Tecnologias digitais na formação de professores

um panorama de pesquisas apresentadas no encontro nacional de educação matemática

Autores

DOI:

https://doi.org/10.30938/bocehm.v8i23.4868

Palavras-chave:

Percursos formativos; Formação inicial; Tecnologias digitais; Educação matemática. Tecnologias

Resumo

As Tecnologias Digitais (TD) têm sido incorporadas a diferentes contextos e campos da atividade humana. Diante da importância da informação na sociedade atual, nota-se a necessidade de priorizar espaços dialógicos, na formação de professores, que possibilitem reflexões sobre a compreensão, a utilização e a exploração de recursos tecnológicos articulados à prática de ensino. Nessa perspectiva, este trabalho tem como objetivo analisar pesquisas sobre o uso das tecnologias digitais e a formação inicial de professores de matemática a partir de trabalhos publicados no Encontro Nacional de Educação Matemática (ENEM). O estudo caracteriza-se como uma pesquisa de natureza qualitativa, de cunho bibliográfico-descritivo e os dados foram construídos a partir de 46 trabalhos selecionados em Anais das últimas cinco edições do ENEM. O levantamento das publicações foi sistematizado em três eixos de análises (Tecnologias Digitais Educacionais como ferramentas pedagógicas, o ensino de matemática e a utilização dos recursos tecnológicos e a implicação da utilização de recursos tecnológicos na formação inicial de professores) cujos resultados permitiram tecer reflexões quanto às potencialidades do uso de tecnologias digitais na formação docente, observando a necessária articulação e incorporação desses recursos no processo de aprendizagem da docência. Assim, faz-se necessária a proposição de novas estratégias para o ensino, em especial o ensino de matemática, destacando a utilização de softwares, reconhecendo que isso não implica na extinção de outros métodos e recursos de ensino, pelo contrário, agrega outras possibilidades pedagógicas para o trabalho do professor, com vistas na melhoria dos processos de ensino e aprendizagem. Além disso, no cenário atual, os processos formativos precisam vincular tecnologias digitais às matrizes curriculares, possibilitando aos futuros professores o desenvolvimento de outras perspectivas de trabalho, reconhecendo que mesmo diante de avanços ainda há um longo caminho a se percorrer para que de fato haja integração das tecnologias às práticas de ensino. Por meio desse estudo, inferimos que o uso das tecnologias digitais requer momentos de reflexões sobre as concepções e modos de uso que se faz com eles.

Palavras-chave: Percursos formativos; Formação inicial; Tecnologias digitais; Educação matemática. Tecnologias.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Elieudo Nogueira Silva, Universidade Estadual do Ceará

Especialista em Matemática pela Universidade Aberta do Brasil (UAB). Docente do Curso de Matemática na Faculdade de Educação, Ciências e Letras de Iguatu (FECLI)

Francisco José de Lima, Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Ceará - Campus Cedro

Doutor em Educação pela Universidade metodista de Piracicaba (UNIMEP). Professor no Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Ceará (IFCE – Campus Cedro)

Referências

ABRAMCZUK, C. et al. Metodologia científica: análise e reflexão sobre a eficácia dos resumos de artigos acadêmicos. Perspectivas em Gestão & Conhecimento, v. 2, n. 1, p. 170-181, 2012. Disponível em: < https://dialnet.unirioja.es/servlet/articulo?codigo=4264169> Acesso em: 15 mai. 2020.

ALCÂNTARA, L. A. G.; DULLIUS, M. M. Formação continuada de professores para a utilização das tecnologias nas aulas de matemática: ancorada na prática e apoiada no mentoring. XII ENEM, p. 13. 2016. Disponível em: < http://www.sbembrasil.org.br/enem2016/anais/pdf/4958_2305_ID.pdf> Acesso em: 17 mar. 2020.

ALMEIDA, H. R. F. L. Alunos, professores e as tecnologias digitais no cálculo I da Universidade Aberta do Brasil. XII ENEM, p. 12, 2016. Disponível em: < http://www.sbembrasil.org.br/enem2016/anais/pdf/4845_2274_ID.pdf>. Acesso em: 17 mar. 2020.

ANDRADE, P. M. F.; SILVA, A. A. Uso tecnologias digitais no ensino de matemática: crenças e possibilidades. XIII ENEM, p. 15, 2019. Disponível em: <https://sbemmatogrosso.com.br/xiiienem/anais.php>. Acesso em: 23 mar. 2020.

BARDIN, L. Análise de conteúdo. Lisboa: Edições 70, 2009.

BITTAR, M. A abordagem instrumental para o estudo da integração da tecnologia na prática pedagógica do professor de matemática. Educ. rev. [online]. 2011, n.se1, pp.157-171. ISSN 0104-4060. Disponível em:< https://www.scielo.br/pdf/er/nse1/11.pdf> Acesso em: 13 mai. 2019.

BONA, A. S. et al. Aprendizagem cooperativa mediada pelas tecnologias digitais online através de problemas matemática. XI ENEM, p. 15, 2013. Disponível em: <http://sbem.iuri0094.hospedagemdesites.ws/anais/XIENEM/pdf/1066_387_ID.pdf >. Acesso em: 20 mai. 2020.

