O LÚDICO COMO ATIVIDADE DISCURSIVA E COMO UMA VIA PARA A FORMAÇÃO DO LEITOR

E RELATO DE PESQUISA EM UMA ESCOLA PÚBLICA EM FORTALEZA-CE

  • Luciana Martins Quixada
  • Sylvie Ghislaine Delacours Soares Lins
  • Ana Carolina Pontes Tavares

Resumo

Visa-se problematizar sobre a formação do leitor criança, no que se refere a uma aprendizagem significativa da leitura, considerando a brincadeira como um meio para tal. Como autores centrais, consultaram-se Vygotsky, Bakhtin e Leontiev. Parte-se da compreensão de que os processos desse tipo de aprendizagem envolvem tanto a atividade do aprendiz como também as trocas discursivas que a permeiam. Portanto, o ambiente escolar na educação infantil deve promover condições de participação coletiva à criança, por exemplo, pela via lúdica, mediante as quais ela atue para construir e atribuir sentido às novas aprendizagens. Apresenta-se como as crianças relacionam-se de maneira lúdica com o livro e a especial atenção dada por elas ao “livro-jogo”, através de uma pesquisa realizada acerca do acesso à literatura infantil em uma escola pública da cidade de Fortaleza-CE.

Publicado
2018-06-11