Relato de vivências no Pibid

aproximações com a construção docente

Autores

DOI:

https://doi.org/10.47149/pemo.v2i3.3748

Palavras-chave:

Formação docente, PIBID, Inserção profissional

Resumo

O presente artigo tem como objetivo relatar a experiência como bolsista de iniciação à docência (ID) no Programa Institucional de Bolsas de Iniciação à Docência (Pibid) entre os anos 2014 e 2015 no curso de graduação em Pedagogia da Universidade Federal do Ceará e refletir sobre as influências do Programa na atuação docente nos dias atuais. Foi utilizada abordagem qualitativa e realizada pesquisa documental tendo como fonte de dados documentos legais referentes ao Programa, relatórios das atividades anuais e diários de campo. Foram apontados como resultados que o Programa atua na formação docente inicial relacionando teoria e prática, na inserção dos graduandos no lócus profissional estreitando os laços e reflexões sobre a profissão docente que repercutem nas ações docentes atuais.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Gessica Nunes Noronha, Universidade Estadual do Ceará

Professora na Rede Pública Municipal de Fortaleza (CE). Mestranda em Educação no Programa de Pós-graduação em Educação da Universidade Estadual do Ceará (PPGE/UECE).

Arimate Alves Noronha, Universidade Estadual do Ceará

Professor na Rede Pública Municipal de Fortaleza (CE). Mestrando em Educação no Programa de Pós-graduação em Educação da Universidade Estadual do Ceará (PPGE/UECE).

 

Mariana Cristina Alves de Abreu, Universidade Estadual do Ceará

Professora na Rede Pública Municipal de Fortaleza (CE). Doutoranda em Educação no Programa de Pós-graduação em Educação da Universidade Estadual do Ceará (PPGE/UECE).

Referências

ALVES, Roberlúcia Rodrigues. Professores iniciantes egressos do Pibid em ação: aproximações à sua prática profissional. Dissertação (Mestrado em Educação) ─ Programa de Pós-Graduação em Educação, Universidade Estadual do Ceará, Fortaleza, 2017. Disponível em: http://www.uece.br/ppge/download/dissertacoes-por-turma-2015-a-2019/. Acesso em: 15 jul. 2020.

AZZI, Sandra. Trabalho Docente: autonomia didática e construção do saber pedagógico. In: PIMENTA, Selma Garrido (Org.). Saberes pedagógicos e atividade docente. 8ª ed. São Paulo: Cortez, 2012. p. 39-69.

BRASIL. Ministério da Educação. Programa de Bolsa Institucional de Iniciação à Docência - PIBID. Portaria 38/2007. Disponível em: http://portal.mec.gov.br/arquivos/pdf/portaria_pibid.pdf Acesso em: 20 de jul. de 2020.

BRASIL. Ministério da Educação. Regulamento do Programa Institucional de Bolsa de Iniciação à Docência (PIBID). Portaria 096/2013. Disponível em: https://www.capes.gov.br/images/stories/download/legislacao/Portaria_096_18jul13_AprovaRegulamentoPIBID.pdf. Acesso em 20 de jul. de 2020.

BRASIL. Ministério da Educação. Regulamento do Programa Institucional de Bolsa de Iniciação à Docência (PIBID). Portaria 259/2019. Disponível em: https://capes.gov.br/images/novo_portal/documentos/regulamento/19122019_Portaria_259_Regulamento.pdf. Acesso em: 20 jul. 2020.

BRANDT, Andressa Graziele.; HOBOLD, Márcia de Souza. A Prática como componente curricular na disciplina pesquisa e processos educativos do curso de pedagogia: Um diferencial na relação entre pesquisa, teoria e prática. Educação & Formação, v. 4, n. 2, p. 142-160, 2019. Disponível em: https://revistas.uece.br/index.php/redufor/article/view/319/1146. Acesso em: 10 jul. 2020.

CORTELLA, Mario Sergio. A escola e o conhecimento: fundamentos epistemológicos e políticos. 12ª ed. São Paulo: Cortez, 2008. 166p.

