História oral

abordagem teórico-metodológica, conceitual e contextual

Autores

DOI:

https://doi.org/10.47149/pemo.v2i1.3802

Palavras-chave:

História oral, Oralidade, Fonte oral

Resumo

Compreender a importância da história oral e seu emprego nos distintos gêneros de pesquisas acadêmico-científicas, foi o fio condutor para o questionamento sobre o que é, para que serve, quando e como utilizar a história oral no processo investigativo das pesquisas? Diante desta inquietação, visou-se proporcionar às devidas respostas e compreender mais além sobre a história oral, suas diversas abordagens, bem como suas múltiplas serventias no âmbito das pesquisas, sobretudo na seara das ciências humanas e sociais. Usa-se o método de pesquisa exploratório-descritiva com abordagem qualitativa. Utilizou-se o método bibliográfico. Para as análises empregou-se o discurso dialético critico contextual. Os resultados, a priori, demonstram que a história oral, suas múltiplas serventias, a depender do gênero da pesquisa, funciona como seiva vital, inspiradora e potente para identificação, voz e vez de sujeitos sociais que foram banidos, ofuscados, destituídos ou destruídos do processo histórico pelas diretrizes dominantes.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Antônio Roberto Xavier, Universidade da Integração Internacional da Lusofonia Afro-Brasileira (UNILAB)

Doutor em Educação (UFC), Mestre em Sociologia (UECE), Mestre em Planejamento e Políticas Públicas (UECE). Professor Permanente do Mestrado Acadêmico em Sociobiodiversidade e Tecnologias Sustentáveis (MASTS) e Professor do Curso de Graduação em Administração Pública presencial, ambos da UNILAB; Professor-Pesquisador no Programa de Pós-graduação Mestrado e Doutorado (PPGE) da Universidade Federal do Ceará (UFC).

Karla Renata de Aguiar Muniz, Universidade Federal do Ceará

Mestranda do Programa de Pós-graduação em Educação (PPGE), da Universidade Federal do Ceará (UFC); Bolsista da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES); Pós-graduada (Lato Sensu) em Gestão Cultural pela Universidade Estadual do Vale do Acaraú (UVA).

José Rogério Santana, Universidade Federal do Ceará

Mestre e Doutor em Educação (PPGE/UFC), professor Associado da Universidade Federal do Ceará na Faculdade de Educação (FACED/UFC) trabalhando com Tecnologias Digitais na Educação, bem como, com Práticas Culturais Digitais.

Daniel Luis Madeira Carneiro, Centro Universitário Inta - Uninta

Graduado em Pedagogia pela Universidade Estadual Vale do Acaraú (2009). Especialização em Gestão e Docência no Ensino Superior. Atualmente é professor de Curso de Pedagogia do Centro Universitário Inta - UNINTA na modalidade EaD. Linha de pesquisa Tecnologias Digitais e Educação.

Referências

ALBERTI, V. História oral: a experiência do CPDOC. Rio de Janeiro: Centro de Pesquisa e Documentação de História Contemporânea do Brasil, 1989.

ANANIAS, M. COSTA, L. R. B. de M. M. dos. “Quando o Homem Sabe Ler, Escrever e Contar, Póde, Por Sua Própria Individualidade, Desenvolver-Se E Esclarecer-Se”: A escolarização de crianças pobres na província da Parahyba do Norte (1855-1866). Educação & Formação, Fortaleza, v. 4, n. 10, p. 66-80, jan./abr., 2019. Disponível em: https://revistas.uece.br/index.php/redufor/article/view/453/1082. Acesso em: 9 ago. 2019.

ARAÚJO, A.; SOARES, E. L. Identidade e relações étnico-raciais na formação escolar. Práticas Educativas, Memórias e Oralidades - Rev. Pemo, v. 1, n. 1, 2019. Disponível em: https://revistas.uece.br/index.php/revpemo/article/view/3628. Acesso em: 02 jan. 2019.

BURKE, Pe. A Escola dos Annales (1929-1989): a Revolução Francesa da historiografia. São Paulo: Fundação Editora da UNESP, 1997.

CARVALHO, S. O. Formação Docente e Práxis Pedagógica narrativa de uma professora. Práticas Educativas, Memórias e Oralidades - Rev. Pemo, v. 1, n. 1, 2019. Disponível em: https://revistas.uece.br/index.php/revpemo/article/view/3602. Acesso em: 02 jan. 2019.

CAXILE, C. R. Memória e representação: experiências e resistências numa manifestação cultural na cidade de Fortaleza. Práticas Educativas, Memórias e Oralidades - Rev. Pemo, v. 1, n. 1, 2019. Disponível em: https://revistas.uece.br/index.php/revpemo/article/view/3599. Acesso em: 02 jan. 2019.

CAXILE, C. R. V. Memória e representação: experiências e resistências numa manifestação cultural na cidade de Fortaleza. Rev. Pemo, Fortaleza, v. 1, n. 1, p. 1-18, 2019. Disponível em: https://revistas.uece.br/index.php/revpemo/article/view/3599/3112. Acesso em: 8 out. 2019.

