Formação dos professores que atuam na classe multisseriada na área rural no sul do Amazonas

Autores

DOI:

https://doi.org/10.25053/edufor.v2i4.1916

Palavras-chave:

Formação docente, Classe multisseriadas, Educação do campo

Resumo

Este trabalho trata da formação dos docentes atuantes na classe multisseriada na área rural de Apuí, sul do Amazonas. O problema da pesquisa era descobrir se a formação do professor supria as necessidades pedagógicas do ensino nessa modalidade. A relevância da discussão envolveu a temática Educação do Campo, originária de estudos desenvolvidos pelo Núcleo de Pesquisa e Extensão em Ambiente, Socioeconomia e Agroecologia, no estado do Amazonas. A fim de compreender melhor sobre essa modalidade de ensino, apresentam-se as diferenças entre “Educação Rural” e “Educação do Campo” e como as nomenclaturas – rural e campo – se alteraram no decorrer dos tempos e foram adotadas nos projetos de políticas públicas voltadas à Educação do Campo (Programa Nacional de Educação 2014-2024; Parecer nº 36/2001). Por fim, das análises chegou-se à conclusão de que as faculdades cursadas pelos professores pesquisados não contemplam em suas grades curriculares disciplinas sobre Educação do Campo ou classes multisseriadas.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Aparecida Luzia Alzira Zuin, Universidade Federal de Rondônia

Doutora e Mestra em Comunicação e Semiótica pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP). Pesquisadora Associada/Permanente e supervisora de pós-doutorado no PACC-UFRJ. Profa. do Mestrado Profissional Interdisciplinar em Direitos Humanos e Desenvolvimento da Justiça - Unir/Emeron(TJ-RO). Profa. do Mestrado Acadêmico em Educação-UNIR (disciplina: Educação, Comunicação e Mediação).

Juliane Santos Dias, Prefeitura Municipal de Cuiabá

Possui graduação em Pedagogia pela Universidade Federal do Amazonas (2013), Mestrado em Educação pela Universidade Federal de Rondônia (2015). Atualmente é professor da Prefeitura Municipal de Cuiabá

Referências

ARAÚJO, W. P. Práticas pedagógicas no meio rural. Manaus: UA: Fapeam, 2004.

ARRROYO, M. G. Os desafios de construção de políticas para a Educação do Campo. In: PARANÁ. Educação do Campo: cadernos temáticos. Curitiba: Seed, 2005. p. 47-58.

ARROYO, M. G. Políticas de formação de educadores do campo. Cadernos Cedes, Campinas, v. 27, n. 72, p. 157-176, 2007.

ARROYO, M. G.; FERNANDES, B. M. A educação básica e o movimento social do campo. Brasília, DF: MEC, 1999.

ATTA, D. Escola de classe multisseriada: reflexões a partir de relatório de pesquisa. In: PRADEM. Escola de classe multisseriada. Salvador: UFBA, 2003. p. 9-21.

AZEVEDO, M. A. Avaliação do Programa Escola Ativa como política pública para escolas rurais com turmas multisseriadas: a experiência em Jardim do Seridó/RN (1998-2009). 2010. 215 f. Tese (Doutorado em Educação) – Programa de Pós-Graduação em Educação, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2010.

BEZERRA NETO, L.; BEZERRA, M. C. S.; CAIADO, K. R. M. Escola Ativa: qual a sua contribuição para a educação do trabalhador do campo? In: BEZERRA NETO, L.; BEZERRA, M. C. S. (Org.). Educação para o campo em discussão: reflexões sobre o Programa Escola Ativa. São José: Premier, 2011. p. 9-18.

BEZERRA, M. C. S.; BEZERRA NETO, L.; LIMA, E. N. Programa Escola Ativa: de que educação para o trabalhador do campo estamos falando? In: BEZERRA NETO, L. B.; BEZERRA, M. C. S. (Org.). Educação para o campo em discussão: reflexões sobre o Programa Escola Ativa. São José: Premier, 2011. p. 19-42.

BRASIL. Escola Ativa: diretrizes para implantação e implementação da estratégia Escola Ativa. Brasília, DF: MEC, 2005.

BRASIL. Escola Ativa: projeto base. Brasília, DF: MEC, 2008.

