Avaliação em larga escala nos estados do Ceará e Piauí na visão de especialistas em educação

Autores

DOI:

https://doi.org/10.51281/impa.e024003

Palavras-chave:

Avaliação centrada em especialistas, Avaliação em larga escala, Spaece, Saepi

Resumo

A avaliação de programas e projetos centrada em especialistas aparece no âmbito das avaliações a partir do século XIX pela necessidade de institucionalizar a acreditação dos processos educativos e regulamentar a qualidade das instituições. Fundamentado nessa argumentação, este artigo, de abordagem qualitativa, tem como objetivo apresentar a avaliação de especialistas em educação do Ceará e do Piauí, acerca dos sistemas de avaliação em larga escala – Spaece e Saepi. Os dados foram obtidos mediante aplicação de questionário disponibilizado via Google Forms e a análise realizada com uso de estatística descritiva e inferencial. Como conclusão, constata-se que as percepções dos especialistas dos dois estados divergem em alguns aspectos, especialmente no que diz respeito à utilização e ao grau de interferência de fatores internos e externos à escola nos resultados da avaliação em larga escala. Esse fato pode estar associado à configuração de cada modelo de avaliação e ao perfil dos especialistas consultados.  

Métricas

Carregando Métricas ...

Biografia do Autor

Nemone de Sousa Pessoa, Universidade Estadual do Ceará (UECE)

Doutoranda em Educação pelo Programa de Pós-Graduação em Educação da Universidade Estadual do Ceará (UECE). Professora da rede estadual de ensino do Piauí.

Ruani Cordeiro de Sousa, Universidade Estadual do Ceará (UECE)

Doutora em Educação pelo Programa de Pós-Graduação em Educação da Universidade Estadual do Ceara (UECE). Professora da rede municipal de ensino de Fortaleza.

Marcos Antonio Martins Lima, Universidade Federal do Ceará (UFC)

Pós-Doutor em Gestão pela UFRN e Doutor em Educação e Avaliação pela UFC. Professor Titular e Docente nos Programa de Pós-graduação em Educação (UFC-FACED/PPGE) e em Administração e Controladoria (UFC-FEAAC/PPAC PROFISSIONAL). Coordenador do Grupo de Pesquisa em Avaliação & Gestão Educacional (GPAGE).

Eloisa Maia Vidal, Universidade Estadual do Ceará (UECE)

Doutora em Educação (UFC). Professora Associada do Programa de Pós-Graduação em Educação da Universidade Estadual do Ceará (UECE). Vice-líder do Grupo de Pesquisa Política Educacional, Gestão e Aprendizagem (GPPEGA).

Referências

ALAVARSE, Ocimar Munhoz; CHAPPAZ, Raíssa de Oliveira; FREITAS, Pâmela Félix. Avaliações da Aprendizagem Externas em Larga Escala e Gestores Escolares: características, controvérsias e alternativas. Revista Cadernos de Pesquisa, São Luís, v. 28, n. 1, jan./mar, 2021. Disponível em: http://periodicoseletronicos.ufma.br/index.php/cadernosdepesquisa/article/view/15392/8608. Acesso em: 25 jan. 2024.

BASTOS, Remo Moreira Brito. No profit left behind: os efeitos da economia política global sobre a educação básica pública. Fortaleza: Nova Civilização, 2018.

CAPOCCHI, Eduardo Rodrigues. Avaliações em larga escala e políticas de responsabilização na educação: evidências de implicações indesejadas no Brasil. 2017. 214 f. Dissertação (Mestrado em Educação) – Faculdade de Educação da Universidade de São Paulo, 2017. Disponível em: https://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/48/48134/tde-13092017-145218/publico/EDUARDO_RODRIGUES_CAPOCCHI_rev.pdf. Acesso em: 25 jan. 2024.

