A potente reflexividade das crianças

Autores

Palavras-chave:

Crianças, Narrativas, Reflexividade

Resumo

O principal objetivo desta pesquisa foi evidenciar e discutir a reflexividade das crianças através de suas narrativas. É um excerto da pesquisa de iniciação científica que enfocou as narrativas sobre ser criança, cujos procedimentos metodológicos foram inspirados nas investigações de Lani-Bayle (2018), com a utilização de um boneco representando um extraterrestre que visita a escola, rodas de conversas coletivas, gravadas e transcritas. O lócus foi um Centro de Educação Infantil, em um município da região norte do estado do Ceará, com crianças do Infantil V. Utilizamos conceitos de autores, tais como, Passeggi (2014), Ariès (1981), Coêlho e Souza (2018), Brostolin e Azevedo (2020), Costa e Astigarraga (2020). No excerto da pesquisa, destacamos duas narrativas reflexivas de crianças. Foi possível perceber a potente reflexividade das crianças em suas narrativas, demonstrando que elas precisavam ser ouvidas.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Antonio Morais da Costa, Universidade Estadual Vale do Acaraú (UVA)

Graduado em Pedagogia pela Universidade Estadual Vale do Acaraú (UVA). Membro do Grupo de Estudos e Pesquisas (Auto)biográficas (GEPAS).

Andrea Abreu Astigarraga, Universidade Estadual Vale do Acaraú (UVA)

Doutora em Educação pela Universidade Federal do Ceará (UFC). Coordenadora do Grupo de Estudos e Pesquisas (auto)biográficas  (GEPAS).

Referências

ARIÈS, Philippe. História social da criança e da família. 2 ed. Rio de Janeiro: Editora LTC, 1981.

BROSTOLIN, M. R; AZEVEDO, A. P. Z. A participação da criança na pesquisa: entre possibilidades e limites. Revista Pedagógica, v. 23, p. 1-19, 2021. Disponível em: https://bell.unochapeco.edu.br/revistas/index.php/pedagogica/article/view/5780 Acesso em: 15 jun. 2021.

COÊLHO, Patrícia Júlia Souza; SOUZA, Elizeu Clementino de. Narrativas de crianças sobre a escola rural: experiências e aprendizagens. In: PASSEGGI ET AL (Orgs.). Pesquisa (auto) biográfica em educação infâncias e adolescências em espaços escolares e não escolares. Natal, RN: EDUFRN, 2018.

COSTA, Antonio Morais da; ASTIGARRAGA, Andrea Abreu. A narrativa (auto)biográfica de crianças em pesquisas educacionais. In: V Seminário luso-brasileiro de educação infantil / II Congresso luso-afro-brasileiro de infâncias e educação - São Paulo, 2020. Disponível em: https://www.doity.com.br/anais/clabie2019/trabalho/132020. Acesso em: 05 mar. 2021.

COSTA, Antonio Morais da; ASTIGARRAGA, Andrea Abreu. As narrativas sobre ser criança: do desencanto ao encantamento em trajetória de acadêmico a pesquisador. Revista Pedagógica, v. 23, p. 1-21, 2021.

DEMARTINI, Zeila de Brito Fabri. Diferentes infâncias, diferentes questões para a pesquisa. In: FILHO, Altino José Martins; PRADO, Patrícia Dias (Orgs.). Das pesquisas com crianças à complexidade da infância. Campinas, SP: Autores Associados, 2011.

LANI-BAYLE, Martine. A criança e sua história. Por uma clínica narrativa. Trad. Maria da Conceição Passeggi, Sandra Maia Vasconcelos. Natal: EDUFRN, 2018.

MATINS FILHO, Altino José Martins. Jeitos de ser criança: balanço de uma década de pesquisas com crianças apresentadas na Anped. In: FILHO, Altino José Martins; PRADO, Patrícia Dias (Orgs.). Das pesquisas com crianças à complexidade da infância. Campinas, SP: Autores Associados, 2011.

PASSEGGI, Maria da Conceição. Nada para a criança, sem a criança: o reconhecimento de sua palavra para a pesquisa (auto)biográfica. In: MIGNOT, Ana Chrystina; SAMPAIO, Carmen Sanches; PASSEGGI, Maria da Conceição (Orgs.). Infância, aprendizagem e exercício da escrita. Curitiba: CRV, 2014.

PASSEGGI, Maria et al. Narrativas autobiográficas com crianças na pesquisa qualitativa em educação: reflexões sobre procedimentos de análise. CIAIQ 2017, v. 1, 2017.

SANTOS, L. S. dos. O que a escuta das crianças revela sobre os currículos praticados na Educação Infantil?. Ensino em Perspectivas, v. 2, n. 2, p. 1–12, 2021. Disponível em: https://revistas.uece.br/index.php/ensinoemperspectivas/article/view/5119. Acesso em: 21 jul. 2021.

SANTOS, Solange Estanislau dos; MACEDO, Elina Elias de. O/a pesquisador/a como adulto/a atípico e os desafios das pesquisas com crianças. Humanidades & Inovação, v. 7, n. 28, p. 249-259, 2020. Disponível em: https://revista.unitins.br/index.php/humanidadeseinovacao/article/view/2157 Acesso em: 05 jun. 2021.

SOUZA, Rosely Monte; ASTIGARRAGA, Andrea Abreu; Infâncias: uma abordagem envolvendo literatura, cinema e a vida real. Rev. Pemo, Fortaleza, v. 2, n. 2, 2020. Disponível em: https://revistas.uece.br/index.php/revpemo/article/view/3578b Acesso em: 05 jun. 2021.

Publicado

2021-07-21

Como Citar

Costa, A. M. da ., & Astigarraga, A. A. . (2021). A potente reflexividade das crianças. Ensino Em Perspectivas, 2(3), 1–12. Recuperado de https://revistas.uece.br/index.php/ensinoemperspectivas/article/view/5990

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)