Panorama das publicações científicas nacionais e internacionais sobre a aprendizagem móvel e a prática colaborativa

Autores

DOI:

https://doi.org/10.25053/redufor.v4i12set/dez.3342

Palavras-chave:

Aprendizagem móvel, Prática docente, Prática Colaborativa, Dispositivos móveis

Resumo

O presente estudo objetivou apresentar o panorama das publicações científicas nacionais e internacionais sobre a aprendizagem móvel na prática colaborativa e a utilização de dispositivos móveis com alunos do 4º ao 9º ano do ensino fundamental. Sua relevância parte da análise de como essas tecnologias podem ser utilizadas para auxiliar práticas colaborativas na e além da escola. Além disso, considera-se conceitos de apropriação e mediação pedagógica na utilização dos dispositivos móveis para mediar o processo de ensino e aprendizagem, a fim de conhecer seus efeitos no contexto educativo. Nesse sentido, realizou-se uma revisão sistemática da literatura na Biblioteca Digital Brasileira de Teses e Dissertações (BDTD) e nas seguintes bases dados: SciELO, ERIC, Web of Science e Science Direct, resultando em dezoito publicações científicas relacionadas a aprendizagem móvel na prática colaborativa e a utilização de dispositivos móveis com alunos do ensino fundamental. Constatou-se carência de pesquisas brasileiras que abordem a aprendizagem móvel, prática colaborativa e o uso de seus dispositivos móveis no Ensino Fundamental.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Karla Angelica Silva do Nascimento, Centro Universitário Christus (UNICHRISTUS)

Pós-doutoranda pela Universidade Estadual do Ceará (2019); Doutora em Educação Brasileira pela Universidade Federal do Ceará (2016); Mestra em Educação (Formação de Professores) pela Universidade Estadual do Ceará (2007) e graduada em Pedagogia pela Universidade Federal do Ceará (2000). Atua como professora em cursos a distância e presenciais, de modo respectivo, nos níveis de graduação e pós-graduação da Unichristus.

Referências

ARAÚJO, R. M.; ESTEVES, M. M. A formação docente, inicial e contínua, para o trabalho com adultos em Portugal: o olhar dos professores. Educação & Formação, Fortaleza, v. 2, n. 4, p. 18-35, 2017. Disponível em: https://revistas.uece.br/index.php/redufor/article/view/121. Acesso em: 23 maio 2019.

BARBOSA NETO, J. F. Uma metodologia de desenvolvimento de jogos educativos em dispositivos móveis para ambientes virtuais de ensino. 2012. 136 f. Dissertação (Mestrado Acadêmico em Ciências da Computação) – Programa de Pós-Graduação em Ciências da Computação, Universidade Federal de Pernambuco, Recife, 2012. Disponível em: https://attena.ufpe.br/handle/123456789/11434. Acesso em: 23 maio 2019.

BARBOUR, M. K.; GRZEBYK, T. Q.; EYE, J. Any time, any place, any pace? Exploring virtual students perceptions of mobile learning. In: SEARSON, M.; OCHOA, M. (Ed.). Proceedings of SITE 2014: Society for Information Technology & Teacher Education International Conference. Florida: Association for the Advancement of Computing in Education, 2014. p. 1515-1520. Disponível em: http://www.editlib.org/noaccess/130983. Acesso em: 23 maio 2019.

BERRIBILI, E.; MILL, D. Impacto cognitivo do uso intensivo da internet: a autonomia dos estudos com dispositivos na adolescência. Educação & Formação, Fortaleza, v. 3, n. 9, p. 177-188, 2018. Disponível em: https://revistas.uece.br/index.php/redufor/article/view/862/765. Acesso em: 23 maio 2019.

BOTICKI, I.; LOOI, C.; WONG, L. Supporting mobile collaborative activities through scaffolded flexible grouping. Educational Technology & Society, Douliu City, v. 14, n. 3, p. 190-202, 2011. Disponível em: http://www.jstor.org/stable/jeductechsoci.14.3.190?seq=1#page_scan_tab_contents. Acesso em: 23 maio 2019.

CHARITONOS, K. et al. Museum learning via social and mobile technologies: (how) can online interactions enhance the visitor experience?. British Journal of Educational Technology, London, v. 43, n. 5, p. 802-819, 2012. Disponível em: http://onlinelibrary.wiley.com/doi/10.1111/j.1467-8535.2012.01360.x/full. Acesso em: 23 maio 2019.

FANTIN, M. Educação, aprendizagem e tecnologia na pesquisa-formação. Educação & Formação, Fortaleza, v. 2, n. 6, p. 87-100, 2017. Disponível em: https://revistas.uece.br/index.php/redufor/article/view/161/143. Acesso em: 23 maio 2019.

FERNANDES, A. P. O ser e o saber-fazer docente nas escolas das ilhas de Belém/PA. Educação & Formação, Fortaleza, v. 1, n. 3, p. 32-49, 2016. Disponível em: https://revistas.uece.br/index.php/redufor/article/view/112/95. Acesso em: 23 maio 2019.