DIAS SOBRINHO, José. Avaliação e transformações da educação superior brasileira (1995-2009): do provão ao Sinaes. Avaliação, Campinas; Sorocaba, v. 15, n. 1, p. 195-224, mar. 2010. Disponível em: https://www.scielo.br/j/aval/a/SkVnKQhDyk6fkNngwvZq44c/. Acesso em: 25 jan. 2024.

DORN, Emma. et al. Fatores que influenciam o sucesso escolar na América Latina. 2017. Disponível em: https://www.mckinsey.com/winning-with-talent/~/media/mckinsey/industries/public%20and%20social%20sector/our%20insights/what%20drives%20student%20performance%20in%20latin%20america/fatores-qu-port.pdf. Acesso em: 25 jan. 2024.

ESTEBAN, Maria Paz Sandin. Pesquisa Qualitativa em Educação: fundamentos e tradições. Porto Alegre: AMGH, 2017.

FLICK, Uwe. Introdução à Pesquisa Qualitativa. 3. ed. Porto Alegre: Artmed, 2009.

FREITAS, Luiz Carlos. Os reformadores empresariais da educação: da desmoralização do magistério à destruição do sistema público de educação. Educação & Sociedade, Campinas, v. 33, n. 119, p. 379-404, 2012. Disponível em: https://www.scielo.br/j/es/a/PMP4Lw4BRRX4k8q9W7xKxVy/. Acesso em: 25 jan. 2024.

FREITAS, Luiz Carlos. A importância da avaliação: em defesa de uma responsabilização participativa. Em Aberto, Brasília, v. 29, n. 96 p. 127-139, maio/ago. 2016. Disponível em: https://oasisbr.ibict.br/vufind/Record/INEP-1_e6f044c85c4e42aee0dbada3cb45d9fd?lng=en. Acesso em: 25 jan. 2024.

GARCIA, Paulo Sérgio BIZZO, Nelio. Um estudo sobre escolas eficazes no Brasil e na Itália: o que realmente importa na opinião dos pais, alunos, professores e gestores. Educação, v. 40, n. 1, p. 83-96, 31 maio 2017. Disponível em: https://revistaseletronicas.pucrs.br/ojs/index.php/faced/article/view/20063. Acesso em: 25 jan. 2024.

GATTI, Bernardete Angelina. et al. Professores do Brasil: novos cenários de formação. Brasília: UNESCO, 2019. 351 p. Disponível em: https://unesdoc.unesco.org/ark:/48223/pf0000367919. Acesso em: 25 jan. 2024.

GONDIM, Linda. Os ‘governos das mudanças’ no Ceará: um populismo weberiano? In: Encontro Anual da Associação Nacional de Pós-Graduação e Pesquisa em Ciências Sociais (ANPOCS), 19., GT Políticas Públicas, 1995, Caxambu. Anais do XIX Encontro Anual da Associação Nacional de Pós-Graduação e Pesquisa em Ciências Sociais (ANPOCS). Caxambu: ANPOCS, 1995. Disponível em: https://www.anpocs.com/index.php/encontros/papers/19-encontro-anual-da-anpocs/gt-18/gt16-15/7654-lindagondim-modelo/file. Acesso em: 25 jan. 2024.

LIMA, Marcos Antonio Martins; MARINELLI, Marcos (Org.). Epistemologia e Metodologias para a Avaliação Educacional: múltiplas visões e abordagens. Fortaleza: Edições UFC, 2010.

MACHADO, Diego de Queiroz. et al. O modelo metodológico quadripolar em pesquisas qualitativas nas ciências sociais. Caderno de Estudos Sociais, v. 34, n. 1, jan./jul. 2019. Disponível em: https://periodicos.fundaj.gov.br/CAD/article/view/1736/0. Acesso em: 25 jan. 2024.

MAGALHÃES JUNIOR, Antonio Germano; FARIAS, Maria Adalgiza. SPAECE: Uma história em sintonia com avaliação educacional do Governo Federal. Rev. Humanidades, Fortaleza, v. 31, n. 2, p. 525-547, jul./dez. 2016. Disponível em: https://ojs.unifor.br/rh/article/view/6036. Acesso em: 25 jan. 2024.

