A educação dos alunos das escolas pantaneiras na perspectiva da educação centrada no aluno

Autores

DOI:

https://doi.org/10.25053/edufor.v2i4.1922

Palavras-chave:

Educação no meio rural, Contextualização do conteúdo, Ensino centrado no aluno

Resumo

O presente artigo tem como objetivo desvelar a percepção dos sujeitos sobre uma escola pantaneira. Para tanto, a pesquisa valeu-se, como metodologia, da produção de narrativas (auto)biográficas de três sujeitos, dois alunos e uma mãe de aluno de uma escola localizada na área rural do município de Aquidauana, Mato Grosso do Sul, analisadas a partir dos pressupostos da abordagem (auto)biográfica e da psicologia humanista, que propõe a educação centrada no aluno. Como resultados, constatou-se a falta de especificidade do ensino proposto na escola pantaneira, não diferenciado do que é proporcionado nas escolas urbanas, assim como a presença de um ideário que confere à educação escolar a possibilidade de mobilidade social, associada aos esforços pessoais dos sujeitos, em uma visão meritocrática. Conclui-se que, no contexto investigado, não se efetiva a educação centrada no aluno, o que poderia contribuir para uma educação significativa, emancipatória e transformadora.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

ARROYO, M. G. Políticas de formação de educadores(as) do campo. Cadernos CEDES, Campinas, v. 27, n. 72, p. 157-176, 2007.

ARROYO, M. G. Políticas educacionais e desigualdades: à procura de novos significados. Educação e Sociedade, Campinas, v. 31, n. 113, p. 1381-1416, 2010.

BARTHES, R. Elementos da semiologia. São Paulo: Cultrix, 1993.

BICUDO, M. A. V. A filosofia da educação centrada no aluno. In: MARTINS, J.; BICUDO, M. A. V. Estudos sobre existencialismo, fenomenologia e educação. São Paulo: Centauro, 2006. p. 57-104.

COMENIUS, J. A. Didática Magna. 3. ed. São Paulo: Martins Fontes, 2006.

JOSSO, M.-C. Experiências de vida e formação. São Paulo: Cortez, 2004.

MASLOW, A. H. New knowledge in human values. 5. ed. Chicago: Henry Regenery, 1970.

MOREIRA, M. A. Abandono da narrativa, ensino centrado no aluno e aprender a aprender criticamente. In: ENCONTRO NACIONAL DE ENSINO DE CIÊNCIAS DA SAÚDE E DO AMBIENTE, Niterói, Anais... Niterói, 2010.

NÓVOA, A. Formação de professores e profissão docente. In: NÓVOA, A. (Coord.). Os professores e a sua formação. 2. ed. Lisboa: Dom Quixote, 1995. p. 15-33.

NÓVOA, A. Formação de professores e trabalho pedagógico. Lisboa: Educa, 2002.

SILVA, F. C. R.; MAIA, S. F. Narrativas autobiográficas: interfaces com a pesquisa sobre formação de professores. In: ENCONTRO DE PESQUISA EM EDUCAÇÃO DA UFPI, 6., Teresina, 2010. Anais... Teresina: UFPI, 2010.

SOLIGO, R.; VAZ, D. O desafio da prática pedagógica. Revista Viver Mente e Cérebro, São Paulo, n. 5, p. 76-84, 2006. (Coleção Memória da Pedagogia).

SOUZA, E. C. Diálogos cruzados sobre pesquisa (auto)biográfica: análise compreensiva interpretativa e política de sentido. Educação, Santa Maria, v. 39, n. 1, p. 39-50, 2014.

SOUZA, E. C. O conhecimento de si: estágio e narrativas de formação de professores. Rio de Janeiro: DP&A; Salvador: Uneb, 2006.

SOUZA, E. C. Territórios das escritas do eu: pensar a profissão – narrar a vida. Educação, Porto Alegre, v. 34, n. 2, p. 213-220, 2011.

THIMOTEO, F. E. P. Programa escola pantaneira. São Paulo: Dedone, 2003.

Downloads

Publicado

2017-01-02

Como Citar

GONÇALVES, Y. S.; NOGUEIRA, E. G. D. A educação dos alunos das escolas pantaneiras na perspectiva da educação centrada no aluno. Educ. Form., [S. l.], v. 2, n. 4, p. 87–103, 2017. DOI: 10.25053/edufor.v2i4.1922. Disponível em: https://revistas.uece.br/index.php/redufor/article/view/125. Acesso em: 19 set. 2021.