Pesquisas que articulam conhecimentos trigonométricos e algébricos por meio de instrumentos matemáticos

Autores

DOI:

https://doi.org/10.30938/bocehm.v11i32.12412

Palavras-chave:

Instrumentos matemáticos, tratados, álgebra, trigonometria, levantamento bibliográfico

Resumo

Pesquisas que buscam a construção de interfaces entre a história e o ensino de Matemática vêm crescendo no espaço nacional e têm priorizado aspectos que associem as diversas subáreas da matemática, por meio da reconstrução e manuseio de antigos instrumentos matemáticos voltados principalmente para a formação de professores de Matemática. Nesse sentido, esse artigo tem como objetivo conhecer o cenário nacional de pesquisas que articulam conhecimentos algébricos e trigonométricos, por meio de instrumentos matemáticos, no período de 2013 a 2023, momento em que se observa o crescimento de estudos relacionados à interface entre história e ensino de Matemática. Para isso, traçou-se uma pesquisa do tipo qualitativa, bibliográfica e de cunho descritivo, no qual foi realizado um levantamento delineado a partir da primeira fase da Engenharia Didática, as análises preliminares. Para a coleta de materiais, consultou-se programas de pós-graduação de cinco Instituições de Ensino Superior, vinculadas aos pesquisadores do Grupo História e Epistemologia na Educação Matemática - HEEMa e do Grupo de Pesquisa em Educação e História da Matemática – GPEHM, principais fontes sobre pesquisas dessa temática. Das 1.209 dissertações e teses obtidas inicialmente, após os filtros, em apenas 21 estudos observou-se a discussão a respeito de algum instrumento matemático, sendo 15 deles baseados na construção de interfaces entre história e ensino de Matemática. Houve uma predominância de estudos voltados à geometria, e somente em dois foi observada uma articulação de conhecimentos algébricos e trigonométricos, revelando que ainda são poucos os estudos que fazem essa relação, via interface e instrumentos.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Métricas

Carregando Métricas ...

Biografia do Autor

Verusca Batista Alves, Universidade Estadual do Ceará - UECE

Doutoranda em Educação pela Universidade Estadual do Ceará (UECE), possui mestrado em Ensino de Ciências e Matemática pelo Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Ceará (2019) e graduação em Licenciatura em Matemática pela Universidade Estadual do Ceará (2017). Faz parte da diretoria da Sociedade Brasileira de Educação Matemática Regional Ceará (SBEM-CE) (2022-2025). Também, é membro do Grupo de Pesquisa em Educação e História da Matemática (GPEHM) e do grupo editorial do Boletim Cearense de Educação e História da Matemática (BOCEHM) e da Revista Cearense de Educação Matemática (RCeEM). Tem experiência na área de Educação Matemática, com ênfase em História de Matemática, atuando principalmente na formação inicial e continuada de professores de Matemática, com foco na interface entre história e ensino de Matemática.

Referências

ALBUQUERQUE, Suziê Maria de. Um estudo sobre a articulação entre a multiplicação contida no Traité de Gerbert (1843) e o ensino na formação de professores de Matemática. 2019. 145f. Dissertação (Mestrado) – Programa de Pós-Graduação em Ensino de Ciência e Matemática, Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Ceará, Fortaleza, 2019.

ALBUQUERQUE, Suziê Maria; OLIVEIRA, Francisco Wagner Soares; MARTINS, Eugeniano Brito; PEREIRA, Ana Carolina Costa. Pesquisas envolvendo instrumentos históricos matemáticos e a interface entre história e ensino: uma visão dos trabalhos desenvolvidos no GPEHM. Revista BOEM, Florianópolis, v. 6, n. 12, p. 128–144, 2018.

ALMOULOUD, Saddo Ag; SILVA, Maria José Ferreira da. Engenharia didática: evolução e diversidade. Revemat: revista eletrônica de educação matemática, [S.L.], v. 7, n. 2, p. 22, 13 dez. 2012.

