Sequência Fedathi, H5P e Papiro de Rhind para a promoção do ensino de Matemática

Autores

DOI:

https://doi.org/10.30938/bocehm.v9i26.8033

Palavras-chave:

Sequência Fedathi, Potenciação, Vídeo Interativo, Ensino de Matemática, História da Matemática

Resumo

Este trabalho é uma alternativa para a promoção do ensino de Matemática, com a temática potências, para turmas de 9° ano do ensino fundamental, em uma escola localizada em Canindé-CE, em período de ensino remoto, por meio do H5P e a utilização do problema 79 do Papiro de Rhind. Assim, tem-se como objetivo ilustrar o uso do Problema 79 do Papiro de Rhind para a promoção do ensino de potências, fundamentado pela Sequência Fedathi por meio da ferramenta interativa H5P. A pesquisa é norteada pela ação docente pautada na proposta metodológica Sequência Fedathi. A coleta de dados se deu por meio da plataforma Moodle Multimeios e averiguou que é possível um problema de texto original em uma ferramenta digital, com o amparo de uma metodologia de ensino, promover o ensino de Matemática. Portanto, incentiva-se o uso de textos originais e ferramentas digitais, com o aporte teórico da Sequência Fedathi, possibilitando outras formas de ensino que busquem o aprendizado dos estudantes.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Carlos Henrique Delmiro de Araújo, Secretaria Municipal da Educação de Canindé

Carlos Henrique Delmiro de Araújo possui licenciatura em Matemática pelo Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia - IFCE (2016) e especialização em Ensino de Matemática pela Universidade Cândido Mendes - UCAM (2018). Desde 2019 é professor efetivo da rede municipal de Canindé. É pesquisador colaborador do Laboratório de Pesquisa Multimeios - MM (FACED/UFC), certificado pelo CNPq. Possui experiência acadêmica em Educação Matemática, desenvolvendo pesquisas para o ensino da matemática com embasamento metodológico da Sequência Fedathi.

Hermínio Borges Neto, Universidade Federal do Ceará

Doutorado em Matemática pela Associação Instituto Nacional de Matemática Pura e Aplicada (IMPA) em 1979. Atualmente é Professor Titular da Universidade Federal do Ceará, lotado no Laboratório de Pesquisa Multimeios da Faculdade de Educação. Publicou 51 artigos em periódicos especializados e 146 trabalhos em anais de eventos. Possui 33 capítulos de livros e 9 livros publicados. Possui 7 softwares. Orientou 49 dissertações de mestrado e co-orientou 9, orientou 40 teses de doutorado e co-orientou 1, e supervisionou 9 estágios de Pós-doutorado na área de Educação. Recebeu 4 prêmios e/ou homenagens. Atua na área de tecnologias digitais na Educação, com ênfase em EaD e inclusão digital e em Ensino de Matemática. Em suas atividades profissionais interagiu com 78 colaboradores em co-autorias de trabalhos científicos. Em seu currículo Lattes, os termos mais frequentes na contextualização da produção científica, tecnológica e artístico-cultural são: Sequência Fedathi, Ensino de Matemática, Raciocínio Matemático, Ambientes de aprendizagem, Ambiente virtual de ensino, Educação a distância, Colaboração, Tecnologias na Educação e Inclusão Digital. Realizou estágios pos-doutorais no IMPA, até 1988, Université Paris VII, França, em 1996-1997 e Université TÉLUQ, Canadá, em 2020-2021. Atualmente, coordena, na UFC, o programa UAB/CAPES, com mandato de out.2021 a set.2025

Referências

ARAÚJO, Carlos Henrique Delmiro de; MENEZES, Daniel Brandão; BORGES NETO, Hermínio. Sequência Fedathi e o Papiro de Rhind: o caso do problema 79. Boletim Cearense de Educação e História da Matemática, [S.L.], v. 7, n. 19, p. 41-56, 11 abr. 2020. DOI: http://dx.doi.org/10.30938/bocehm.v7i19.2757. Disponível em: https://revistas.uece.br/index.php/BOCEHM/article/view/2757. Acesso em: 09 jan. 2022.

BORGES NETO, Henrique. Uma proposta lógico-construtiva-dedutiva para o ensino de Matemática. 2016. Tese (Ascenção a Professor Titular) – Faculdade de Educação, Universidade Federal do Ceará, Fortaleza, 2016.

BRASIL. Ministério da Educação. Base Nacional Comum Curricular. Base Nacional Curricular Comum. Brasília: Fundação Carlos Alberto Vanzolini, 2018. 598 p. Disponível em: http://basenacionalcomum.mec.gov.br/images/BNCC_EI_EF_110518_versaofinal_site.pdf. Acesso em: 18 jan. 2022.