BRASIL. Lei nº 4.024, de 20 de dezembro de 1961. Fixa as Diretrizes e as Bases para o Ensino de 1º e 2º graus, e dá outras providências. Diário Oficial da União, Brasília, DF, 27 dez. 1961.

BRASIL. Lei nº 5.692, de 11 de agosto de 1971. Fixa Diretrizes e Bases para o Ensino de 1º e 2º Graus, e dá outras providências. Diário Oficial da União, Brasília, DF, 12 ago. 1971.

BRASIL. Lei nº 9.394, de 20 de dezembro de 1996. Estabelece as Diretrizes e Bases da Educação Nacional. Diário Oficial da União, Brasília, DF, 21 dez. 1996.

BRASIL. Lei nº 10.172, de 9 de janeiro de 2001. Aprova o Plano Nacional de Educação e dá outras providências. Diário Oficial da União, Brasília, DF, 11 jan. 2001.

BRASIL. Ministério da Educação. Conselho Nacional de Educação. Parecer CNE/CEB nº 36, de 4 de dezembro de 2001. Sobre Diretrizes Operacionais para a Educação Básica nas Escolas do Campo. Diário Oficial da União, Brasília, DF, 23 mar. 2002.

BRASIL. Parâmetros Curriculares Nacionais: introdução aos Parâmetros Curriculares Nacionais. Brasília, DF: MEC, 1997.

BRASIL. Projeto de Lei nº 8.035, de 20 de dezembro de 2010. Aprova o Plano Nacional de Educação para o decênio 2011-2020, e dá outras providências. Diário Oficial da União, Brasília, DF, 21 dez. 2010.

BRASIL. Referências para uma Política Nacional de Educação do Campo: caderno de subsídios. Brasília, DF: Secretaria de Educação Média e Tecnológica, 2004.

BRASIL. Resolução nº 6, de 17 de março de 2009. Estabelece as orientações e diretrizes para a operacionalização da assistência financeira suplementar aos projetos educacionais que promovam o acesso e a permanência na universidade de estudantes de baixa renda e grupos socialmente discriminados. Diário Oficial da União, Brasília, DF, 18 mar. 2009.

CARVALHO, L. F. O.; ROCHA, M. I. A. Pedagogia da terra. Revista Presença Pedagógica, Belo Horizonte, v. 12, n. 72, p. 60-65, 2006.

CORREIA, R. A. C.; ROCHA, S. A. Formar-se professora para a educação do/no campo: percepções de licenciandas do campo em memoriais de formação. Revista de Educação, Campinas, v. 18, n. 3, p. 355-366, 2013.

EVANGELISTA, A. B. A universidade e os professores de escolas rurais: suas concepções e sua prática docente. 2005. 113 f. Dissertação (Mestrado em Educação) – Programa de Pós-Graduação em Educação, Pontifícia Universidade Católica, Campinas, 2005.

FERNANDES, B. M.; CERIOLI, P. R.; CALDART, R. S. Primeira Conferência Nacional “Por uma Educação Básica do Campo”: texto preparatório. In: ARROYO, M. G.; CALDART, R. S.; MOLINA, M. C. (Org.). Por uma Educação do Campo. Petrópolis: Vozes, 2004. p. 19-63.

FOERSTE, E. Educação do Campo: quem assume esta tarefa? In: FOERSTE, E.; SCHÜTZ, F.; CALIUARI, R. (Org.). Educação do Campo: povos, territórios, saberes da terra, movimentos sociais, sustentabilidade. Vitória: UFES, 2009. p. 13-25.

GONÇALVES, G. B. B. Trabalho docente na Escuela Nueva e na Escola Ativa: um estudo comparado da Reforma Educacional no Campo. Mímeo, 2009.

GONÇALVES, G. B. B.; ROCHA, M. I. A.; RIBEIRO, V. Programa Escola Ativa: um pacote educacional ou uma possibilidade para a escola do campo? In: ROCHA, M. I.; HAGE, S. M. (Org.). Escola de direito: reinventando a escola multisseriada. Belo Horizonte: Autêntica, 2010. p. 49-60.

HAGE, S. A. M. Classes multisseriadas: desafios da Educação Rural no estado do Pará/Região Amazônica. In: HAGE, S. A. M. (Org.). Educação do campo na Amazônia: retratos de realidade das escolas multisseriadas no Pará. Belém: Gutemberg, 2005. p. 42-60.