ALVES, Verusca Batista. Um estudo sobre os conhecimentos matemáticos mobilizados no manuseio do instrumento círculos de proporção de William Oughtred. 2019. 153f. Dissertação (Mestrado) – Programa de Pós-Graduação em Ensino de Ciência e Matemática, Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Ceará, Fortaleza, 2019.

ALVES, Verusca Batista; PEREIRA, Ana Carolina Costa. Logaritmo e proporcionalidade mobilizados em uma atividade com círculos de proporção (1633) na formação de professores de Matemática. Revista Cocar, [S. l.], v. 15, n. 33, 2021.

ALVES, Verusca Batista; PEREIRA, Ana Carolina Costa. Seno, cosseno e tangente: uma atividade com os círculos de proporção de William Oughtred (1633) na formação de professores de matemática. Amazônia: Revista de Educação em Ciências e Matemáticas, Belém, v. 16, n. 35, p. 74-88, abr. 2020.

AMARANTE, Rebeca Oliveira. Os conhecimentos geométricos mobilizados no uso do astrolábio náutico do português Simão D’Oliveira (1606) na formação do licenciando em Matemática. 2023. 206f. Dissertação (Mestrado) – Programa de Pós-Graduação em Ensino de Ciência e Matemática, Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Ceará, Fortaleza, 2023.

ANDRADE, Kaline Andreza de França Correia. Um estudo sobre o tratado da circunferência de Al- Kāshī (1424). 2022. 146f. Tese (Doutorado) – Programa de Pós-Graduação em Ensino de Ciência e Matemática, Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Natal, 2022.

ARTIGUE, Michèle. Ingénierie didactique. Recherches En Didactique Des Mathématiques, 9(3), 281–308, 1988.

BATISTA, Antonia Naiara de Sousa. A articulação de saberes geométricos com trigonométricos por meio da fabricação da balhestilha de Figueiredo (1603) para a construção de uma interface. 2023. 195f. Tese (Doutorado) - Programa de Pós-Graduação em Educação, Universidade Estadual do Ceará, Fortaleza, 2023.

BATISTA, Antonia Naiara. Um estudo sobre os conhecimentos matemáticos incorporados e mobilizados na construção e no uso da balhestilha, inserida no documento Chronographia, Reportorio Dos Tempos..., aplicado na formação de professores. 2018. 114f. Dissertação (Mestrado) – Programa de Pós-Graduação em Ensino de Ciência e Matemática, Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Ceará, Fortaleza, 2018.

BATISTA, Antonia Naiara de Sousa; PEREIRA, Ana Carolina Costa Pereira. Um levantamento nacional e internacional de pesquisas que mobilizaram ou articularam saberes geométricos e trigonométricos por meio de instrumentos ou tratados antigos. Revista História da Matemática para Professores, [S. l.], v. 9, n. 1, p. 1–10, 2023.

CASTILLO, Ana Rebeca Miranda. Um estudo sobre os conhecimentos matemáticos incorporados e mobilizados na construção e no uso do báculo (cross-staff) em A Boke Named Tectonicon de Leonard Digges. 2016. 121f. Tese (Doutorado) - Programa de Estudos Pós-Graduados em Educação Matemática, Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2016.

CHAQUIAM, Miguel. Ensaios temáticos: história e matemática em sala de aula. Belém: SBEM/SBEM-PA, 2017.

DELEFRATE, Enio Henrique. Um estudo sobre o traçado da elipse em De Organica de Frans Van Schooten. 2019. 87f. Dissertação (Mestrado) - Programa de Estudos Pós-Graduados em Educação Matemática, Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2019.

DI BEO, Nara. O estudo do Trattato del Radio Latino: possíveis contribuições para a articulação entre história da matemática e ensino. 2015. 115 f. Dissertação (Mestrado) - Programa de Estudos Pós-Graduados em Educação Matemática, Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2015.

FLICK, Uwe. Introdução à Pesquisa Qualitativa. Editora Penso, 2008.