CHACE, Arnold Buffum; MANNING, Henry Parker; ARCHIBALD, Raymond Clare. The Rhind Mathematical Papyrus: british museum 10057 and 10058. Oberlin: Mathematical Association of America, 1927.

EVES, Howard. Introdução à História da Matemática. 5. ed. Campinas: Editora da Unicamp, 2011. 848 p. Tradução de: Hygino Hungueros Domingues.

FERRAZ, Ana Paula do Carmo Marcheti; BELHOT, Renato Vairo. Taxonomia de Bloom: revisão teórica e apresentação das adequações do instrumento para definição de objetivos instruciona. Gestão e produção, São Carlos, v. 17, n. 2, p. 421-431, 2010. Disponível em: https://www.scielo.br/scielo.php?pid=S0104-530X2010000200015&script=sci_abstract&tlng=pt. Acesso em: 22 jul. 2020.

GENONIMO, Rafael Rix; SAITO, Fumikazu. O Papiro de Rhind: um estudo preliminar. Revista de Produção Discente em Educação Matemática, São Paulo, v. 1, n. 1, p. 123-132, jan. 2012. Disponível em: https://revistas.pucsp.br/index.php/pdemat/article/view/9228. Acesso em: 15 fev. 2022.

MENEZES, Daniel Brandão. O ensino do cálculo diferencial e integral na perspectiva da Sequência Fedathi: Caracterização do Comportamento de um Bom Professor. 2018. Tese (Doutorado) – Curso de Pós-graduação em Educação, Faculdade de Educação, Universidade Federal do Ceará, Fortaleza, 2018. Disponível em: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/37124. Acesso em: 08 jan. 2022.

PEREIRA, Ana Carolina Costa et al. Sobre o uso de fontes na disciplina de História da Matemática: problema 56 do papiro de rhind. Revemat: Revista Eletrônica de Educação Matemática, [S.L.], v. 10, n. 2, p. 243-257, 19 jan. 2016. Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). http://dx.doi.org/10.5007/1981-1322.2015v10n2p243. Disponível em: https://periodicos.ufsc.br/index.php/revemat/article/view/1981-1322.2015v10n2p243. Acesso em: 20 fev. 2022.

ROQUE, Tatiana. História da Matemática: uma visão crítica, desfazendo mitos e lendas. Rio de Janeiro: Zahar, 2012. 512 p.

SANTANA, Ana Carmen de Souza. Uma proposta de ciclos formativos em educomunicação baseados na práxis fedathiana: o case do CRID. 2019. Tese (Doutorado) – Curso de Pós-graduação em Educação, Faculdade de Educação, Universidade Federal do Ceará, Fortaleza, 2019. Disponível em: http://www.repositorio.ufc.br/handle/riufc/49097. Acesso em: 09 jan. 2020.

SANTOS, Andressa Gomes dos; FREIRE, Dianara Figueirêdo; PEREIRA, Ana Carolina Costa. Explorando as operações aritméticas no antigo Egito por meio da história da Matemática. Research, Society And Development, [S.L.], v. 10, n. 3, p. 1-14, 4 mar. 2021. DOI: http://dx.doi.org/10.33448/rsd-v10i3.12944. Disponível em: https://rsdjournal.org/index.php/rsd/article/view/12944/11709. Acesso em: 24 fev. 2022.

SILVA, Isabelle Coelho da. Um estudo da incorporação de textos originais para a educação matemática: buscando critérios na articulação entre história e ensino. 2018. Dissertação (Mestrado) - Curso de Ensino de Ciências e Matemática, Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Ceará, Fortaleza, 2018. Disponível em: https://pgecm.fortaleza.ifce.edu.br/wp-content/uploads/2018/11/Disserta%C3%A7%C3%A3o-Isabelle-Coelho-da-Silva.pdf. Acesso em: 27 jan. 2022.

SOUZA, Maria José Araújo. Sequência Fedathi: apresentação e caracterização. In: BORGES NETO, Hermínio et al. Sequência Fedathi: uma proposta pedagógica para o ensino de matemática e ciências. Fortaleza: Edições UFC, 2013. p. 15-48.

Downloads

Publicado

2022-04-11

Como Citar

ARAÚJO, C. H. D. de; BORGES NETO, H. Sequência Fedathi, H5P e Papiro de Rhind para a promoção do ensino de Matemática. Boletim Cearense de Educação e História da Matemática, [S. l.], v. 9, n. 26, p. 16–30, 2022. DOI: 10.30938/bocehm.v9i26.8033. Disponível em: https://revistas.uece.br/index.php/BOCEHM/article/view/8033. Acesso em: 11 ago. 2022.

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)