COSTA, M. A.; SILVA, F. M.; SOUZA, D. Parceria entre escola e família na formação integral da criança. Práticas Educativas, Memórias e Oralidades - Rev. Pemo, v. 1, n. 1, 2019. Disponível em: https://revistas.uece.br/index.php/revpemo/article/view/3476. Acesso em: 02 jan. 2019.

DALLABRIDA, N.; UNGLAUB, T. R. da R.; COSTA, M. da S. Práticas da educadora Olga Bechara nas Classes Secundárias Experimentais de Socorro (1959-1962). Educação & Formação, Fortaleza, v. 5, n. 13, p. 132-150, jan./abr., 2020. Disponível em: https://revistas.uece.br/index.php/redufor/article/view/1935/1910. Acesso em: 9 jan. 2020.

FERREIRA NETO, J.; DA SILVA, R. Mestre Chitãozinho e a formação dos capoeiristas no Projeto ABC do João XXIII. Práticas Educativas, Memórias e Oralidades - Rev. Pemo, v. 1, n. 1, 2019. Disponível em: https://revistas.uece.br/index.php/revpemo/article/view/3518. Acesso em: 02 jan. 2019.

FERREIRA, M. de M.; AMADO, J. Usos e Abusos da História Oral. RJ: FGV, 1998.

FIALHO, L. M. F. et al. O uso da história oral na narrativa da história da educação no Ceará. Rev. Pemo, Fortaleza, v. 2, n. 1, p. 1-13, 2020. Disponível em: https://revistas.uece.br/index.php/revpemo/article/view/3505/3146. Acesso em: 8 de jan. 2020.

JUCÁ, G. N. M. A oralidade dos velhos na polifonia urbana. Fortaleza: Imprensa Universitária, 2003.

JUCÁ, G. N. M. História Oral e Pesquisa Histórica: Influência Europeia e Recepção Brasileira. In: CAVALCANTE, Maria Juraci Maia et al. (orgs.). História da educação comparada: missões, expedições, instituições e intercâmbios. Fortaleza: Edições UFC, 2013.

MACIEL, J. A.; MACIEL, J.; MENDES, A.; SILVA, J. Dialogando sobre o tema jogos populares no ensino fundamental 1. Práticas Educativas, Memórias e Oralidades - Rev. Pemo, v. 1, n. 1, 2019. Disponível em: https://revistas.uece.br/index.php/revpemo/article/view/3506. Acesso em: 02 jan. 2019.

MEIHY, J. C. S. B. Manual de História oral. São Paulo: Loyola, 2000.

NERYS, F.; KOEPP, J.; COSTA, B.; BARON, M. Dificuldades na consulta clínica e nutricional de surdos no Brasil: revisão de literatura. Práticas Educativas, Memórias e Oralidades - Rev. Pemo, v. 1, n. 1, 2019. Disponível em: https://revistas.uece.br/index.php/revpemo/article/view/3605. Acesso em: 02 jan. 2019.

RODRIGUES, R. M. A propósito de história oral. In: VASCONCELOS, J. G.; MAGALHÃES JÚNIOR, A. G. (orgs.). Linguagens da história. Fortaleza: Imprece, 2003.

SANTOS, F.; GIASSON, F. Docência no Ensino Superior: formação, iniciação e desenvolvimento profissional docente. Práticas Educativas, Memórias e Oralidades - Rev. Pemo, v. 1, n. 1, 2019. Disponível em: https://revistas.uece.br/index.php/revpemo/article/view/3543. Acesso em: 02 jan. 2019.

SILVA, J.; LIMA, I.; PARENTES, M. D.; SILVA, L. Trajetórias formativas de licenciandos em matemática: percepções sobre constituir-se professor. Práticas Educativas, Memórias e Oralidades - Rev. Pemo, v. 1, n. 1, 2019. Disponível em: https://revistas.uece.br/index.php/revpemo/article/view/3478. Acesso em: 02 jan. 2019.

SOUSA, F. G.; FERNANDES, F. R. Análise de conteúdo de “As três Marias” e a instrução feminina cearense: práticas educativas, vigilância e transgressão. Práticas Educativas, Memórias e Oralidades - Rev. Pemo, v. 1, n. 1, 2019. Disponível em: https://revistas.uece.br/index.php/revpemo/article/view/3484. Acesso em: 02 jan. 2019.

THOMPSON, P. A voz do passado: história oral. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1992.

Publicado

2020-03-30

Como Citar

XAVIER, A. R.; MUNIZ, K. R. de A.; SANTANA, J. R.; CARNEIRO, D. L. M. História oral: abordagem teórico-metodológica, conceitual e contextual. Práticas Educativas, Memórias e Oralidades - Rev. Pemo, [S. l.], v. 2, n. 1, p. 1–16, 2020. DOI: 10.47149/pemo.v2i1.3802. Disponível em: https://revistas.uece.br/index.php/revpemo/article/view/3802. Acesso em: 17 set. 2021.