HAGE, S. A. M. Editorial. Comunica multissérie, Belém, v. 1, n. 1, s.p., 2004.

LEITE, S. C. Escola rural: urbanização e políticas educacionais. São Paulo: Cortez, 1999.

MENDONÇA, S. R. Estado e Educação Rural no Brasil: alguns escritos. Niterói: Vícios de Leitura, 2007.

MOLINA, M. C. Possibilidades e limites de transformações das escolas do campo: reflexões suscitadas pela licenciatura em Educação do Campo, da Universidade Federal de Minas Gerais. In: ROCHA, M. I. A.; MARTIN, A. A. (Org.). Educação do Campo: desafios para a formação de professores. Belo Horizonte: Autêntica, 2009. p. 185-197.

MOLINA, M. C.; FREITAS, H. C. A. Avanços e desafios na construção da Educação do Campo. Em Aberto, Brasília, DF, v. 24, n. 85, p. 17-31, 2011.

NEVES, M. F. O Método Lancaster e a memória de Martim Francisco. In: ANPED, 23., 2000, Caxambu. Anais... Caxambu: Anped, 2000.

RAMALHO, M. N. M. Na roça, na raça... eu me tornei professor: um estudo sobre a formação docente de professores de classes multisseriais no Norte de Minas Gerais e Vale do Jequitinhonha. 2008. 177 f. Tese (Doutorado em Educação) – Programa de Pós-Graduação em Educação, Universidade Metodista de Piracicaba, Piracicaba, 2008.

ROCHA, I. M. A.; MARTINS, A. A. (Org.). Educação do Campo: desafios para a formação de professores. Belo Horizonte: Autêntica, 2009.

ROCHA, M. I. A.; HAGE, S. M. (Org.). Escola de direito reinventando escola multisseriada. Belo Horizonte: Autêntica, 2010.

RODRIGUES, C. L. Educação no meio rural: um estudo sobre salas multisseriadas. 2009. 209 f. Dissertação (Mestrado em Educação) – Programa de Pós-Graduação em Educação, Universidade Federal de Minas Geras, Belo Horizonte, 2009.

SANTOS, F. J. S.; MOURA, T. V. Políticas educacionais, modernização pedagógica e racionalização do trabalho docente: problematizando as representações negativas sobre as classes multisseriadas. Belo Horizonte: Autêntica, 2010.

SANTOS, J. R. Da Educação Rural à Educação do Campo: um enfoque sobre as classes multisseriadas. In: COLÓQUIO DE EDUCAÇÃO E CONTEMPORANEIDADE, 4., 2010, Laranjeiras. Anais... Laranjeiras: UFS, 2010. p. 2-11.

SANTOS, M. Por uma outra globalização do pensamento único à consciência universal. Rio de Janeiro: Record, 2001.

SILVA, M. S. Diretrizes Operacionais para Escolas do Campo: rompendo o silêncio das políticas educacionais. In: BAPTISTA, F. M. C.; BAPTISTA, N. Q. (Org.). Educação Rural: sustentabilidade do campo. 2. ed. Feira de Santana: UEFS, 2005. p. 30-53.

SOUZA, M. A.; SANTOS, F. H. T. Educação do Campo: prática do professor em classe multisseriada. Diálogo Educacional, Curitiba, v. 7, n. 22, p. 211-227, 2007.

VEIGA, I. P. A. Profissão docente: novos sentidos, novas perspectivas. Campinas: Papirus, 2008.

WOLFF, E. Á. Fundamentos psicossociais da formação de educadores do campo. 2007. 230 f. Tese (Doutorado em Educação) – Programa de Pós-Graduação em Educação, Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, 2007.

Downloads

Publicado

2017-01-02

Como Citar

ZUIN, A. L. A.; DIAS, J. S. Formação dos professores que atuam na classe multisseriada na área rural no sul do Amazonas. Educ. Form., [S. l.], v. 2, n. 4, p. 160–180, 2017. DOI: 10.25053/edufor.v2i4.1916. Disponível em: https://revistas.uece.br/index.php/redufor/article/view/128. Acesso em: 19 set. 2021.