GRANDEZAS E MEDIDAS: DA ORIGEM HISTÓRICA À CONTEXTUALIZAÇÃO CURRICULAR

  • João Pedro Mardegan Ribeiro Universidade de São Paulo
Palavras-chave: Grandezas e suas unidades de medida; Educação Matemática; História da Matemática

Resumo

O presente artigo tem como finalidade apresentar por meio de uma análise téorico-metodológico a importância dos aspectos das grandezas e suas unidades de medida nas práticas de ensino e aprendizado de matemática, com base em documentos curriculares oficiais brasileiros e também em teóricos da área de educação matemática. O trabalho é dividido entre uma análise crítica dos parâmetros curriculares nacionais do ensino médio e também do ensino fundamental que expõe a importância do aprendizado efetivo das grandezas e suas unidades de medida na educação básica, e também um breve relato histórico acerca da origem das grandezas e a importância que esta teve para o crescimento e evolução da sociedade, percorrendo deste as primeiras manifestações humanas, até os dias de hoje. Este trabalho foi realizado a partir de uma análise bibliográfica na literatura, em obras disponíveis em museus, bibliotecas e em revistas científicas disponíveis virtualmente, e foi desenvolvido por três agentes, uma professora da Universidade de São Paulo, filiada ao grupo de Educação Matemática do Instituto de Ciências Matemáticas e de Computação (ICMC/USP), um aluno de Iniciação Científica, e uma professora da rede pública de ensino, responsável pela elaboração das ilustrações. Em linhas gerais, uma abordagem histórica acerca dos aspectos que norteiam todo um padrão de medidas, pode contribuir na construção do saber para com os alunos, uma vez que estes vão perceber que as grandezas e suas respectivas unidades de medida são de suma importância para a construção da sociedade como um todo, e estão interligadas a todas as atividades humanas.

 

Publicado
2019-12-31