O O LEGADO DE PETRUS RAMUS E O TRATADO VIA REGIA AD GEOMETRIAM

  • Francisco Hemerson Brito da Silva Universidade Estadual do Ceará
  • Ana Carolina Costa Pereira
Palavras-chave: Petrus Ramus, Via regia ad geometriam, Elementos matemáticos, Biografia longitudinal

Resumo

Entre meados dos séculos XVI e XVII, se proliferou uma rica literatura dedicada a geometria prática que impulsionou a produção de tratados para auxiliar nos procedimentos manuais, executados pelos trabalhadores do período. Nesse contexto, o tratado Via regia ad geometriam, escrito e publicado originalmente na Suíça em 1596 pelo francês Petrus Ramus (1515 – 1572), passando a ganhar notoriedade como um dos documentos mais disseminados pela impressa medieval.  O exemplar trazia consigo uma organização diferencial dos conhecimentos matemáticos existentes em sua época, que são incorporados em algumas maneiras de medir áreas de superfícies, volume de sólidos, junto ao cálculo de distâncias, tais como comprimento, altura e largura. Desta forma, o artigo tem o intuito de apresentar uma descrição sobre o tratado em questão, destacando alguns elementos matemáticos presentes em seu corpo, junto a uma breve biografia do autor, com suas principais obras e seus preceitos. Ao desenvolver o estudo, utilizou-se uma metodologia bibliográfica-descritiva, com cunho qualitativo, a partir da leitura de livros e artigos que versam sobre a temática estudada, a fim de recolher informações consistentes. No decorrer da pesquisa, observou-se um desenvolvimento sistemático no tratado de Petrus Ramus sobre os elementos matemáticos, sendo descrito em um dos capítulos, o instrumento intitulado por báculo que auxiliava nos procedimentos de medição, por meios desses componentes. Assim, concluiu-se que o documento histórico em questão, contribuiu de forma sucinta ao fornecer subsídios de mensuração para algumas profissões, visto que, era uma das principais atividades desenvolvidas no meio rural e urbano, bastando ter noções sobre as matemáticas do período para utilizá-lo.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

INGEMARSDOTTER, Jenny. Ramism, Rhetoric and Reform: An Intellectual Biography of Johan Skytte (1577–1645). 2011. 325 f. Dissertação (Mestrado) - Curso de Filosofia, Uppsala University, Uppsala, 2011.

MAHONEY, Michael Sean. Ramus, Peter. In: GILLISPIE, C.C. (ed.). Dictionary of Scientifc Biography. New York: Charles Scribner’s Sons, 1981. v. 11, p. 286-290.

PEREIRA, Ana Carolina Costa; SAITO, Fumikazu. A reconstrução do Báculo de Petrus Ramus na interface entre história e ensino de matemática. Revista Cocar, Belém, v. 13, n. 25, pp. 342-372, 2019.

PEREIRA, Ana Carolina Costa; SAITO, Fumikazu. A organização do saber geométrico em Via Regia ad Geometriam (1636) de Petrus Ramus: uma reflexão sobre a definição de ângulo reto e de perpendicular. Rematec, Natal, v. 13, n. 27, pp.24-38, 2018.

PRODANOV, Cleber Cristiano; FREITAS, Ernani César de. Metodologia do Trabalho Científico: Métodos e Técnicas da Pesquisa e do Trabalho Acadêmico. 2. ed. Novo Hamburgo: Editora Feevale, 2013. 277 p.

RAMUS, Petrus. Via regia ad geometriam: The way to geometry. Londres: Thomas Cotes, 1636. Tradução de: Willian Bedwell.

SAITO, Fumikazu. História da matemática e suas (re)construções contextuais. São Paulo: LF – Editorial, 2015. 259 p. (História da Matemática para Professores).

SAITO, Fumikazu; PEREIRA, Ana Carolina Costa. A elaboração de atividades com um antigo instrumento matemático na interface entre história e ensino. São Paulo: LF - Editorial, 2019. 88 p. (História da matemática e da educação matemática para o ensino).

Publicado
2020-07-11
Como Citar
SILVA, F.; PEREIRA, A. O O LEGADO DE PETRUS RAMUS E O TRATADO VIA REGIA AD GEOMETRIAM. Boletim Cearense de Educação e História da Matemática, v. 7, n. 20, p. 158-169, 11 jul. 2020.