Um primeiro olhar sobre A Short Treatise Of The Description Of The Sector

Autores

DOI:

https://doi.org/10.30938/bocehm.v9i26.8034

Palavras-chave:

Instrumentos matemáticos, História da matemática, John Worgan

Resumo

Pesquisas envolvendo tratados matemáticos dos séculos XVI e XVII estão em expansão no Brasil. Dentre os tratados matemáticos dessa época, está o A short treatise of the description of sector..., de autoria desconhecida, publicado e vendido, em Londres, por John Worgan, em 1697, final do século XVII. Desse modo, o tema deste artigo toma como base esse documento, em que o autor aborda a construção e o uso do instrumento chamado setor. Com isso, objetiva-se descrever o contexto em que ele foi elaborado, a organização do tratado A short treatise of the description of the sector... e dar um panorama do instrumento denominado setor, abordado nesse estudo. A metodologia utilizada, neste artigo, apoia-se em uma pesquisa documental, na qual explorou-se o contexto de elaboração do tratado e a organização do estudo, além de apresentar um quadro geral do instrumento que ele aborda. Portanto, conclui-se que o tratado foi desenvolvido em meio a um cenário de valorização da matemática prática e que sua organização, dividida em capítulos, segue uma sequência bem definida, de maneira a repassar os conhecimentos acerca do instrumento matemático descrito, tendo, assim, uma possível aplicação do setor como recurso didático, em vista dos conhecimentos incorporados nele.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Francimar Miguel da Silva Junior, Universidade Estadual do Ceará - UECE

Graduando no curso de Licenciatura em Matemática pela Universidade Estadual do Ceará. Atualmente é bolsista de iniciação científica e membro do Grupo de Pesquisa em Educação e História da Matemática (GPEHM). Desenvolve projeto na área da Educação Matemática, com ênfase em História de Matemática.

Andressa Gomes dos Santos, Universidade Estadual do Ceará - UECE

Possui graduação em Matemática pela Universidade Estadual do Ceará (2019), mestrado pelo Programa de Pós-graduação em Ensino de Ciências e Matemática pelo Instituto Federal de Educação Ciência e Tecnologia do Ceará (2022) e é membro do Grupo de Pesquisa em Educação e História da Matemática. Tem experiência na área de Matemática, com ênfase em ensino de Matemática.

Ana Carolina Costa Pereira, Universidade Estadual do Ceará - UECE

Possui graduação em Licenciatura em Matemática pela Universidade Estadual do Ceará, mestrado em Educação Matemática pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, doutorado em Educação pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte e pós-doutorado em Educação Matemática pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo. Atua como docente adjunta do curso de Licenciatura em Matemática e do Programa de Pós-graduação em Educação, ambos da Universidade Estadual do Ceará; e do Programa de Pós-Graduação de Ensino em Ciências e Matemática do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Ceará. Ela é Coordenadora do Curso de licenciatura em Matemática, modalidade semi-presencial da UECE/EAD, Coordenadora da área da Matemática do Projeto Areninha junto a Secretaria de Educação do Município de Fortaleza, líder do Grupo de Pesquisa em Educação e História da Matemática (GPEHM) e editora do Boletim Cearense de Educação e História da Matemática (BOCEHM). Tem experiência na área de Educação Matemática, com ênfase em História de Matemática, atuando principalmente na formação de professores de matemática e na interface entre história e ensino de matemática.

Referências

A SHORT treatise of the description of the sector wherein is also shown the great use of that excellent instrument, in the solution of several mathematical problems. London: John Worgan, 1697.

CORMACK, Lesley B. Mathematics for Sale: mathematical practitioners, instrument makers, and communities of scholars in sixteenth-century london. In: CORMACK, Lesley B.; WALTON, Steven A.; SCHUSTER, John A. (ed.). Mathematical Practitioners and the Transformation of Natural Knowledge in Early Modern Europe. Cham: Springer, 2017. p. 69-85.

DIGGES, Thomas. Alae Seu Scalae Mathematicae. London: Anno Domini, 1573.

EUCLIDES. Elementos de Euclides. São Paulo: Fundação Editora da UNESP, 2009, 593 p. Tradução de: Irineu Bicudo.

GUNTER, Edmund. The Description and use of the sector. The Crosse-staffe and other instruments, For such as are studious of Mathematicall practise. London: William Jones, 1623.

HARKNESS, Deborah E. The Jewel House: elizabethan London and the scientific revolution. London: Yale University Press, 2007.

HOOD, Thomas. The use of the Two Mathematicall Instruments, the Crosse-Staffe (differing from that in common use with the mariners:) And the Jacobs Staffe: set forth dialogue wise in two treatises: the one most commodious for the mariner, the other profitable for the surveyor to take the length, height, depth or breadth of anything measurabl. London: Richard Field, 1595.

KRIPKA, Rosana Maria Luvezute; SCHELLER, Morgana; BONOTO, Danusa de Lara. Pesquisa Documental: considerações sobre conceitos e características na Pesquisa Qualitativa. IN: CONGRESSO IBERO-AMERICANO EM INVESTIGAÇÃO QUALITATIVA, 4., 2015, Aracaju. Anais. Aracaju: Ludomedia. 2015. P. 243-247

LYNAM, Edward. English Maps and Map-Makers of the Sixteenth Century. The Geographical Journal, [S.I.], v. 116, n. 1, p. 7-25, set. 1950.

OUGHTRED, William. The Circles of Proportion and the Horizontal Instrvment. London: Augustine Mathewes, 1633.

PEREIRA, Ana Carolina Costa. Um levantamento de pesquisas brasileiras envolvendo instrumentos matemáticos a partir de estudos publicados no SNHM. Actio: docência em ciências, Curitiba, 2022. (No prelo).

SAITO, Fumikazu. History of Mathematics and History of Science: Some remarks concerning contextual framework. Revista Educação Matemática Pesquisa, São Paulo, v. 14, n. 3, p. 363-385, dez. 2012.

SAITO, Fumikazu. Instrumentos e o "saber-fazer" matemático no século XVI. Revista Tecnologia e Sociedade, [S.L.], v. 9, n. 18, p. 1-12, 13 dez. 2013. Universidade Tecnologica Federal do Parana (UTFPR). http://dx.doi.org/10.3895/rts.v9n18.2627.

SAITO, Fumikazu. Instrumentos matemáticos dos séculos XVI e XVII na articulação entre história, ensino e aprendizagem de matemática. Revista de Matemática, Ensino e Cultura, Natal, v. 16, n. 9, p.25-47, maio 2014. Disponível em: https://www.researchgate.net/publication/272623103_Instrumentos_matematicos_dos_seculos_XVI_e_XVII_na_articulacao_entre_historia_ensino_e_aprendizagem_de_matematica. Acesso em: 12 fev. 2018.

SAITO, Fumikazu. História da matemática e suas (re) construções contextuais. São Paulo: Livraria da Física, 2015.

Downloads

Publicado

2022-05-31

Como Citar

JUNIOR, F. M. da S.; SANTOS, A. G. dos; PEREIRA, A. C. C. Um primeiro olhar sobre A Short Treatise Of The Description Of The Sector. Boletim Cearense de Educação e História da Matemática, [S. l.], v. 9, n. 26, p. 374–385, 2022. DOI: 10.30938/bocehm.v9i26.8034. Disponível em: https://revistas.uece.br/index.php/BOCEHM/article/view/8034. Acesso em: 18 ago. 2022.

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)

<< < 1 2 3 4