PESQUISAS EM HISTÓRIA DA MATEMÁTICA NO BRASIL

UM OLHAR A PARTIR DOS ANAIS DO 16º SNHCT

  • Suélen Rita Andrade Machado Universidade Estadual de Maringá https://orcid.org/0000-0001-9528-7355
  • Antonio Peixoto de Araujo Neto FEITEP - Faculdade de Engenharia e Inovação Técnico Profissional - Maringá / PR
Palavras-chave: História da Matemática; História da Educação Matemática; História na Educação Matemática.

Resumo

O Seminário Nacional de História da Ciência e Tecnologia é um evento promovido pela Sociedade Brasileira de História da Ciência – SBHC, desde o ano de 1986. Considerado o mais antigo e relevante na área devido a sua abrangência, reúne pesquisadores de diversas especialidades, a fim de discutir temáticas relacionadas a História da Ciência e da Tecnologia. No âmbito desse evento, simpósios acontecem de modo a vincular pesquisadores de áreas comuns, como por exemplo, pesquisadores da área da História da Matemática. Nesse sentido, no presente artigo temos por objetivo analisar os cenários das pesquisas em História da Matemática a partir dos trabalhos publicados nos Anais do 16º Seminário Nacional de História da Ciência e da Tecnologia, ocorrido na cidade Campina Grande – PB, no ano de 2018. Para tanto, identificamos os trabalhos vinculados ao simpósio: A investigação científica em História da Matemática no Brasil e classificamos as pesquisas em conformidade aos campos investigativos História da Matemática, História da Educação Matemática e História na Educação Matemática. A análise temática dos trabalhos sugere em número, uma tendência para pesquisas que congregam o campo da História da Educação Matemática. Logo, sugere-se que essas pesquisas contribuem para consolidação desse campo de pesquisa no Brasil, assim como os demais trabalhos, que embora em menor número corroboram para o fortalecimento da pesquisa histórica de conceitos e na inserção de aspectos históricos da Matemática em sala de aula. No que concerne a identificação dos trabalhos, verificamos que são produções que contribuem com a constituição e o desenvolvimento histórico da Matemática, considerando os diferentes vieses que assumem dada sua abordagem específica no campo de pesquisa.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Suélen Rita Andrade Machado, Universidade Estadual de Maringá

Licenciada em Matemática pela Universidade Estadual do Paraná (UNESPAR) - Campus Campo Mourão, Especialista em Educação no Campo pela Faculdade Eficaz, Mestre e Doutoranda para a Educação para a Ciência e a Matemática (PCM) pela Universidade Estadual de Maringá (UEM). Atualmente, professora da Faculdade de Engenharias e Arquiteturas (FEITEP) e integrante do Grupo de Estudos em História da Matemática e Educação Matemática (GHMEM/UEM). Se especializando no Curso de Pós-Graduação Latu Sensu em Aprendizagem e desenvolvimento nos anos inicias da Educação Básica pela Universidade Estadual do Paraná (UNESPAR) - Campus Campo Mourão.Tem experiência na área da Educação Matemática, atuando principalmente nos seguintes temas: História da Educação Matemática, História Institucional, História Geral da Educação, Currículo, Políticas Educacionais, Saber Profissional, História da Matemática e História na Educação Matemática.

Referências

BARONI, R. L. S.; TEIXEIRA, M. V.; NOBRE, S. A Investigação científica em história da matemática e suas relações com o programa de pós-graduação em educação matemática. In: BICUDO, M. A.; BORBA, M. C (org.). Educação Matemática: pesquisa em movimento. São Paulo: Cortez Editora, 2004. p. 164-185.

CAMPELLO, B. S. Encontros científicos. Fontes de informação para pesquisadores e profissionais. Belo Horizonte: Ed. UFMG, 2000.

CARNEIRO, F. O. R.; PENIDO, M. C. M. A influência dos matemáticos franceses no ensino de ciências no Brasil. In: Seminário Nacional de História da Ciência e da Tecnologia, 16., 2018, Campina Grande. Anais do 16º SNHCT. Campina Grande: SBHC, 2018. p. 1-17. Disponível em: <https://www.16snhct.sbhc.org.br/resources/anais/8/1533759646_ARQUIVO_AinfluenciadosmatematicosfrancesesnoensinodecienciasnoBrasilFernandoOsvaldoRealCarneiroeMariaCristinaMartinsPenido.pdf>. Acesso em: 19 jan.2020.

CARVALHO, R. A. Ensino e pesquisa da matemática na Faculdade Nacional de Filosofia nas décadas de 1940 e 1950: os relatórios do Núcleo de Estudos e Pesquisas Científicas (NEPEC). In: Seminário Nacional de História da Ciência e da Tecnologia, 16., 2018, Campina Grande. Anais do 16º SNHCT. Campina Grande: SBHC, 2018. p. 1-14. Disponível em: <https://www.16snhct.sbhc.org.br/resources/anais/8/1545178552_ARQUIVO_TrabalhoRaphaelAlcaires-rev.pdf>. Acesso em: 19 jan. 2020.

CHAVES, J. A.; GRIMBERG, G. E. A concepção geométrica de Mannheim nos escritos de Poncelet. In: Seminário Nacional de História da Ciência e da Tecnologia, 16., 2018, Campina Grande. Anais do 16º SNHCT. Campina Grande: SBHC, 2018. p. 1-13. Disponível em: <https://www.16snhct.sbhc.org.br/resources/anais/8/1535765294_ARQUIVO_Artigo16SNHCT.pdf>. Acesso em: 19 jan. 2020.

