Dialogando sobre o tema jogos populares no ensino fundamental 1

Autores

DOI:

https://doi.org/10.47149/pemo.v1i1.3506

Palavras-chave:

Jogos Populares, Educação Física Escolar, Ensino Fundamental 1

Resumo

Pretende-se explorar o tema “jogos populares” tradicionais da cultura brasileira a partir de uma reflexão crítica mediante registros de práticas educativas realizadas com alunos de uma turma de segundo ano, do ensino fundamental I, de uma escola pública municipal em Itaitinga, no ano 2018, relatados no trabalho de graduação intitulado “Jogos Populares: vivências com escolares do ensino fundamental 1”. Como matriz de referência, Guerra (1988), Coletivo de Autores (1992), Brotto (2001), Feital e Cortes (2009) e Silva (2015), foram utilizados para dialogar sobre o tema. Trabalhar este conteúdo na educação básica, em Educação Física, o qual é ancorado pela BNCC (2018), possibilita ao educando conhecimento, apreço à cultura e sua diversidade, tolerância ao novo e autonomia para superação e emancipação.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

José Auricélio Barbosa Maciel, Instituto Dom José/Universidade Vale Acaraú

Graduado em Educação Física pelo Instituto Dom José/Universidade Vale Acaraú. Atuou no desenvolvimento, orientação e aplicação do trabalho.

Jocyana Cavalcante da Silva Maciel, Instituto Dom José/Universidade Vale Acaraú e Prefeitura de Itaitinga (Professora)

Doutora e Mestra em Educação Brasileira pela Universidade Federal do Ceará - UFC, CNPq/Capes. Graduada em Educação Física pela Universidade Federal do Ceará - UFC, CNPq. Docente Instituto Dom José/Universidade do Acaraú - IDJ/UVA. Professora de Escola Municipal de Itaitinga – CE. 

Aline Silvestre Mendes, Instituto Dom José/Universidade Vale Acaraú

Mestranda em Ciência da Informação pela CECAP. Pós graduada em Educação Física Escolar pela Faculdade de Patos - PB e, Metodologia e Docência no Ensino Superior pela Faculdade Vale do Jaguaribe - FV. Graduada em Educação Física pela Universidade Estadual Vale do Acaraú (UVA). Docente do Instituto Dom José de Educação e Cultura - IDJ/UVA.

Jocyelle Cavalcante da Silva, Universidade Paulista/CE

Graduada em Jornalismo pelo Centro Universitário UniFanor/CE. Graduanda em Pedagogia pela Universidade Paulista/CE.

Referências

BEGO, A. Políticas públicas e formação de professores sob a perspectiva da racionalidade comunicativa: da ingerência tecnocrata à construção da autonomia profissional. Educação & Formação, Fortaleza, v. 1, n. 2, p. 3-24, 2016. Disponível em: https://revistas.uece.br/index.php/redufor/article/view/98 Acesso em: 03 jun. 2018.

BROTTO, Fábio Otuzi. Jogos Cooperativos: o jogo e o esporte como um exercício de convivência. Santos, SP: Projeto Cooperação, 2001.

BRASIL, Ministério da Educação. Base Nacional Comum Curricular Disponível em: http://basenacionalcomum.mec.gov.br/ .Acesso em: 09 dez. 2018.

COLETIVO DE AUTORES. Metodologia do ensino de educação física. São Paulo Cortez, 1992.

DARIDO, S. C. et al. Práticas corporais: Educação Física - 6º ao 9º anos. Manual do professor. São Paulo: Moderna, 2018.

FEITAL, D.; CORTES, M. Reencantando a infância com cantigas, brincadeiras e diversão. Disponível em: https://docplayer.com.br/3307888-Reencantando-a-infancia-com-cantigas-brincadeiras-e-diversao.html. Acesso em: 17 dez. 2018.

GUERRA, Marlene. Recreação e Lazer. Porto Alegre, Sagra, 1988.

JARDILINO, J. R.; SAMPAIO, A. M. Desenvolvimento profissional docente: Reflexões sobre politica pública de formação de professores. Educação & Formação, Fortaleza, v. 4, n. 1, p. 180-194, 2019. Disponível em: https://revistas.uece.br/index.php/redufor/article/view/848 Acesso em: 03 jan. 2019.

LDB. Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional. Lei nº 9.394, de 20 de dezembro de 1996, que estabelece as diretrizes e bases da educação nacional. – 5. ed.– Brasília: Câmara dos Deputados, Coordenação Edições Câmara, 2010.

MACIEL. J. A. B. Jogos populares: vivências com escolares do ensino fundamental 1. Monografia de Graduação. IDJ/UVA: Fortaleza, CE, 2018.

REVISTA MUNDO ESTRANHO. Qual é a origem do jogo-da-velha? 2018. Disponível em: https://super.abril.com.br/mundo-estanho/qual-e-a-origem-do-jogo-da-velha/ Acesso em: 04 jan. 2019.

SILVA, J. C et.al. A importância do estágio supervisionado na formação profissional de estudantes de educação física: um relato de experiência. Revista Educação & Linguagem. n. 1. v. 2, 2015. Disponível em: http://www.fvj.br/revista/revista-educacao-e-linguagem/edicoes/2015-1/ . Acesso em: 29 ago. 2018.

SILVA, J. C. Avaliação do Gerenciamento da Informação e da prática pedagógica no ensino-aprendizagem mediante categorias informacionais. Tese de Doutorado. Programa de Pós-Graduação em Educação Brasileira Contemporânea da Universidade Federal do Ceará. UFC: Fortaleza, 2018.

SOARES, M. G. A abordagem da ação crítica e a epistemologia da práxis pedagógica. Educação & Formação, Fortaleza, v. 3, n. 3, p. 55-70, 2018. Disponível em: https://revistas.uece.br/index.php/redufor/article/view/856. Acesso em: 03 dez. 2018.

VASCONCELLOS, K. R.; BERNARDO, E. Profissionalização docente: reflexões e perspectivas no Brasil. Educação & Formação, Fortaleza, v. 1, n. 2, p. 208-222, 2016. Disponível em: https://revistas.uece.br/index.php/redufor/article/view/109 Acesso em: 07 jun. 2018.

Publicado

2019-04-30

Como Citar

MACIEL, J. A. B.; MACIEL, J. C. da S.; MENDES, A. S.; SILVA, J. C. da. Dialogando sobre o tema jogos populares no ensino fundamental 1. Práticas Educativas, Memórias e Oralidades - Rev. Pemo, [S. l.], v. 1, n. 1, p. 1–10, 2019. DOI: 10.47149/pemo.v1i1.3506. Disponível em: https://revistas.uece.br/index.php/revpemo/article/view/3506. Acesso em: 24 set. 2021.