Cenários da produção docente nas licenciaturas: desafios para uma universidade pública no Sul do Brasil

Autores

DOI:

https://doi.org/10.25053/redufor.v6i2.3982

Palavras-chave:

Ensino Superior, Formação de pesquisadores, Licenciatura, Produtividade Científica

Resumo

Este texto objetiva mapear, em uma instituição pública do sul do Brasil, o cenário da produção docente no que tange à escolha dos veículos utilizados para socializar resultados de pesquisa, com ênfase nos professores dos cursos de Licenciatura. Caracteriza-se como um estudo descritivo de dados extraídos da produção declarada por 400 docentes em um período de três anos (2016-2018). Identificaram-se os níveis de ensino predominantemente investigados (principalmente a Educação Básica), área do conhecimento com maior produção (Ciências da Natureza) e enfoques orientativos (Metodologias de Ensino e Formação de Professores – Inicial e Continuada). Também foi constatado que a maioria dos artigos foram publicados em Língua Portuguesa, bem como o padrão quantitativo dominante por docente foi de 1 a 5 produções durante o período trienal analisado. Como prognóstico, indica-se a necessidade de serem pensados mecanismos para a formação continuada dos docentes universitários não apenas no âmbito do ensino, mas também da pesquisa.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Valesca Brasil Irala, Universidade Federal do Pampa

Professora Associada 2 na Universidade Federal do Pampa (UNIPAMPA), Doutora em Letras (Linguística Aplicada), pela Universidade Católica de Pelotas (UCPel) e fez seus estudos de Pós-doutorado na Facultad de Humanidades y Ciencias de la Educación, na Universidad de la República (Uruguai). Atualmente atua no curso de graduação em Letras (Línguas Adicionais - Inglês e Espanhol) e no Mestrado Acadêmico em Ensino (MAE), no campus Bagé. Atualmente integra duas redes internacionais, a Assessment in Higher Education (AHE) Network e a Red Internacional de Evaluación Formativa y Compartida en Educación Superior (REFYCES). É líder do Grupo de Pesquisa sobre Aprendizagens, Metodologias e Avaliação (GAMA/registrado no Diretório de Grupos do CNPq), que apresenta uma perspectiva inter e transdisciplinar.

Anderson Luis Jeske Bihain, Universidade Federal do Pampa

Possui graduação em Matemática - Licenciatura pela Universidade Regional do Noroeste do Estado do Rio Grande do Sul (2008), mestrado em Modelagem Matemática (Conceito CAPES 4) pela Universidade Regional do Noroeste do Estado do Rio Grande do Sul (2011) e doutorado em Modelagem Computacional (Conceito CAPES 6) pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro (2014). Atualmente é professor adjunto A da Universidade Federal do Pampa. Membro do Grupo de Pesquisa GAMA (Aprendizagens, Metodologias e Avaliação), registrado do Diretório de Grupos de Pesquisa do CNPq e coordenador do curso de Matemática (Licenciatura) da UNIPAMPA. 

Referências

ARRUDA, A. L. B. Políticas da Educação Superior no Brasil: expansão e democratização, um debate contemporâneo. Espaço do Currículo, João Pessoa, v. 3, n. 2, p. 501-510, 2011.

BARBA, M. L. P.; CASTILLO, J. P. G.; MASSARANI, L. Public engagement in Science: mapping out and understanding the practice of Science communication in Latin America. Anais da Academia Brasileira de Ciências, Rio de Janeiro, v. 91, n. 91, p. 1-16, 2019. Disponível em: https://doi.org/10.1590/0001-3765201920171000. Acesso em: 15 jul. 2020.

BIHAIN, A. Relatório gerado por scriptLattes V8.11. 2019. Disponível em: https://andersonbihain.github.io/forum_licenciaturas/. Acesso em: 3 fev. 2020.

CUÑO BONITO, J. La universidad latinoamericana en la encrucijada: amenazas, desafíos y soluciones. Revista de Historia de la Educación Latinoamericana, Tunja, v. 18, n. 26, p. 241-277, 2016. Disponível em: http://dx.doi.org/10.19053/01227238.4374. Acesso em: 15 jul. 2020.

DIAS, A. M.; THERRIEN, J.; FARIAS, I. M. S. As áreas da educação e de ensino na Capes: identidade, tensões e diálogos. Revista Educação e Emancipação, São Luís, v. 10, n. 1, p. 34-57, 2017.

DORNELLES, C.; IRALA, V. B. Olhares para um mestrado profissional no Sul do Brasil. In: SILVA, W. R.; BEDRAN, P.; BARBOSA, S. A. (org.). Formação de professores de língua na pós-graduação. Campinas: Pontes, 2019. p. 155-187.

FERREIRA, E. et al. Digital Object Identifier (DOI): o que é, para que serve, como se usa? AtoZ: Novas Práticas em Informação e Conhecimento, Curitiba, v. 4, n. 1, p. 5-9, 2015. DOI: http://dx.doi.org/10.5380/atoz.v4i1.42369. Disponível em: https://revistas.ufpr.br/atoz/article/view/42369. Acesso em: 15 jul. 2020.

GENTIL, V. K. Expansão, interiorização e democratização do acesso à educação superior pública: o caso da Unipampa. 2017. 287 f. Tese (Doutorado em Educação) – Programa de Pós-Graduação em Educação, Pontifícia Universidade Católica, Porto Alegre, 2017.

