Educação profissional integrada ao nível médio no Ceará: reformas e contradições

Palavras-chave: Ensino médio., Educação profissional., Neoliberalismo

Resumo

Este artigo tem como objetivo analisar a educação profissional no Ceará nas duas últimas décadas, especificamente a educação profissional integrada ao ensino médio no período de 2008 a 2013, tendo como referência os fundamentos das reformas educacionais que determinaram as políticas públicas para essa modalidade de ensino. Em um primeiro momento, apresenta-se o vínculo estrutural com a União e agências internacionais de fomento. A seguir, apresenta-se o panorama da educação profissional integrada no Ceará, com suas diretrizes, premissas e fundamentos, cujos indicadores colhidos foram levantados de fontes documentais, coletados nos acervos dessas instituições por meio de acesso aos documentos originais, obtidos da Coordenadoria da Educação Profissional, vinculada à Secretaria da Educação, e de entrevistas estruturadas com integrantes da equipe pedagógica da Coordenadoria de Educação Profissional. Por fim, apresentam-se as considerações dentro de uma dimensão crítica.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2017-01-02
Como Citar
XEREZ, A. S.; COSTA, F. J.; SANTOS, J. D. Educação profissional integrada ao nível médio no Ceará: reformas e contradições. Educação & Formação, v. 2, n. 1, p. 204-223, 2 jan. 2017.