CASTRO, A. L. A formação de professores de matemática para uso das tecnologias digitais e o currículo da era digital. XII ENEM, p. 12, 2016. Disponível em: <http://www.sbembrasil.org.br/enem2016/anais/pdf/6796_3527_ID.pdf>. Acesso em: 13 mar. 2020.

DULLIUS, M. M.; QUARTIERI, M. T. Recursos computacionais nas aulas de matemática. IX ENEM, p. 13, 2007. Disponível em: <http://sbem.iuri0094.hospedagemdesites.ws/anais/ix_enem/Html/comunicacaoCientifica.html>. Acesso em: 20 mai. 2020.

FRIZON, V. et al. A formação de professores as tecnologias digitais. EDUCERCE: XII CONGRESSO NACIONAL DE EDUCAÇÃO, p. 15, 2015. Disponível em: < https://educere.bruc.com.br/arquivo/pdf2015/22806_11114.pdf >. Acesso em: 18 jun. 2020.

GADANIDIS, G.; BORBA, M. C.; SILVA, R. S. R. Fases das Tecnologias Digitais em Educação Matemática: sala de aula e internet em movimento. Autêntica, 2016.

GIL, A. C. Como elaborar projetos de pesquisa. 4º ed. São Paulo: Atlas, 2002.

MALTEMPI, M. V. Educação matemática e tecnologias digitais: reflexões sobre prática e formação docente/Mathematics education and digital technologies: Reflexions about the practice in teacher education. Acta Scientiae, v. 10, n. 1, p. 59-67, 2008. Disponível em: < http://www.periodicos.ulbra.br/index.php/acta/article/view/78/70>. Acesso em: 20 jan. 2020.

MENDES, R. M.; GRANDO, R, C. A utilização do jogo computacional como um recurso didático para a aula de matemática. IX ENEM, p. 18, 2007. Disponível em: <http://sbem.iuri0094.hospedagemdesites.ws/anais/ix_enem/Html/comunicacaoCientifica.html>. Acesso em: 20 mai. 2020.

MORAES, R. Análise de conteúdo. Revista Educação, Porto Alegre, v. 22, n. 37, p. 7-32, 1999. Disponível em: < http://cliente.argo.com.br/~mgos/analise_de_conteudo_moraes.html#_ftn1>. Acesso em: 23 jul. 2020.

NASCIMENTO, E. G. Avaliação do uso do software GeoGebra no ensino de geometria: reflexão da prática na escola. XII Encontro de Pós-Graduação e Pesquisa da Unifor, ISSN, v. 8457, p. 2012, 2010.

OPAS. O potencial das tecnologias da informação de uso frequente durante a pandemia. Departamento de evidência e inteligência para ação em saúde. Disponível em: <https://iris.paho.org/bitstream/handle/10665.2/52023/Factsheet-TICs_por.pdf?sequence=7>. Acesso em: 18 jun. 2020.

PEDRO, J. C. Mapeamento de pesquisas acadêmicas brasileiras sobre tecnologias para o ensino de matemática. XII ENEM, p. 8. 2016. Disponível em: Acesso em: 28 abr. 2020.

PEROVANO, D. C. Manual de metodologia da pesquisa científica [livro eletrônico]. Curitiba: InterSaberes, 2016.

PINTO, R. A. V.; SILVA, G. C. Estado da arte sobre o uso das TDIC ́s nas práticas pedagógicas de professores de matemática: pesquisas de Pós-Graduações Stricto Sensu em Educação e Ensino de Matemática do Estado de Mato Grosso. XIII ENEM, p. 14, 2019. Disponível em: <https://sbemmatogrosso.com.br/xiiienem/anais.php> Acesso em: 28 abr. 2020.

SIPLE, I. Z. As potencialidades das tecnologias no ensino de matemática. X ENEM, p. 11, 2010. Disponível em: <https://atelierdigitas.net/CDS/ENEM10/artigos/CC/T15_CC897.pdf>. Acesso em: 18 mai. 2020.

TOLENTINO, J.; SELLERI SILVA, F. Tendências no ensino de matemática: o uso do software geogebra como mediador do ensino por meio do smartphone. XIII ENEM, p. 8, 2019. Disponível em: <https://www.sbemmatogrosso.com.br/eventos/index.php/enem/2019/paper/view/3133/1311>. Acesso em: 23 mar. 2020.

ZABEL, M. Conhecimentos necessários para a integração das tecnologias na prática docente. XII ENEM, p. 12. 2016. Disponível em: < http://www.sbembrasil.org.br/enem2016/anais/pdf/6930_4358_ID.pdf> Acesso em: 12 mar. 2020.

Downloads

Publicado

2021-06-17

Como Citar

SILVA, E. N.; LIMA, F. J. de. Tecnologias digitais na formação de professores: um panorama de pesquisas apresentadas no encontro nacional de educação matemática. Boletim Cearense de Educação e História da Matemática, [S. l.], v. 8, n. 23, p. 892–905, 2021. DOI: 10.30938/bocehm.v8i23.4868. Disponível em: https://revistas.uece.br/index.php/BOCEHM/article/view/4868. Acesso em: 19 ago. 2022.

Edição

Seção

GT05 – Tecnologias Digitais e Educação a Distância