DOMINSCHEKI, Desire Luciane; ALVES, Tabata Castro. O PIBID como estratégia pedagógica na formação inicial docente. © Rev. Inter. Educ. Sup. Campinas, SP v.3 n.3 p. 624-644, 2017. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/riesup/article/view/8650626. Acesso em: 10 jul. 2020.

FERREIRO, Emília; TEBEROSKY, Ana. Psicogênese da Língua Escrita. Porto Alegre: Artmed Editora, 1999. 300p.

FRANCO, Maria Amélia Santoro Franco. Para um currículo de formação de pedagogos: indicativos. In: PIMENTA, Selma Garrido. (Org.) Pedagogia e pedagogos: caminhos e perspectivas. São Paulo: Cortez, 2006. p. 99-128.

GATTI, Bernadete et al. Professores do Brasil: Novos Cenários de Formação. Brasília: UNESCO, 2019. 351p.

MACHADO, Maria Beatriz Pinheiro; REGINATO, Lara Moncay. Estágio supervisionado e PIBID na Formação Docente: experiências que se completam. OPSIS, Catalão, v.15, n. 1, p. 136-148, 2015. Disponível em: https://www.revistas.ufg.br/Opsis/article/view/34726/20040 Acesso em: 07 jun. 2020.

MINAYO, Maria Cecília de Souza (Org.). Pesquisa social: teoria, método e criatividade. 21ª ed. Petrópolis: Vozes, 2002. 80p.

NÓVOA, Antonio. Os professores e a sua formação. Lisboa: Dom Quixote, 1992. 158p.

NÓVOA, Antonio. Professores: imagens do futuro presente. Lisboa: Educa, 2009. 95p.

PIMENTA, Selma Garrido. Saberes pedagógicos e atividade docente. 8ª ed. São Paulo: Cortez, 2012. 304p.

SAVIANI, Dermeval. Formação de professores: aspectos históricos e teóricos do problema em contexto brasileiro. Revista Brasileira de Educação. São Paulo, v. 14, n. 40, p. 143-155, 2009. Disponível em: https://www.scielo.br/pdf/rbedu/v14n40/v14n40a12.pdf. Acesso em: 07 jul. 2020.

SILVA, Fabrício Oliveira da. RIOS, Jane Adriana Vasconcelos Pacheco. Narrativas de si na iniciação à docência: o pibid como espaço e tempo formativos. Educação & Formação, Fortaleza, v. 3, n. 8, p. 57-74, 2018. Disponível em: https://revistas.uece.br/index.php/redufor/article/view/270/198. Acesso em: 10 jul. 2020.

SOARES, Magda. Letramento e alfabetização: as muitas facetas. Rev. Bras. Educ. Rio de Janeiro, n. 25, p. 5-17, 2004. Disponível em: https://www.scielo.br/scielo.php?pid=S1413-24782004000100002&script=sci_abstract&tlng=pt. Acesso em: 20 mai. 2020.

TARDIF, Maurice. Saberes docentes e formação profissional. 13ª ed. Petrópolis, Rio de Janeiro: 2012. 328p.

VAILLANT, Denise; MARCELO, Carlos. Ensinando a ensinar: as quatro etapas de uma aprendizagem. Tradução do espanhol: Marcia dos Santos Lopes. Curitiba: Ed: UTFPR, 2012. 242p.

VAZQUEZ, Adolfo Sánchez. Filosofia da práxis. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1977. 448p.

VIGOTSKI, Lev. A formação social da mente: o desenvolvimento dos processos psicológicos superiores. 6 ed. São Paulo: Martins Fontes, 1998. 224p.

Publicado

2020-09-01

Como Citar

NORONHA, G. N.; NORONHA, A. A.; ABREU, M. C. A. de. Relato de vivências no Pibid: aproximações com a construção docente. Práticas Educativas, Memórias e Oralidades - Rev. Pemo, [S. l.], v. 2, n. 3, p. e233748, 2020. DOI: 10.47149/pemo.v2i3.3748. Disponível em: https://revistas.uece.br/index.php/revpemo/article/view/3748. Acesso em: 14 jun. 2024.