EDUCAÇÃO E LIBERDADE EM ROUSSEAU

  • José Gerardo Vasconcelos
  • Lia Machado Fiuza Fialho
  • Tânia Maria Rodrigues Lopes
Palavras-chave: Liberdade. Democracia. Conflito. Educação. Política.

Resumo

O artigo objetiva problematizar a democracia e a liberdade, temas centrais na obra de Rousseau, articulando-as à política e a um modelo de educação libertária. Hermeneuticamente se enseja um percurso crítico e dialético entre a educação libertária e os questionamentos filosóficos. Mesmo integrando a Escola do Direito Natural Moderno, Rousseau demonstra que o surgimento da propriedade é produtor de desigualdade. Nesse caso, tem-se a necessidade de um pacto de associação que, limitando o Estado de guerra, possibilite a passagem do Estado de natureza ao Estado civil. Rousseau deixa a marca libertária na história da Filosofia e da Educação ao refletir acerca da liberdade e da democracia. Os mecanismos institucionais são, contudo, insuficientes para assegurar a verdadeira felicidade. Esse impasse filosófico suscitado ao estudar Rousseau (1995) permite inferir que ele foi o filósofo que iniciou uma nova ação pedagógica, fazendo com que o subjetivo fosse aclamado, as paixões avivadas e a natureza mais íntima do ser humano desvelada em toda sua magistral interioridade.

Referências

BOBBIO, N.; BOVERO, M. Sociedade e estado na filosofia política moderna.São Paulo: Brasiliense, 1987.

CONSTANT, B. A diferença entre a liberdade dos antigos e a dos modernos. Revista Filosofia Política, Porto Alegre, n. 2, p. 9-25, 1985.

FORTES, L. R. S. Rousseau:o bom selvagem.São Paulo: FTD, 1989.

HEGEL, G. W. F. Princípios da filosofia do direito.Lisboa: Guimarães, 1986.

HOBBES, T. Leviatã ou matéria, forma e poder de um estado eclesiástico e civil. São Paulo: Abril Cultural, 1983.

LOCKE, J. Segundo tratado sobre o governo.São Paulo: Abril Cultural, 1983.

MARTINHO RODRIGUES, R. Príncipe, lobo e homem comum.Fortaleza: Casa José de Alencar, 1997.

MARX, K. Manuscritos econômicos e filosóficos.Lisboa: 70, 1989.

OLIVEIRA, M. A. Filosofia política: de Hobbes a Marx.In: OLIVEIRA, M. A. Ética e sociabilidade. São Paulo: Loyola, 1993. p. 84-109.

ROUSSEAU, J.-J. Discurso sobre a origem e os fundamentos da desigualdade entre os homens.São Paulo: Abril Cultural, 1983a.

ROUSSEAU, J.-J. Do contrato social. São Paulo: Abril Cultural, 1983b.

ROUSSEAU, J.-J. Emílio ou da educação. São Paulo: Martins Fontes, 1995.

SOARES, M. C. O filósofo e a educação segundo Éric Weil. Revista Educação em Debate, Fortaleza, v. 17-18, n. 29-31, p. 5-14, 1995.
Publicado
2018-09-05