CORREA, P. C.; SANTOS, E. R. M. Os debates acerca da implantação do Sistema Métrico Decimal no Pará pela Assembleia Legislativa. In: Seminário Nacional de História da Ciência e da Tecnologia, 16., 2018, Campina Grande. Anais do 16º SNHCT. Campina Grande: SBHC, 2018. p.1 -10. Disponível em:<https://www.16snhct.sbhc.org.br/resources/anais/8/1545177344_ARQUIVO_TrabalhoPatriciaCorrea-rev.pdf>. Acesso em: 19 jan. 2020.

FERREIRA, M. L. A influência de JJ Sylvester na pesquisa em Matemática através da edição do The Quarterly Journal of Pure and Applied Mathmatics (1857–1864). In:Seminário Nacional de História da Ciência e da Tecnologia, 16., 2018, Campina Grande. Anais do 16º SNHCT. Campina Grande: SBHC, 2018. p. 1-8. Disponível em: <https://www.16snhct.sbhc.org.br/resources/anais/8/1545157626_ARQUIVO_ARTIGOSNHCT-Magno-rev.pdf>. Acesso em: 19 jan. 2020.

FONSECA, J. J. S. Metodologia da pesquisa científica. Fortaleza: UEC, 2002.Apostila.

GARNICA, A. V. M.; SOUZA, L. A. Elementos de história da educaçãomatemática. São Paulo: Cultura Acadêmica, 2012.

GERHARDT, T. E.; SILVEIRA, D. T. (orgs.). Métodos de pesquisa. Porto Alegre: Editora da UFRGS, 2009.

GONÇALVES, A. P.; ROCHA JUNIOR, D. R.; BRITTO, S. V. S. Cenas do cotidiano escolar: um olhar sobre o conceito de Infinito e a História da Matemática. In: Seminário Nacional de História da Ciência e da Tecnologia, 16., 2018, Campina Grande. Anais do 16º SNHCT. Campina Grande: SBHC, 2018. p. 1-10. Disponível em: <https://www.16snhct.sbhc.org.br/resources/anais/8/1535770690_ARQUIVO_Cenasdo Cotidiano-InfinitonaSaladeAula-Ana-Dorival-Sicleidi.pdf>. Acesso em: 19 jan. 2020.

MARTINS, J. P.; SILVA NETO, B. C. História para o ensino da matemática nos artigos do ENEM. In: Seminário Nacional de História da Ciência e da Tecnologia, 16., 2018, Campina Grande. Anais do 16º SNHCT. Campina Grande: SBHC, 2018. p. 1-14. Disponível em: <https://www.16snhct.sbhc.org.br/resources/anais/8/1535756756_ARQUIVO_66910129253.TRABALHOCOMPLETO.pdf>. Acesso em: 19 jan. 2020.

MARTINS, N. R. B.; SILVA, M. C. Aritmética no programa de formação de professores primários no Maranhão, 1905. In: Seminário Nacional de História da Ciência e da Tecnologia, 16., 2018, Campina Grande. Anais do 16º SNHCT. Campina Grande: SBHC, 2018. p. 1 -10. Disponível em: <https://www.16snhct.sbhc.org.br/resources/anais/8/1535584403_ARQUIVO_AritmeticanoprogramadeformacaodeprofessoresprimariosnoMaranhao,1905.pdf>. Acesso em: 19 jan. 2020.

MIGUEL, A.; MIORIM, M. Â. História da Matemática: uma prática social de investigação em construção. Educação em Revista, Belo Horizonte, n. 36, p. 161-176, 2002.

MINAYO, M. C. de S. O desafio do conhecimento. 10. ed. São Paulo: HUCITEC, 2007.

OLIVEIRA, L.; SANTOS, E. S. C. Os pontos de exames de provimento efetivo para professores normalistas: o saber matemático para lecionar na escola primária do mato grosso. In: Seminário Nacional de História da Ciência e da Tecnologia, 16., 2018, Campina Grande. Anais do 16º SNHCT. Campina Grande: SBHC, 2018. p. 1-12. Disponível em: <https://www.16snhct.sbhc.org.br/resources/anais/8/1535759518_ARQUIVO_ARTIGO-OLIVEIRA_SANTOS_OSPONTOSDEEXAMESDEPROVIMENTOEFETIVOPARAPROFESSORESNORMALISTAS.pdf>. Acesso em: 19 jan. 2020.

PRODANOV, C. C.; FREITAS, E. C. de. Metodologia do trabalho científico: métodos e técnicas da pesquisa e do trabalho acadêmico. 2. ed. Novo Hamburgo: Feevale, 2013.

SILVA, M. C.; MARTINS, M. F. D. Saberes Elementares Aritméticos para ensinar na Escola Primária do Maranhão a partir da Escola Primária de São Paulo, 1890-1895. In: Seminário Nacional de História da Ciência e da Tecnologia, 16., 2018, Campina Grande. Anais do 16º SNHCT. Campina Grande: SBHC, 2018. p. 1-16. Disponível em: <https://www.16snhct.sbhc.org.br/resources/anais/8/1545167589_ARQUIVO_TrabalhoSilvaeMartins-rev.pdf>. Acesso em: 19 jan. 2020.

TRIVIZOLI, L. M. Um panorama para a investigação em História da Matemática: surgimento, institucionalização, pesquisas e métodos. Revista Paranaense de Educação Matemática, Campo Mourão, v. 5, n. 8, p.189-2012, jan. 2016. Disponível em: <http://www.fecilcam.br/revista/index.php/rpem/article/viewFile/1231/pdf_171>. Acesso em: 19 jan. 2020.

Publicado
2020-04-11
Como Citar
MACHADO, S. R.; ARAUJO NETO, A. PESQUISAS EM HISTÓRIA DA MATEMÁTICA NO BRASIL. Boletim Cearense de Educação e História da Matemática, v. 7, n. 19, p. 57 - 73, 11 abr. 2020.