MARTINS, Eugeniano Brito. Conhecimentos matemáticos mobilizados na manipulação das barras de calcular de John Napier descritas no tratado Rabdologiae de 1617. 2019. 103f. Dissertação (Mestrado) – Programa de Pós-Graduação em Ensino de Ciência e Matemática, Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Ceará, Fortaleza, 2019.

MASSENO, Thalya Cristiny de Sousa. Um estudo do tratado L’usage du Compas de Proportion (1631) do francês Didier Henrion para exploração dos conhecimentos geométricos na formação inicial do professor. 2023. 146f. Dissertação (Mestrado) – Programa de Pós-Graduação em Ensino de Ciência e Matemática, Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Ceará, Fortaleza, 2023.

MENDES, Iran Abreu. Usos da História no Ensino de Matemática: reflexões teóricas e experiências. São Paulo: Livraria da Física, 2022.

MENEGAT, Alessandro. Um estudo sobre as trajetórias dos projéteis nas obras de Niccolò Tartaglia. 2015. 67f. Dissertação (Mestrado) - Programa de Estudos Pós-Graduados em História da Ciência, Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2015.

MIGUEL, Antônio; BRITO, Arlete de Jesus; CARVALHO, Dione Lucchesi de; MENDES, Iran Abreu. História da matemática em atividades didáticas. 2. ed. São Paulo: Livraria da Física, 2009.

MORAES, Edvaldo Alves de. Interface entre história e ensino de matemática: um movimento lógico-histórico da medição do tempo e a atividade orientadora de ensino. 2018. 191f. Dissertação (Mestrado) - Programa de Pós-Graduação em Docência para a Educação Básica, Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, Bauru, 2018.

MORAES, Michele de Souza. Setor trigonal: contribuições de uma atividade didática na formação de conceitos matemáticos na interface entre história e ensino de Matemática. 2017. 113f. Dissertação (Mestrado) - Programa de Pós-Graduação em Docência para a Educação Básica, Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, Bauru, 2017.

OLIVEIRA, Gisele Pereira. Articulação entre história da matemática e tecnologias digitais via objeto de aprendizagem para mobilização e ressignificação de conhecimentos na formação de professores. 2023. 361f. Tese (Doutorado) - Programa de Pós-Graduação em Educação, Universidade Estadual do Ceará, Fortaleza, 2023a.

OLIVEIRA, Francisco Wagner Soares. O instrumento jacente no plano na transição da geometria plana para a espacial na formação de professores. 2023. 149f. Tese (Doutorado) - Programa de Pós-Graduação em Educação, Universidade Estadual do Ceará, Fortaleza, 2023b.

OLIVEIRA, Francisco Wagner Soares. Sobre os conhecimentos geométricos incorporados na construção e no uso do instrumento jacente no plano de Pedro Nunes (1502-1578) na formação do professor de Matemática. 2019. 199f. Dissertação (Mestrado) – Programa de Pós-Graduação em Ensino de Ciência e Matemática, Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Ceará, Fortaleza, 2019.

PEREIRA, Ana Carolina Costa. Instrumentos de cálculo contidos em tratados do século XVII: objetos que atravessaram os tempos. REMATEC, [S. l.], v. 17, p. 15–29, 2022.

PEREIRA, Ana Carolina Costa; MARTINS, Eugeniano Brito Martins. Investigações científicas envolvendo a história da matemática sob o olhar da pluralidade. Curitiba: CRV, 2021.

PEREIRA, Ana Carolina Costa; SAITO, Fumikazu. A reconstrução do Báculo de Petrus Ramus na interface entre história e ensino de matemática. Revista Cocar, [S. l.], v. 13, n. 25, p. 342–372, 2019.

PEREIRA, Ana Carolina Costa; SAITO, Fumikazu. Os instrumentos matemáticos na interface entre história e ensino de Matemática: compreendendo o cenário nacional nos últimos 10 Anos. Boletim Cearense de Educação e História da Matemática, [S. L.], v. 5, n. 14, p. 109–122, 2018.

