L. Interface entre pesquisa e formação de professores: delimitando o conceito de pesquisa-formação. In: EDUCERE, 8., 2008, Curitiba. Anais... Curitiba: Champagnat: Araucária, 2008. p. 4048-4061.

NERI, M. Mapa da inclusão digital. Rio de Janeiro: FGV, 2013.

PACHLER, N. (Ed.). Mobile learning: Towards a research agend. London: WLE Centre, 2007.

QUARTIERO, E. M.; FANTIN, M. Education-research in school: Places and author ships in question. Research on Education and Media, v. 2, p. 35-46, 2014.

RIVOLTELLA, P. C. Didattica inclusiva con gli EAS. Brescia: La Scuola, 2015.

RIVOLTELLA, P. C. Fare didattica con gli EAS. Brescia: La Scuola, 2013.

RIVOLTELLA, P. C. La previsione. Brescia: La Scuola, 2104.

SANTAELLA, L. A aprendizagem ubíqua na educação aberta. Tempos e Espaços, Alagoas, n. 14, p. 15-22, 2014.

Downloads

Publicado

2017-09-01

Como Citar

FANTIN, M. Educação, aprendizagem e tecnologia na pesquisa-formação. Educ. Form., [S. l.], v. 2, n. 6, p. 87–100, 2017. DOI: 10.25053/edufor.v2i6.2377. Disponível em: https://revistas.uece.br/index.php/redufor/article/view/161. Acesso em: 20 out. 2021.