FERREIRA, E. M.; MUNIZ, D. M.; OLIVEIRA JÚNIOR, O. Sequências didáticas, tecnologias e aprendizagem de língua portuguesa na escola de ensino médio. Educação & Formação, Fortaleza, v. 3, n. 9, p. 71-87, 2018. Disponível em: https://revistas.uece.br/index.php/redufor/article/view/857/759. Acesso em: 23 maio 2019.

FONSECA, G. As tecnologias de informação e comunicação na formação inicial de professores do 1º ciclo do ensino básico – fatores constrangedores invocados pelos formadores para o uso das tecnologias. Educação & Formação, Fortaleza, v. 4, n. 11, p. 3-23, 2019. Disponível em: https://revistas.uece.br/index.php/redufor/article/view/254/1149. Acesso em: 23 maio 2019.

GOMES, C. A. S. Expandindo a sala de aula: recursos tecnológicos ubíquos em processos colaborativos de ensino e aprendizagem. 2011. 138 f. Dissertação (Mestrado Acadêmico em Tecnologias da Inteligência e Design Digital) – Programa de Pós-Graduação em Tecnologias da Inteligência e Design Digital, Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2011. Disponível em: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/18087. Acesso em: 23 maio 2019.

GOUNDAR, S. What is the potential impact of using mobile devices in education. Proceedings of SIG GlobDev Fourth Annual Workshop. 2011. Disponível em: https://www.researchgate.net/profile/sam_goundar/publication/268337152_what_is_the_potential_impact_of_using_mobile_devices_in_education/links/55c30f9408aeb975673e51a4.pdf. Acesso em: 23 maio 2019.

HIGUCHI, A. A. S. Tecnologias móveis na educação. 2011. 90 f. Dissertação (Mestrado em Educação, Arte e História da Cultura) – Programa de Pós-Graduação em Educação, Arte e História da Cultura, Universidade Presbiteriana Mackenzie, São Paulo, 2011. Disponível em: http://tede.mackenzie.br/jspui/handle/tede/1818. Acesso em: 23 maio 2019.

HSU, Y.-C.; CHING, Y.-H. Mobile computer supported collaborative learning: a review of experimental research. British Journal of Educational Technology, London, v. 44, n. 5, p. E111-E114, 2013. Disponível em: http://onlinelibrary.wiley.com/doi/10.1111/bjet.12002/full. Acesso em: 23 maio 2019.

JARDILINO, J. R.; SAMPAIO, A. M. Desenvolvimento profissional docente: reflexões sobre política pública de formação de professores. Educação & Formação, Fortaleza, v. 4, n. 10, p. 180-194, 2019. Disponível em: https://revistas.uece.br/index.php/redufor/article/view/848/1089. Acesso em: 23 maio 2019.

LARU, J.; JÄRVELÄ, S.; CLARIANA, R. B. Supporting collaborative inquiry during a biology field trip with mobile peer-to-peer tools for learning: a case study with K-12 learners. Interactive Learning Environments, London, v. 20, n. 2, p. 103-117, 2012. Disponível em: https://www.tandfonline.com/doi/abs/10.1080/10494821003771350. Acesso em: 23 maio 2019.

LARU, J.; NÄYKKI, P.; JÄRVELÄ, S. Four stages of research on the educational use of ubiquitous computing. IEEE Transactions on Learning Technologies, v. 8, n. 1, p. 69-82, 2015. Disponível em: https://ieeexplore.ieee.org/stamp/stamp.jsp?tp=&arnumber=6915709. Acesso em: 23 maio 2019.

LIU, T.; LIN, Y.; PAAS, F. Effects of prior knowledge on learning from different compositions of representations in a mobile learning environment. Computers & Education, London, v. 72, p. 328-338, 2014. Disponível em http://www.sciencedirect.com/science/article/pii/S0360131513003047. Acesso em: 23 maio 2019.

NASCIMENTO, K. A. S. MC-Learning: práticas colaborativas na escola com o suporte da tecnologia móvel. 2016. 256 f. Tese (Doutorado em Educação) – Programa de Pós-Graduação em Educação, Universidade Federal do Ceará, Fortaleza, 2016. Disponível em: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/21227. Acesso em: 23 maio 2019.

NORRIS, C. A.; HOSSAIN, A.; SOLOWAY, E. Under what conditions does computer use positively impact student achievement? Supplemental vs. essential use. In: RESTA, P. (Ed.). Proceedings of Society for Information Technology & Teacher Education International Conference 2012. Florida: Association for the Advancement of Computing in Education, 2012. p. 2021-2028. Disponível em: http://www.editlib.org/p/39886/. Acesso em: 23 maio 2019.

NORRIS, C. A.; SOLOWAY, E. Learning and schooling in the age of mobilism. Educational Technology, London, v. 51, n. 6, p. 3, 2011. Disponível em: http://cecs5580.pbworks.com/w/file/fetch/50304204/soloway%20ed%20tech-learning%20and%20schooling%20in%20the%20age%20of%20mobilism.pdf. Acesso em: 23 maio 2019.