GEVEHR, D.; FETTER, S.; KARPINSKI, R. Produção do conhecimento na universidade: reflexões e incumbências em torno do trabalho de conclusão de curso. Educação & Formação, Fortaleza, v. 4, n. 1, p. 131-147, 2019. DOI: https://doi.org/10.25053/redufor.v4i10.851. Disponível em: https://revistas.uece.br/index.php/redufor/article/view/851. Acesso em: 24 jan. 2021.

HOFF, D.; MARTIN, A. S.; SOPEÑA, M. Universidades e desenvolvimento regional: impactos quantitativos da Unipampa em Sant´Ana do Livramento. Redes, Santa Cruz, v. 16, n. 3, p. 157-183, 2011.

LAZCANO-PEÑA, D.; VIEDMA, G. C.; ALCAINO, T. V. Comunicación de la ciencia desde la mirada de los investigadores universitarios: entre el indicador y la vocación. Formación Universitaria, La Serena, v. 12, n. 6, p. 27-40, 2019. DOI: 10.4067/S0718-50062019000600027. Disponível em: https://scielo.conicyt.cl/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0718-50062019000600027. Acesso em: 15 jul. 2020.

LINDEMANN, R. H.; LUCCHESE, M. M. Ensino de Ciências na região da Campanha: reflexões iniciais de um processo de formação acadêmico-profissional de professores de Ciências. In: MARRANGHELLO, G. F.; LINDEMANN, R. H. (org.). Ensino de Ciências na região da Campanha: contribuições na formação acadêmico-profissional de professores de Química e Física. São Leopoldo: Oikos, 2015. p. 97-106.

LOPES DA SILVA, M.; MAIA FILHO, O.; RABELO, J. As condições de trabalho do professor universitário substituto na contemporaneidade: explorando a realidade de uma universidade pública. Educação & Formação, Fortaleza, v. 5, n. 1, p. 215-234, 2019. DOI: https://doi.org/10.25053/redufor.v5i13.1002. Disponível em: https://revistas.uece.br/index.php/redufor/article/view/1002. Acesso em: 24 jan. 2021.

MARCHIORO, D. F. Z. et al. A Unipampa no contexto atual da educação superior. Avaliação, Sorocaba, v. 12, n. 4, p. 703-717, 2007.

MARCOVITCH, J. Monitoramento das métricas de desempenho acadêmico. In: MARCOVITCH, J. (org.). Repensar a universidade: desempenho acadêmico e comparações internacionais. São Paulo: Com-Arte, 2018. p. 95-110.

MENA-CHALCO, J. P.; CESAR-JR., R. M. ScriptLattes: an open-source knowledge extraction system from de Lattes platform. Journal of the Brazilian Computer Society, Porto Alegre, v. 15, n. 4, p. 31-39, 2009.

MONTEMAYOR-BORSINGER, A. Nueva taxionomía para elementos temáticos: aplicación al análisis de evolución autoral em artículos de investigación. Signo & Seña, Buenos Aires, n. 14, p. 215-231, 2005.

MUELLER, S. P. M. O periódico científico. In: CAMPELLO, A.; CENDÓN, V.; KREMER, E. (org.). Fontes de informação para pesquisadores e profissionais. Belo Horizonte: UFMG, 2000. p. 73-96.

RAMOS, C. R.; SILVA, J. A. A emergência da área de ensino de Ciências e Matemática da Capes enquanto comunidade científica: um estudo documental. Investigações em Ensino de Ciências, Porto Alegre, v. 9, n. 2, p. 363-380, 2014.

SÁNCHEZ, P. G.; URIBE, L. M. I.; YEBRA, J. M. Los indicadores de calidad y su relación con la ética en la producción académica. Estudio de casos comparados. Revista Iberoamericana para la Investigación y el Desarrollo Educativo, Guadalajara, v. 7, n. 13, p. 1-23, 2016.

SANTOS, S. Rankings internacionais de universidades: comparações e desempenho por áreas. In: MARCOVITCH, J. (org.). Repensar a universidade: desempenho acadêmico e comparações internacionais. São Paulo: Com-Arte, 2018. p. 63-94.

SOARES, L. V.; COLARES, M. L. I. S. Avaliação educacional ou política de resultados?. Educação & Formação, Fortaleza, v. 5, n. 3, p. 1-24, 2020. Disponível em: https://revistas.uece.br/index.php/redufor/article/view/2951. Acesso em: 12 set. 2020.

TONETTO, L. M.; BRUST-RENCK, P. G.; STEIN, L. M. Perspectivas metodológicas na pesquisa sobre o comportamento do consumido. Psicologia: Ciência e Profissão, Brasília, DF, v. 34, n. 1, p. 180-195, 2014. DOI: https://doi.org/10.1590/S1414-98932014000100013. Disponível em: https://www.scielo.br/scielo.php?pid=S1414-98932014000100013&script=sci_abstract&tlng=pt. Acesso em: 15 jul. 2020.

UNIPAMPA. Plano de Desenvolvimento Institucional 2019-2023. Bagé: Unipampa, 2019. Disponível em: https://sites.unipampa.edu.br/proplan/files/2019/09/pdi-2019-2023-publicacao.pdf. Acesso em: 10 jun. 2020.

Publicado

2021-02-25

Como Citar

IRALA, V. B.; BIHAIN, A. L. J. Cenários da produção docente nas licenciaturas: desafios para uma universidade pública no Sul do Brasil. Educação & Formação, [S. l.], v. 6, n. 2, p. e3982, 2021. DOI: 10.25053/redufor.v6i2.3982. Disponível em: https://revistas.uece.br/index.php/redufor/article/view/3982. Acesso em: 12 maio. 2021.