PINHEIRO, Maciel. Argumentos a favor do peso do ar: o experimento barométrico de Evangelista Torricelli (1608-1647). 2014. 59f. Dissertação (Mestrado) - Programa de Estudos Pós-Graduados em História da Ciência, Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2014.

RIBEIRO, Pedro Henrique Sales; PEREIRA, Ana Carolina Costa. Proposta de atividade envolvendo multiplicação a partir da manipulação do Promptuario para a formação de professores. Revista de Instrumentos, Modelos e Políticas em Avaliação Educacional, [S.l.], v. 4, p. 1-12, 30 dez. 2023.

SAITO, Fumikazu. A reconstrução de antigos instrumentos matemáticos dirigida para formação de professores. Educação: Teoria e Prática, [S. l.], v. 29, n. 62, p. 571–589, 2019.

SAITO, Fumikazu. História da matemática e suas (re)construções contextuais. São Paulo: Livraria da Física, 2015.

SAITO, Fumikazu. Revelando processos naturais por meio de instrumentos e outros aparatos científicos. In: BELTRAN, Maria Helena Roxo Beltran; SAITO, Fumikazu; TRINDADE, Lais dos Santos Pinto (Orgs.). História da Ciência: tópicos atuais 3. São Paulo: Livraria da Física; CAPES/OBEDUC, 2014. p. 95-115.

SAITO, Fumikazu; DIAS, Marisa da Silva. Interface entre história da matemática e ensino: uma atividade desenvolvida com base num documento do século XVI. Ciência & Educação (Bauru), [S.L.], v. 19, n. 1, p. 89-111, 2013.

SAMPIERI, Roberto Hernández; COLLADO, Carlos Fernández; LUCIO, Maria del Pilar Baptista. Metodologia de pesquisa. 5 ed. Porto Alegre: Penso, 2013. Tradução: Daisy Vaz de Moraes.

SANTOS, Andressa Gomes dos. Os aspectos matemáticos relacionados à média geométrica que emergem a partir da manipulação da escala dos números (1623) elaborada por Edmund Gunter com licenciandos em Matemática. 2022. 222f. Dissertação (Mestrado) – Programa de Pós-Graduação em Ensino de Ciência e Matemática, Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Ceará, Fortaleza, 2022.

SANTOS, Lucas Reis. Leon Battista Alberti (1404 – 1472) e a Medida do Tempo em sua obra Matemática Lúdica. 2014. 73f. Dissertação (Mestrado) - Programa de Estudos Pós-Graduados em Educação Matemática, Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2014.

SILVA, Ana Paula Minhano Aleixo da. Uma interface entre história e ensino de matemática: contribuições na formação de conceitos de estudantes na construção e utilização de um instrumento de medida do século XVI – o quadrante geométrico. 2019. 175f. Dissertação (Mestrado) - Programa de Pós-Graduação em Docência para a Educação Básica, Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, Bauru, 2019.

SILVA NETO, Benjamim Cardoso da; MENDES, Iran Abreu. Instrumentos históricos antigos e suas indicações para ensino de Matemática: do que tratam as dissertações e teses (1990 a 2018)?. Revista Cocar, [S. l.], v. 15, n. 31, 2021.

SOUSA, Giselle Costa de. Aliança entre história da matemática e tecnologias digitais na educação matemática. São Paulo: Livraria da Física, 2023.

Downloads

Publicado

2024-05-01

Como Citar

ALVES, V. B. Pesquisas que articulam conhecimentos trigonométricos e algébricos por meio de instrumentos matemáticos. Boletim Cearense de Educação e História da Matemática, [S. l.], v. 11, n. 32, p. 1–24, 2024. DOI: 10.30938/bocehm.v11i32.12412. Disponível em: https://revistas.uece.br/index.php/BOCEHM/article/view/12412. Acesso em: 24 jul. 2024.

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)