Educação Física escolar e multimídias: novos contextos de implementação da BNCC

Autores

Palavras-chave:

Educação Física, BNCC, Tecnologias e multimídias

Resumo

Este artigo apresenta uma discussão teórica, de recortes bibliográficas, que aborda a problematização dos conteúdos da Educação Física (EF), junto com a base nacional comum curricular (BNCC), no ambiente virtual de aprendizagem (AVA) com uso de recursos tecnológicos na plataforma digital, ao mesmo tempo enfatizando o cenário de confinamento social. O objetivo, é apresentar métodos   de recortes, como referência para o um planejamento sistematizado para as aulas de Educação Física, tendo como base as pesquisas recortes bibliográficas da abordagem metodológica da observação participantes e as orientações didáticas do Conselho Federal de Educação Física (CONFEF). O estudo dessa pesquisa abranger as possibilidades de interação com as ferramentas de ensino em âmbito de múltiplas aprendizagens, cooperação dos familiares e dos colegas nas atividades, objetivos da Educação Física no ensino remoto na proposta da BNCC, ações governamentais no confinamento social no ensino a distância (EAD), perfil do aluno digital na (BNCC), a importância da contribuição da sequência didática na Educação Física e os resultados e discussões da (LDB) na Educação Física. A conclusão que os ensinamentos nas plataformas digitais abrangem recursos estratégicos, de forma que garantir um ensino qualitativo, a BNCC incluiu no escopo da formação básica um grande enfoque em tecnologia, considerando a necessidade cada vez maior de formar cidadãos com letramento digital no conteúdo da Educação Física.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Vinicius Souza de Almeida, UNINI/PORTO/RICO

Graduado em Educação Física (UNINOVE). Graduado em Pedagogia (UNINOVE), Pós-Graduado em Docência em Ensino Superior, Mestrado UNINI/PORTO/RICO.

Olga Aparecida da Silva Martins, UNINI/PORTO/RICO

Graduada em Pedagogia pela UNISEPE. Pós-graduada em Gestão Escolar Integradora. Mestranda UNINI/PORTO/RICO

Mathaus Nathan Moura Duarte, UNIMB. UNINI/MEX

Bacharel em Direito (UNIMB).  Pós-Graduado em Direito Público (UNIMB). Pós-Graduado em Docência do Ensino Superior (UNIMB). Pós-Graduado em Direito Constitucional e Administrativo (UNIMB). Mestrando em Educação (UNINI/MEX)

Referências

ALARCÃO, Isabel. Professores reflexivos em uma escola reflexiva. São Paulo: 2011.

ARAÚJO, Patrícia Kricheldorf Hermes de; PILLOTO, Silvia Sell Duarte. As redes sociais como possibilidade de aprendizagem no currículo e nas construções identitárias no contexto da educação infantil. Currículo sem Fronteiras, v. 13, p. 20-34, 2013.

ARROYO, M. Corpos Resistentes Produtores de Cultura Corporal: Haverá Lugar Na Base Nacional Comum? Motrivivência, v. 28, n.48. p. 15-31, 2016.

ALMEIDA, F.J; FRANCO, M.G. Tecnologias para educação e políticas Curriculares de estudo. Pesquisa sobre o uso das tecnologias de informação e comunicação nas escolas brasileiras: TIC Educação 2013 [livro eletrônico] – 1. Ed. São Paulo: Comitê Gestor da Internet no Brasil, 2014 p.49. Disponível em: http://.cetic.br/media/docs/publicacoes/2/tic-educacao-2013.pdf. Acesso em: 09 maio. 2021.

BETTI, M.; GOMES da SILVA, P.N. Corporeidade, jogo, linguagem: a Educação Física nos anos iniciais do Ensino Fundamental. São Paulo: Cortez, 2018 p.61.

BRASIL. Ministério da Educação e Cultura. LDB – Lei n° 9394/96, de 20 de dezembro de 1996. Estabelece as diretrizes e bases da Educação Nacional. Brasília: MEC, 1996.

BRASIL. Ministério da Educação. Base Nacional Comum Curricular / Ministério. Secretaria de Educação Básica Diretório de Currículos e Educação Integral. Brasília: MEC, 2017.

CALLAI, A. N. A; PICOLLO BECKER, E; SAWITZKI, R. L. Considerações acerca da Educação Física escolar a partir da BNCC. Conexões, v. 17, p. E 019022, 11 dez, 2019.

FERREIRA JUNIOR, J. R.; OLIVEIRA, M. R. Educação Física escolar e tecnologias digitais de informação e comunicação na Base Nacional Curricular Comum… Como é que se conecta!!? Motrivivência v. 28, n. 48, p. 150-167, 2016.

OLIVEIRA, Maria Marly de. Sequência Didática Interativa no Processo de Formação de Professores. Petrópolis/ RJ: Vozes, 2013.

PERRENOUD, Philippe. Construir as competências desde a escola. Porto Alegre: Artes Médicas Sul, 1999.

RODRIGUES, A. T. Base Nacional Comum Curricular para área de Linguagens e o componente Curricular Educação Física. Motrivivência, v. 28, p. 32 – 41, 2016.

SILVA, Robson José de Moura. et al. As contribuições da sequência didática na educação física escolar: relato de experiência com a modalidade esportiva badminton no ensino fundamental. Revista Científica Multidisciplinar Núcleo do Conhecimento. v. 4, ed. 6, v. 3, pp.05-18. 2019.

ZAMBON, M. C. Base Nacional Comum Curricular e o impacto nos processos Avaliativos do Inep DA Educação Superior. In: 3º Simpósio avaliação da educação superior 05 e 06 de setembro de 2017, Florianópolis. Anais… Florianópolis: Avalie 2017, UFSC.

BIANCHI, Paula. Formação em mídia-educação (física): ações colaborativas na rede municipal de Florianópolis/Santa Catarina. Dissertação (Mestrado em Programa de Pós-Graduação em Educação Física) – Centro de Desportos, Universidade Federal de Santa Catarina, 2009.

Publicado

2021-08-11

Como Citar

Almeida, V. S. de ., Martins, O. A. da S. ., & Duarte, M. N. M. . (2021). Educação Física escolar e multimídias: novos contextos de implementação da BNCC. Ensino Em Perspectivas, 2(4), 1–18. Recuperado de https://revistas.uece.br/index.php/ensinoemperspectivas/article/view/6414

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)