O cadastro no sistema e posterior acesso, por meio de login e senha, são obrigatórios para a submissão de trabalhos, bem como para acompanhar o processo editorial em curso. Acesso em uma conta existente ou Registrar uma nova conta.

Condições para submissão

Como parte do processo de submissão, os autores são obrigados a verificar a conformidade da submissão em relação a todos os itens listados a seguir. As submissões que não estiverem de acordo com as normas serão devolvidas aos autores.
  • A contribuição é original e inédita, e não está sendo avaliada para publicação por outra revista; caso contrário, deve-se justificar em "Comentários ao editor".
  • O arquivo da submissão está em formato Microsoft Word, OpenOffice ou RTF.
  • URLs para as referências foram informadas quando possível.
  • O texto está em espaço simples; usa uma fonte de 12-pontos; emprega itálico em vez de sublinhado (exceto em endereços URL); as figuras e tabelas estão inseridas no texto, não no final do documento na forma de anexos.
  • O texto segue os padrões de estilo e requisitos bibliográficos descritos em Diretrizes para Autores, na página Sobre a Revista.

Diretrizes para Autores

Apresentação dos trabalhos

Ao enviar o artigo para a revista, o autor compromete-se a não encaminhá-lo para outro(s) veículo(s) de publicação pelo prazo de seis meses, a contar da data do envio.

As propostas devem ser submetidas via internet, pelo endereço: http://seer.uece.br/Redufor

Os artigos devem ser encaminhados em arquivo Word for Windows, versão 6.0 ou superior, com extensão (.doc), em fonte Arial, tamanho 12, em folha de formato A4, com espaçamento 1,5 entre linhas, margens superior, inferior e laterais de 2,5 cm. Os artigos devem ter a extensão mínima de 15 e máxima de 20 páginas.

No texto não deve conter qualquer identificação do autor e coautores. Esses dados, assim como vínculo institucional, formação e e-mail compõem os metadados, que devem ser preenchidos total e corretamente no momento do cadastro do autor para a continuidade do processo de submissão do artigo.

Os manuscritos poderão possuir no máximo três autores(as), salvo excepcionalidades justificadas, sendo pelo menos um com título de doutor(a).

Não publicamos artigos puramente teóricos ou relatos de experiência.

O título deve vir em português, inglês e espanhol, com caixa alta, centralizado e negrito.

Os resumos devem ter no mínimo 100 e no máximo 150 palavras, vir em três idiomas - português, inglês e espanhol - acompanhados de  palavras-chave (no mínimo três e no máximo cinco). A fonte será Arial, tamanho 11, com espaçamento entre linhas simples.

OBS: As palavras-chave devem constar no Thesaurus Brasileiro da Educação:

http://pergamum.inep.gov.br/pergamum/biblioteca/pesquisa_thesauro.php?resolution2=1024_1

Os artigos devem conter introdução, metodologia bem definida, resultados, discussão e considerações finais.

As notas devem ser usadas, somente quando estritamente necessário para algum esclarecimento, no fim do texto. Seus textos devem ser sucintos, corpo 10, alinhados à esquerda com espaçamento simples. Elas devem ser apresentadas em algarismos arábicos, com numeração única e consecutiva para todo o artigo.

Ilustrações

As tabelas, quadros e gráficos devem ser inseridas no corpo do texto com títulos e legendas em acordo com a ABNT. As figuras devem ser evitadas.

Citações

As citações no texto devem utilizar o sistema autor-data e seguir as normas da ABNT para esse sistema.

Em citações diretas ou literais o nome do autor fora de parênteses tem apenas a inicial maiúscula e dentro de parênteses, todas as letras maiúsculas (AUTOR, data, página). Para citações até três linhas, usam-se aspas, sem itálico. Citações com mais de três linhas, são recuadas 4 cm da margem esquerda, fonte menor, espaçamento simples, sem aspas e sem itálico.

Em citações indiretas, se o nome do autor estiver inserido no texto, usa-se apenas a inicial maiúscula com a data entre parênteses. Caso o nome do autor venha entre parênteses, todas as letras em maiúscula e a data, sem a necessidade de colocar a página.

As menções de autores no texto subordinar-se-ão as Normas Técnicas da ABNT  NBR 10520, agosto 2002. Exemplos:

Teixeira (1952, p. 70); (TEIXEIRA, 1952) e (TEIXEIRA, 1952, p. 71).

  • As referências no final do texto precisam obedecer às Normas Técnicas da ABNT, NBR 6023, agosto 2002. Exemplos:

Livro

ALMEIDA, José Ricardo Pires de. História da instrução pública no Brasil (1500-1889). Tradução Antonio Chizzotti. São Paulo: EDUC; Brasília: MEC/INEP, 1989.

AZEVEDO, Fernando de. A cultura brasileira. 6. ed. Rio de Janeiro: Editora UFRJ; Brasília: Editora UNB, 1996.

Periódico

DISCURSO de posse do professor Anísio Teixeira no Instituto Nacional de Estudos Pedagógicos. Revista Brasileira de Estudos Pedagógicos, Rio de Janeiro, v. 17, n. 46, p. 69-79, abr./jun. 1952.

LOURENÇO FILHO, Manuel Bergstrõm. Antecedentes e primeiros tempos do INEP. Revista Brasileira de Estudos Pedagógicos, Rio de Janeiro, v. 42, n. 95, p. 8-17, jul./set. 1964.

Tese e dissertação

ALMEIDA, Stela Borges de. Educação, história e imagem: um estudo do colégio Antônio Vieira através de uma coleção de negativos em vidro dos anos 20-30. 1999. 284f. Tese (Doutorado em Educação)  Programa de Pós-Graduação em Educação, Universidade Federal da Bahia, Salvador, 1999.

