Escritos e representações de Jandira Pinto: a reformuladora de Pindobal na Paraíba do século XX

Writings and representations of Jandira Pinto: the reformulator of Pindobal in Paraíba in the 20th century

Palavras-chave: Jandira Pinto, Pindobal, Reformuladora

Resumo

O objetivo desse artigo é apresentar a educadora e assistente social Jandira Pinto no contexto dos anos de 1950, focalizando os discursos vinculados no jornal O Norte relacionado a sua atuação na Escola Profissional Presidente João Pessoa (Pindobal). Utilizamos a abordagem teórico-metodológica da Nova História Cultural, bem como da História da Impressa, focalizando os escritos e as representações sobre Jandira Pinto nas páginas do O Norte. Os resultados estão imersos na afirmação de que Jandira Pinto é apresentada no jornal O Norte, como a reformuladora modelo dos métodos correcionais em Pindobal, suas posições pedagógicas e assistenciais para com os chamados “menores desajustados” da sociedade paraibana são baseadas no humanismo e no sincretismo religioso, desenvolvendo relações de confiança, amorosidade e respeito com os jovens internos de Pindobal.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Gabriel Alves do Nascimento, Universidade Federal da Paraíba - UFPB

Mestrando do Programa de Pós-graduação em Educação UFPB. Graduado em Pedagogia com área de aprofundamento em Educação do Campo pela UFPB. Seus textos são publicados nos campos do Ensino, Educação, História da Educação, Imprensa, Gênero, Instituições Escolares e Paradigma Indiciário.

Charliton José dos Santos Machado, Universidade Federal da Paraíba - UFPB

Professor Titular da Universidade Federal da Paraíba/UFPB. Lotado no Departamento de Metodologia da Educação - DME no Centro de Educação/CE. É Bolsista de Produtividade em Pesquisa do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) PQ1-D.  Membro do Comitê de Assessoramento de Educação - CA-ED/CNPq.

Aline Rodrigues de Almeida, Universidade Federal da Paraíba - UFPB

Mestranda do Programa de Pós-graduação em Educação da UFPB. Graduada do curso de Pedagogia pela UFPB. Seus textos são publicados nos campos: Educação Popular, Educação Enquanto Experiencia Comunitária e História da Educação.  

Referências

ABÉLÈS, M. O Racionalismo posto à prova da análise. In: REVEL, Jacques (Org). Jogos de escala: a experiência da micro-análise. Tradução por Dora Rocha. Rio de Janeiro: Editora Fundação Getúlio Vargas, 1998.

ALÓS, A. P. Gênero, epistemologia e performatividade: Estratégias pedagógicas de subversão. Estudos Feministas, Florianópolis, 19(2): 336, maio-agosto/2011.

BARBOSA, M. História cultural da imprensa: Brasil, 1900-2000. Rio de Janeiro: Mauad: X Editora, 2007.

BOGDAN, R. C.; BIKLEN, S. K. Investigação Qualitativa em Educação: Uma introdução à teoria e aos métodos. Tradução de Maria João Avarez, Sara Bahia dos Santos e Telmo Mourinho Baptista. Porto – Portugal: Porto Editora, 1999. (Coleção ciência da educação)

BORGES, V. P. O que é história. 2.ed. São Paulo: Brasiliense,2006.

BRANDENBURG, C.; PEREIRA, A.; FIALHO, L. Práticas reflexivas do professor reflexivo: experiências metodológicas entre duas docentes do ensino superior. Práticas Educativas, Memórias e Oralidades - Rev. Pemo, v. 1, n. 2, 2019. Disponível em: https://revistas.uece.br/index.php/revpemo/article/view/3527. Acesso em: 17 ago. 2019.

CARTAXO, Z. Pindobal Ressurge com Jandira Pinto. O Norte, n. 1286, p. 1, 21 fev. 1954.

CARVALHO, M. de L. Pindobal que eu vi. O Norte, n. 1282, p. 4, 17 fev. 1954.

CARVALHO, O. de. Jandira Pinto e os menores de Pindobal. O Norte, n. 1226, p. 3, 3 dez. 1953.

CHARTIER, R. A história cultural: entre práticas e representações. Tradução por Maria Manuela Galhardo. Lisboa: Difiel, 1990.

CHARTIER, R. A história de hoje: dúvidas, desafios, propostas. In: Estudos históricos. Rio de Janeiro: Publicações ANPOCS, vol. 7 n° 13, mai./jun., 1994.

DINARTE, L. D.; CORAZZA, S. Espaço poético como tradução didática: Bachelard e a imagem da casa. Educação & Formação, v. 1, n. 2, p. 135-148, 2016. Disponível em: https://revistas.uece.br/index.php/redufor/article/view/105. Acesso em: 17 ago. 2019.

JANDIRA Pinto foi a inspiradora da idéia: a academia paraibana de letras permanece de portas hermeticamente fechadas às mulheres intelectuais – Breve, a instalação. O Norte, João Pessoa, n. 1.642, p. 4, 1955.

LEAL, J. A imprensa na Paraíba. João Pessoa/PB. Editora A União, 1962. 85 p.

LIMA, A.; AZEVEDO, M. L. Processo de institucionalização da política nacional e estadual de formação docente: Proposições e resistências no Paraná. Educação & Formação, v. 4, n. 3, p. 124-147, 2019. Disponível em: https://revistas.uece.br/index.php/redufor/article/view/1126. Acesso em: 17 ago. 2019.

LOURO, G. L. Mulheres na sala de aula. In: DEL PRIORE, Mary (Org.). História das mulheres no Brasil. 7 ed. São Paulo: Contexto, 2004. p. 243-281.

MACHADO, C. J. dos S. Mulher e educação: história, práticas e representações. João Pessoa: Editora Universitária, 2006.

MOVIMENTO Literário. A Cruz: Orgão da paróquia São João Baptista, Rio de Janeiro, n. 2.015, p. 3, 23 out. 1955. Disponível em: http://memoria.bn.br/DocReader/docreader.aspx?bib=829706&pasta=ano%20195&pesq=Jandira%20Pinto&pagfis=10182. Acesso em: 12 ago. 2020.

PESAVENTO, S. J. História e história cultural. Belo Horizonte: Autêntica, 2003.

PINSKY, C. B. Mulheres dos anos dourados. São Paulo: Contexto, 2014.

RAMALHO, L. Uma grande mulher no Serv. Social da Paraíba. O Norte, n. 1228, p. 3, 5 dez. 1953.

RODRIGUES, D. S; FRANÇA, M. P. S. G. S. A. A pesquisa documental sócio-histórica. In: MARCONDES, M. I.; TEIXEIRA, E.; OLIVEIRA, I. A. Metodologias e técnicas de pesquisa em educação. Belém: EDUEPA, 2010. p. 55-74.

SILVEIRA, C. Uma vida melhor para os meninos de Pindoba. O Norte, n. 1150, p. 2, 2 set. 1953.

SOARES, C.; VIANA, T. Jovita Alves Feitosa: memórias que contam a história da educação nas prisões cearenses. Educação & Formação, v. 1, n. 1, p. 140-158, 2016. Disponível em: https://revistas.uece.br/index.php/redufor/article/view/96. Acesso em: 17 ago. 2019.

Publicado
2020-09-14
Como Citar
NASCIMENTO, G.; MACHADO, C. J.; ALMEIDA, A. Escritos e representações de Jandira Pinto: a reformuladora de Pindobal na Paraíba do século XX. Práticas Educativas, Memórias e Oralidades - Rev. Pemo, v. 3, n. 1, p. e313816, 14 set. 2020.