Abordagem do conceito de limite apresentado por James Stewart e suas contribuições para a aprendizagem e formação de professores de matemática

Autores

DOI:

https://doi.org/10.30938/bocehm.v8i23.4977

Palavras-chave:

Formação Inicial de professores, conceito de limite, ensino, aprendizagem

Resumo

No âmbito da formação inicial de professores, as matrizes curriculares de cursos de licenciatura em matemática são constituídas, predominantemente, por cálculo diferencial e integral em diferentes aspectos e o livro didático assume um papel de destaque na aula de cálculo. Esse trabalho tem por objetivo refletir sobre a abordagem de James Stewart na exposição e construção do conceito de limite, considerando aspectos da tendência em educação matemática, resolução de problemas. Em cursos de licenciatura é importante considerar o ensino de limite norteado pelas concepções humanísticas de formação de professores. O estudo mostra-se relevante, por permitir refletir sobre abordagens e pressupostos relacionados ao conceito de limite apresentados por James Stewart no livro Cálculo Volume I, observando suas contribuições para a formação de professores de matemática. De natureza qualitativa e abordagem exploratória, o estudo realizou observações e descrição do conceito de limite apresentado no livro estudado. Destaca-se o problema da tangente como uma motivação para iniciar as discussões sobre a teoria de limites, o problema de velocidade e o estudo de limite de funções reais. A partir da abordagem desse conteúdo, foi possível concluir que uma das estratégias utilizadas por James Stewart, teve como base a resolução de problemas, contudo observou-se no texto a presença de elementos que indicam uma preocupação do autor com aspectos pedagógicos, principalmente a indicação de leituras complementares, aplicações de tecnologia elementos históricos e modelagem, evidenciando a influência de tendências em educação matemática para a promoção dos processos de ensino e aprendizagem de limite.

Palavras-chave: Formação inicial de professores; conceito de limite; ensino; aprendizagem.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

João Nunes de Araújo Neto, Universidade de São Paulo

Possui Licenciatura em Matemática pela Universidade Regional do Cariri - URCA. Mestrado em Matemática com ênfase em Teoria das Singularidades pela Universidade Federal do Ceará - UFC e Doutorado em Matemática, com ênfase em Análise Geométrica pela Universidade de São Paulo - USP. Atualmente é professor do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Ceará, atuando principalmente na área de formação inicial de professores de matemática, trabalhando com Calculo Diferencial e Integra I, II, III e IV; Equações Diferenciais; Análise Real e Álgebra Linear; tem interesse nos seguintes temas: Modelagem Matemática como tendência da Educação Matemática; Tecnologias no ensino de Matemática; Formação inicial e continuada de professores de Matemática. Membro do Grupo Interdisciplinar de Pesquisa em Ensino e Aprendizagem junto ao CNPq e certificado pelo IFCE. Coordenador da linha de pesquisa Práticas de Ensino e Aprendizagem em Ciências e Matemática na Educação Básica, Técnica e Tecnológica.

Francisco José de Lima, Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Ceará

Doutor em Educação pela Universidade Metodista de Piracicaba (UNIMEP). Professor do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Ceará (IFCE) campus Cedro

Damião Evandro Barbosa de Sousa, Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Ceará

Especialista pela Faculdade de Ciências Administrativas e de Tecnologia (FATEC), Professor da escola Dr. João Gonçalves de Souza

Referências

LOPES, Jairo de Araujo. Livro didático de matemática: concepção, seleção e possibilidades frente a descritores de análise e tendências em educação matemática. 2000. 264 p. Tese (doutorado) - Universidade Estadual de Campinas. Faculdade de Educação, Campinas, SP. Disponível em: <http://www.repositorio.unicamp.br/ handle/REPOSIP/253415>. Acesso em: 11 junho 2020.

PRAÇA, F. S. G. Metodologia da pesquisa científica: organização estrutural e os desafios para redigir o trabalho de conclusão. Revista Eletrônica Diálogos Acadêmicos, v. 8, n. 1, p. 72–87, 2015. Disponível em: http://www.uniesp. edu.br/sites/_biblioteca/revistas/20170627112856.pdf. Acesso em: 11 junho 2020.

STEWART, J. Cálculo – Volume I. Tradução da 7ª Edição Norte-Americana. 7. ed. São Paulo: Cengage Learning Edições Ltda, 2013.

SANTOS, Vanessa dos Anjos.; MARTINS, Liziane. A importância do livro didático. Candombá–Revista Virtual, v. 7, n. 1, p. 20–33, 2011. Disponível em: http://revistas.unijorge.edu.br/Portal/index.php/Candomba/about/pdf. Acesso em: 11 junho 2020.

WATSON, HG. As muitas partes de James Stewart. Revista DailyXtra - Publicado em 10 de dezembro de 2014. Disponível em: https://web.archive.org/web/2014121323 2150/http://dailyxtra.com/toronto/life/proud-lives/the-many-parts-james-stewart-96867. Acesso em: 12 jan. 2021.

Downloads

Publicado

2021-06-17

Como Citar

ARAÚJO NETO, J. N. de .; LIMA, F. J. de; SOUSA, D. E. B. de. Abordagem do conceito de limite apresentado por James Stewart e suas contribuições para a aprendizagem e formação de professores de matemática. Boletim Cearense de Educação e História da Matemática, [S. l.], v. 8, n. 23, p. 1139–1154, 2021. DOI: 10.30938/bocehm.v8i23.4977. Disponível em: https://revistas.uece.br/index.php/BOCEHM/article/view/4977. Acesso em: 11 ago. 2022.

Edição

Seção

GT07 - Formação de Professores que ensinam Matemática