SOUZA, José Nicolau de. As lideranças comunitárias nos movimentos de educação popular em áreas rurais: uma “questão” desvendada. 1988. 317f. Dissertação (Mestrado em Educação)  Programa de Pós-Graduação em Educação, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 1988.

Monografia

MOREIRA, Keila Cruz. Grupos escolares – modelo cultural de organização (superior) da instrução primária (Natal, 1908-1913). Natal, 1997, 59 f. Monografia (Especialização em Educação) – Programa de Pós-Graduação em Educação, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, 1997.

Trabalho apresentado em congresso

ARAÚJO, Marta Maria de; MEDEIROS NETA, Olivia Morais de; FIGUEIRÊDO, Franselma Fernandes. Oráculo(s) de vida terrena e post-mortem (Caicó-Rn, século XIX). In: CONGRESSO INTERNACINAL SOBRE PESQUISA AUTO (BIOGRÁFICA), 3; 2008, Natal. Anais… Natal: Universidade Federal do Rio Grande do Norte, 2008.

Entrevista

LÚCIO. Entrevista. Fortaleza, 17 maio. 2015.

Artigo ou matéria de Jornal

CUNHA, Raíra Mércia da; SANTOS, Nilzete Moura. Educação e família. O Estado de S. Paulo, São Paulo, p. 4, 15 set. 2013.

Documentos eclesiásticos

FREGUESIA DA GLORIOSA Sant'Ana do Seridó. Termo de matrimônio de Ana Joaquina do Sacramento e Francisco Correia d'Avila. Vila Nova do Príncipe, 1812. In: MEDEIROS FILHO, Olavo de. Velhas famílias do Seridó. Brasília: Centro Gráfico do Senado Federal, 1981.

FREGUESIA DA GLORIOSA Sant'Ana do Seridó. Assento de óbito de Caetano Barbosa de Araújo. Vila Nova do Príncipe, 1842. In: MEDEIROS FILHO, Olavo de. Velhas famílias do Seridó. Brasília: Centro Gráfico do Senado Federal, 1981.

Testamento

SILVA, Caetano de Souza. Testamento. Caicó/Freguesia da Gloriosa Senhora Sant'Ana, 1890. (Documento manuscrito de 22 de julho de 1890, sob a guarda do Laboratório de Documentação Histórica do Centro de Ensino Superior do Seridó/LABORDOC − Caicó).

Testamentos e autos de contas

NASCIMENTO, Joaquina Maria do. Testamento e autos de contas. Vila do Príncipe /Freguesia da Gloriosa Senhora Sant'Ana, 1850. (Documento manuscrito de 20 de agosto de 1850, sob a guarda do Laboratório de Documentação Histórica do Centro de Ensino Superior do Seridó/LABORDOC - Caicó).

SACRAMENTO, Ana Batista do. Testamento e autos de contas. Cidade do Príncipe/Freguesia da Gloriosa Senhora Sant'Ana, 1873. (Documento manuscrito de 2 de outubro de 1873, sob a guarda do Laboratório de Documentação Histórica do Centro de Ensino Superior do Seridó/LABORDOC - Caicó).

Legislação educacional, Constituição, mensagem governamental

BRASIL. Decreto nº 19.444, de 01 de dezembro de 1930. Dispõe sobre os serviços que ficam a cargo do Ministério da Educação e Saúde Pública, e dá outras providências. Disponível em: Acesso em: 13 fev. 2013.

______. Decreto nº 20.772, de 11 de dezembro de 1931. Autoriza o Convênio entre a União e as unidades da federação, para o desenvolvimento e padronização das estatísticas educacionais. Disponível em: Acesso em: 13 fev. 2013.

______. Constituições Brasileiras (1934). Brasília: Senado Federal e Ministério de Ciência e Tecnologia, Centro de Estudos Estratégicos, 2001 (Ronaldo Poletti – Organizador, v. 3).

______. Constituição dos Estados Unidos do Brasil (10 de novembro de 1937). Disponível em: Acesso em: 26 mar. 2013.

______ Decreto-Lei nº 868, de 18 de novembro de 1938. Cria, no Ministério da Educação e Saúde, a Comissão Nacional de Ensino Primário Disponível em: Acesso em: 29 mar. 2013.

______. Decreto-Lei nº 4.958, de 14 de novembro de 1942. Institui o Fundo Nacional do Ensino Primário e dispõe sobre o Convênio Nacional de Ensino Primário. Disponível em: Acesso em: 25 mar. 2013.

______. Constituições Brasileiras (1946). Brasília: Senado Federal e Ministério de Ciência e Tecnologia, Centro de Estudos Estratégicos, 2001. (Aliomar Baleeiro e Barbosa Lima Sobrinho – Organizadores, v. 5).

______. Mensagem apresentada ao Congresso Nacional pelo Presidente da República, Getúlio Dornelles Vargas na abertura da sessão legislativa de 1951. A educação nas mensagens presidenciais. Brasília: MEC/INEP, 1987. (v. 1, 1890-1986).

______. Mensagem apresentada ao Congresso Nacional pelo Presidente da República, Juscelino Kubitschek de Oliveira na abertura da sessão legislativa de 1957. A educação nas mensagens presidenciais. Brasília: MEC/INEP, 1987. (v. 2, 1890-1986).

Política de Privacidade

Os nomes e endereços informados nesta revista serão usados exclusivamente para os serviços prestados por esta publicação, não sendo disponibilizados para outras finalidades ou a terceiros.