MARTINS, Edivaldo-César Camarotti; CALDERÓN, Adolfo Ignácio. Eficácia escolar: boas práticas à luz de estudos do governo brasileiro e das agências multilaterais. Revista Diálogo Educacional, Curitiba, v. 19, n. 62, p. 1297-1327, jul./set. 2019. Disponível em: https://periodicos.pucpr.br/%20dialogoeducacional/article/view/25275. Acesso em: 25 jan. 2024.

OLIVEIRA, Ana Cristina; WALDHELM, Andrea Paula Souza. Liderança do diretor, clima escolar e desempenho dos alunos: qual a relação? Ensaio: Avaliação e Políticas Públicas em Educação. Rio de Janeiro, v. 24, n. 93, p. 824-844, out./dez. 2016. Disponível em: https://www.scielo.br/j/ensaio/a/TMF3N6pRVcXnjd3Zm9wQBZB/#. Acesso em: 25 jan. 2024.

SANTOS, Ullians Eduardo. Percurso histórico do Saresp e as implicações para o trabalho pedagógico em sala de aula.Est. Aval. Educ., São Paulo, v. 26, n. 62, p. 354-385, maio/ago. 2015. Disponível em: http://educa.fcc.org.br/pdf/eae/v26n62/1984-932X-eae-26-62-00354.pdf. Acesso em: 25 jan. 2024.

SCHNEIDER, Sergio; SCHIMITT, Cláudia Job. O uso do método comparativo nas Ciências Sociais. Cadernos de Sociologia, Porto Alegre, v. 9, p. 49-87, 1998. Disponível em: https://www.ufrgs.br/pgdr/wp-content/uploads/2021/12/373.pdf. Acesso em: 25 jan. 2024.

TEODORO, Wanderson Luís. Construindo uma escola eficaz: boas práticas em escolas localizadas em contexto de vulnerabilidade social do município de Águas de Lindóia – São Paulo (Brasil). 2019. 236f. Dissertação (Programa de Pós-Graduação em Educação) – Pontifícia Universidade Católica de Campinas, Campinas-SP. Disponível em: https://repositorio.sis.puc-campinas.edu.br/handle/123456789/15561. Acesso em: 25 jan. 2024.

VIANNA, Heraldo Marelim. Avaliações Nacionais em larga escala: análises e propostas. Estudos em Avaliação Educacional, n. 27, jan-jun/2003. Disponível em: http://educa.fcc.org.br/pdf/eae/v25n60/1984-932X-eae-25-60-00196.pdf. Acesso em: 25 jan. 2024.

VIDAL, Eloísa Maia; VIEIRA, Sofia Lerche. Professores da Educação Básica: perfil e percepções sobre sucesso dos alunos. Revista Estudos em Avaliação Educacional, São Paulo, v. 28, n. 67, p. 64-101, jan./abr. 2017. Disponível em: http://publicacoes.fcc.org.br/index.php/eae/article/view/3936. Acesso em: 25 jan. 2024.

WORTHEN, Blaine Richard; SANDERS, James; FITZPATRICK, Jody. Avaliações centradas em objetivos. In: WORTHEN, Blaine Richard (Org.). Avaliação de Programas: concepções e práticas. São Paulo: Gente, 2004. p. 129-149.

Publicado

2024-03-18

Como Citar

PESSOA, N. de S.; SOUSA, R. C. de; LIMA, M. A. M.; VIDAL, E. M. Avaliação em larga escala nos estados do Ceará e Piauí na visão de especialistas em educação. Revista de Instrumentos, Modelos e Políticas em Avaliação Educacional, [S. l.], v. 5, p. e024003, 2024. DOI: 10.51281/impa.e024003. Disponível em: https://revistas.uece.br/index.php/impa/article/view/12471. Acesso em: 20 jul. 2024.