Satisfação acadêmica

Um estudo qualitativo com estudantes universitários de Moçambique

Autores

DOI:

https://doi.org/10.25053/redufor.v6i3.4913

Palavras-chave:

Ensino Superior, Satisfação Académica, Experiência Académica, Moçambique

Resumo

Este artigo analisa a satisfação académica de estudantes universitários moçambicanos em relação à sua vivência académica. Participaram no estudo 30 estudantes de diferentes cursos, frequentando o 1º ou 2º ano dos cursos. Os estudantes realizaram individualmente uma entrevista semiestruturada sobre a satisfação com as suas experiências académicas. Os resultados reportam que os aspetos mais referenciados pelos estudantes dizem respeito às infraestruturas, relações interpessoais, e condições de aprendizagem. O desenvolvimento da autonomia e a preocupação com a futura profissão também emergiram como áreas importantes. As condições de aprendizagem e das infraestruturas são dimensões que reportam maior insatisfação junto dos estudantes universitários. Os resultados permitem identificar itens importantes a considerar na construção de um questionário de avaliação da satisfação dos estudantes universitários com as suas experiências académicas, sugerindo também áreas de intervenção institucional de promoção do envolvimento e do sucesso académico destes estudantes.

 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Farissai Pedro Campira, Universidade Licungo

Doutor em Ciências da Educação, especialidade de Psicologia da Educação, pela Universidade do Minho. Professor Auxiliar da Universidade Licungo, lecionando temas de psicologia da educação e metodologia de investigação. Investigação sobre percurso, vivências, adaptação e sucesso acadêmico dos estudantes do Ensino Superior.

 

 

 

Leandro Silva Almeida, Instituto de Educação da Universidade do Minho

Doutor em Psicologia, especialidade de Psicologia da Educação, pela Universidade do Porto. Professor Catedrático do Instituto de Educação da Universidade do Minho, lecionando temas de psicologia da educação e metodologia de investigação. Investigação na área cognição e aprendizagem, adaptação e sucesso acadêmico dos estudantes do Ensino Superior.

Alexandra M. Araújo, Universidade Portucalense, Porto, Portugal

Doutora em Psicologia, especialidade de Psicologia Vocacional e Pós-Doutoramento em Ciências da Educação, especialidade em Psicologia da Educação, pela Universidade do Minho. Professora Auxiliar no Departamento de Psicologia e Educação da Universidade Portucalense, lecionando psicologia da educação, metodologia de investigação, e métodos avançados de análise de dados. Investigação nos domínios do desenvolvimento, bem-estar, aprendizagem e sucesso académico de estudantes no Ensino Superior.

Referências

ALBUQUERQUE, T. Do abandono a permanência num curso de ensino superior. Revista de Ciências da Educação, São Paulo, n. 7, p. 19-28, 2008.

ALMEIDA, L. S. et al. Acesso ao ensino superior em Portugal: questões de género, origem social e percursos académicos dos alunos. Psicologia: Reflexão e Crítica, Porto Alegre, v. 19, n. 3, p. 507-514, 2006.

ALMEIDA, L. S.; SOARES, A. P. Os estudantes universitários: sucesso escolar e desenvolvimento psicossocial. In: MERCURI, E.; POLYDORO, S. A. J. (org.). Estudante universitário: características e experiências de formação. Taubaté: Cabral, 2003. p. 15-40.

ALVES, F. C.; SIMÃO, A. M. V.; LEITINHO, M. C. Ação tutorial do ensino superior: experiência com alunos maiores de 23 em uma instituição pública portuguesa. Educação & Formação, Fortaleza, v. 3, n. 7, p. 44-65, 2018.

AMBIEL, R.; HERNÁNDEZ, D.; MARTINS, G. Relações entre adaptabilidade de carreira e adaptação ao ensino superior. Psicología desde el Caribe, Bogotá, v. 33, n. 2, p. 158-168, 2016.

ANGST, F. A. Dispositivos de regulação do processo de avaliação de qualidade do ensino superior em Moçambique. Revista Electrónica de Investigação e Desenvolvimento, Beira, v. 7, n. 1, p. 69-79, 2016.

ARAÚJO, A. M. Sucesso no ensino superior: uma revisão e conceptualização. Revista de Estudios e Investigación en Psicología y Educación, La Coruña, v. 4, n. 2, p. 132-141, 2017.

ARAÚJO, A. M. et al. Dificuldades antecipadas de adaptação ao ensino superior: um estudo com alunos do primeiro ano. Revista de Estudios e Investigación en Psicología e Educación, La Coruña, v. 3, n. 2, p. 102-111, 2016.

ASTIN, A. W. Student involvement: a developmental theory for higher education. Journal of College Student Development, Maryland, v. 5, n. 40, p. 518-529, 1999.

ASTIN, A. W. What matters in college? Four critical years revisited. San Francisco: Jossey-Bass, 1993.

BURHAN, A. S.; KHAN, S.; ZAREI, Z. Impact of teachers´ satisfaction on students’ satisfaction in management sciences. International Journal of Schooling, Birjand, v. 2, p. 19-33, 2020.

BUTT, B. Z.; REHMAN, K. A study examining the students’ satisfaction in higher education. Procedia Social and Behavioral Sciences, London, v. 2, p. 5446-5450, 2010.

CAMPIRA, F. P. Construção e validação de uma escala de autoconceito: estudo com alunos do 1º ano da universidade pedagógica de Moçambique. 2016. Tese (Doutorado em Ciências da Educação, Psicologia da Educação) – Programa de Pós-Graduação em Ciências da Educação, Psicologia da Educação, Universidade do Minho, Braga, 2016.

CHICKERING, A. W.; REISSER, L. Education and identity. San Francisco: Jossey-Bass, 1993.