PEREIRA, A.; RIBEIRO, C. S. A culpabilidade pelo fracasso escolar e a interface com os “problemas de aprendizagem” em discurso. Educação & Formação, Fortaleza, v. 2, n. 5, p. 95-110, 2017. Disponível em: https://revistas.uece.br/index.php/redufor/article/view/138. Acesso em: 23 maio 2019.

PÉREZ-SANAGUSTÍN, M. et al. 4SPPIces: a case study of factors in a scripted collaborative-learning blended course across spatial locations. International Journal of Computer-Supported Collaborative Learning, v. 7, n. 3, p. 443-465, 2012. Disponível em: http://link.springer.com/article/10.1007/s11412-011-9139-3. Acesso em: 23 maio 2019.

ROSCHELLE, J. et al. From handheld collaborative tool to effective classroom module: Embedding CSCL in a broader design framework. Computers & Education, London, v. 55, n. 3, p. 1018-1026, 2010. Disponível em: http://www.sciencedirect.com/science/article/pii/S0360131510001193. Acesso em: 23 maio 2019.

SHARPLES, M. Shared orchestration within and beyond the classroom. Computers & Education, London, v. 69, p. 504-506, 2013. Disponível em: https://www.sciencedirect.com/science/article/pii/s0360131513001073?casa_token=e8qycaoyh1yaaaaa:sups1yzbegsbi2153polhlvtcmj2o5qwhm-5-hw3ly4zddern64a2ivcm2shpkrfrw5wwn3w7qe7. Acesso em: 23 maio 2019.

SHARPLES, M.; ROSCHELLE, J. Guest editorial: Special section on mobile and ubiquitous technologies for learning. IEEE Transactions on Learning Technologies, n. 1, p. 4-6, 2010. Disponível em: https://www.computer.org/csdl/trans/lt/2010/01/tlt2010010004.pdf. Acesso em: 23 maio 2019.

SOUSA, E.; MARQUES, E. O processo de constituir-se professor na relação objetividade-subjetividade: significações acerca da mediação social na escolha pela docência. Educação & Formação, Fortaleza, v. 4, n. 11, p. 82-96, 2019. Disponível em: https://revistas.uece.br/index.php/redufor/article/view/841/1143. Acesso em: 23 maio 2019.

THERRIEN, J.; AZEVEDO, M. R.; LACERDA, C. A racionalidade pedagógica nos processos de mediação à produção de sentidos e de aprendizagem aos saberes. Educação & Formação, Fortaleza, v. 2, n. 6, p. 186-199, 2017. Disponível em: https://revistas.uece.br/index.php/redufor/article/view/166. Acesso em: 23 maio 2019.

TING, Y. Using mobile technologies to create interwoven learning interactions: an intuitive design and its evaluation. Computers & Education, London, v. 60, n. 1, p. 1-13, 2013. Acesso em: 23 maio 2019. Disponível em: https://www.sciencedirect.com/science/article/pii/s0360131512001637?casa_token=d1usvh3ev2aaaaaa:fakh1hajnttovmdh8fikdv-b39ammoqxjep8-nrzddllbihflwdgqxhlfagclolcyz3wlypddd15. Acesso em: 23 maio 2019.

TORRES, P. L.; IRALA, E. A. F. Aprendizagem colaborativa: teoria e prática. In: TORRES, P. L.; IRALA, E. A. F. (Org.). Complexidade: redes e conexões na produção do conhecimento. Curitiba: Senar, 2014. p. 61-93.

TRAXLER, J. Current state of mobile learning. In: ALLY, M. (Org.). Mobile learning: transforming the delivery of education and training. Edmonton: Athabasca, 2009. p. 9-24.

RIGUERO, I. M. G. Gamificación y tecnologías como recursos y estrategias innovadores para la enseñanza y aprendizaje de la historia. Educação & Formação, Fortaleza, v. 3, n. 8, p. 3-16, 2018. Disponível em: https://revistas.uece.br/index.php/redufor/article/view/267/195. Acesso em: 10 jan. 2019.

VASCONCELLOS, K. R.; BERNARDO, E. Profissionalização docente: reflexões e perspectivas no Brasil. Educação & Formação, Fortaleza, v. 1, n. 2, p. 208-222, 2016. Disponível em: https://revistas.uece.br/index.php/redufor/article/view/109/91. Acesso em: 23 maio 2019.

WARSCHAUER, M. Tablet computers in education. Eventually tablets will facilitate more personalized and interactive learning. Educational Technology Debate: Exploring learning in developing countries, 2011.

Publicado

2019-09-02

Como Citar

NASCIMENTO, K. A. S. do. Panorama das publicações científicas nacionais e internacionais sobre a aprendizagem móvel e a prática colaborativa. Educ. Form., [S. l.], v. 4, n. 12, p. 207–229, 2019. DOI: 10.25053/redufor.v4i12set/dez.3342. Disponível em: https://revistas.uece.br/index.php/redufor/article/view/3342. Acesso em: 19 set. 2021.