DE JAGER, J.; JAN, M. T. Antecedents of customer satisfaction in the higher education institutions of South Africa. Problems and Perspectives in Management, v. 13, n. 3, p. 87-95, 2015.

GRANADO, J. I. F. et al. Integração acadêmica de estudantes universitários: contributos para a adaptação e validação do QVA-r no Brasil. Psicologia e Educação, Covilhã, v. 12, n. 2, p. 31-43, 2005.

GUERREIRO, E. M. B. R.; ALMEIDA, M. A.; SILVA FILHO, J. H. Avaliação da satisfação do aluno com deficiência no ensino superior. Avaliação, Campinas, v. 19, n. 1, p. 31-60, 2014.

HASAN, H. F. A.; ILIAS, A. Service quality and student satisfaction: a case study at private higher Education institutions. International Business Research, v. 1, n. 3, p. 163-175, 2008.

KARA, A.; TANUI, E.; KALAI, J. Educational service quality and students’ satisfaction in public universities in Kenya. International Journal of Education and Social Science, v. 3, n. 10, p. 37-48, 2016.

KHOSRAVI, A. A. et al. Determination of factors affecting student satisfaction of Islamic Azad University. Social and Behavioral Sciences, v. 84, p. 579-583, 2013.

LOURENS, A.; BLEAZARD, D. Applying predictive analytics in identifying students at risk: a case study. South African Journal of Higher Education, v. 30, n. 2, p. 129-142, 2016.

MAMPANE, R. M.; OMIDIRE, M. F.; ALUKO, F. R. Decolonising higher education in Africa: Arriving at a global solution. South African Journal of Education, v. 38, n. 4, p. 1-9, 2018.

MARTONO, M. S. et al. The relationship of good university governance and student satisfaction. International Journal of Higher Education, v. 9, p. 1-10, 2020.

MATOS, N.; MOSCA, J. Desafios do ensino superior. Desafios para Moçambique. Maputo: IESE, 2010.

MOTEFAKKER, N. The study of the level of satisfaction of students of faculty of social sciences with welfare services of Imam Khomeini international University of Qazvin. Procedia Economics and Finance, v. 36, p. 399-407, 2015.

NASCIMENTO, L. C. S.; BEGGIATO, S. M. O. Evasão escolar na graduação em Musicoterapia da Universidade Estadual do Paraná. Educação & Formação, Fortaleza, v. 5, n. 3, p. 1-22, 2020.

PASCARELLA, E. T.; TERENZINI, P. T. How college affects students: a third decade of research. 2. ed. San Francisco: Jossey-Bass, 2005.

PEILA-SHUSTER, J. Supporting student transitions: integrating life design, career construction, happenstance, and hope. South African Journal of Higher Education, v. 30, n. 3, p. 54-67, 2016.

PINEDA, R.; ORELLANA, F.; CASTILLO, G. Percepción sobre la satisfacción del estudiante de educación superior con los servicios educativos que recibe. Revista Técnica Tecnológica, Quito, v. 1, p. 65-70, 2019.

PINTO, N. G. M. et al. Satisfação acadêmica no ensino superior brasileiro: uma análise das evidências empíricas. Revista Brasileira de Ensino Superior, Passo Fundo, v. 3, n. 2, p. 3-17, 2017.

PREMUGY, C. Colectânea da Legislação do Ensino Superior. Maputo, 2012.

RAMOS, A. M. et al. Satisfaction with academic experience among undergraduate nursing students. Text Context Nursing, v. 24, n.1, p. 187-195, 2015.

RIQUELME, R. A. et al. Vivencias e implicación académica en estudiantes universitarios: Adaptación y validación de escalas para su evaluación. Estudios Pedagógicos, Valdivia, v. 2, n. 38, p. 7-19, 2012.

RODRÍGUEZ, D. P. M.; URAZÁN, S. C. O.; ARANGO, M. I. R. Cuestionario de vivencias académicas en su version reduzida (QVAr): un análisis psicométrico. Revista Colombiana de Psicologia, Rio de Janeiro, v. 18, n. 1, p. 33-52, 2009.

ROSÁRIO, L. Universidades moçambicanas e o futuro de Moçambique. Desafios para Moçambique, Ramada, v. 10, p. 46-55, 2013.

SANTOS, A. A. A. et al. Integração ao ensino superior e satisfação acadêmica em universitários. Psicologia: Ciência e Profissão, Brasília, DF, v. 33, n. 4, p. 780-793, 2013.

SCHLEICH, A. L. R.; POLYDORO, S. A. J.; SANTOS, A. A. A. Escala de satisfação com experiência acadêmica de estudantes de ensino superior. Avaliação Psicológica, Campinas, v. 5, n. 1, p. 11-20, 2006.

TINTO, V. Research and practice of student retention: what next? Journal of College Student Retention, v. 1, n. 8, p. 1-19, 2006.

WILSON-STRYDOM, M. University access for social justice: a capabilities perspective. South African Journal of Education, v. 31, p. 407-418, 2011.

ZUIN, A. L. A.; BASTOS, E. A justiça social por meio das cotas na Universidade Federal de Rondônia. Educação & Formação, Fortaleza, v. 4, n. 12, p. 104-123, 2019.

Publicado

2021-06-24

Como Citar

CAMPIRA, F. P.; ALMEIDA, L. S.; ARAÚJO, A. M. Satisfação acadêmica: Um estudo qualitativo com estudantes universitários de Moçambique. Educ. Form., [S. l.], v. 6, n. 3, p. e4913, 2021. DOI: 10.25053/redufor.v6i3.4913. Disponível em: https://revistas.uece.br/index.php/redufor/article/view/4913. Acesso em: 19 out. 2021.