A História da Matemática e a interdisciplinaridade em atividades lúdico pedagógicas

Autores

DOI:

https://doi.org/10.47149/pemo.v3i2.4458

Palavras-chave:

História da Matemática, Interdisciplinaridade, Eurocentrismo

Resumo

Este artigo refere-se a um recorte da dissertação de Mestrado “A História da Matemática: a Interdisciplinaridade e Lúdico-Pedagógico na Aprendizagem de Matemática”, defendida no Programa PPGECM da UEPB no ano de 2019. Nosso objetivo foi  analisar como o uso de atividades  de natureza interdisciplinar e lúdico-pedagógicas, a partir da História da Matemática pode contribuir para a melhoria da aprendizagem em Matemática. A pesquisa realizada foi de abordagem qualitativa cujo foco é o indivíduo com toda sua complexidade e na sua inserção  com o ambiente sociocultural. Para o seu desenvolvimento utilizamos como instrumento de análise: entrevistas, questionários e filmagens. A prática da Interdisciplinaridade e da História da Matemática começa a surgir ainda que timidamente em sala de aula e que a utilização de lendas de caráter histórico, associados ao lúdico puderam promover uma maior Motivação na aprendizagem da Matemática, colaborando na superação de uma visão eurocentrista dessa ciência.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Denise Aparecida Enes Ribeiro, URCA- Universidade Regional do Cariri

Graduada em Ciências e Matemática pela FAFI-Faculdade de Filosofia Ciências e Letras de Sorocaba, Mestre em Educação Matemática pelo PPGCEM -UEPB, Campina Grande-PB, Professora Substituta do Departamento de Matemática da Unidade Descentralizada de Campos Sales -URCA.

Referências

ARAÚJO, A. de A.; SOARES, E. L. R. Identidade e relações étnico-raciais na formação escolar. Rev. Pemo, Fortaleza, v. 1, n. 1, p. 1-14, 2019. Disponível em: https://revistas.uece.br/index.php/revpemo/article/view/3628.

BEZERRA, N. P. X.; VELOZO, A. P.; RIBEIRO, E. Ressignificando a prática docente: experiências em tempos de pandemia. Rev. Pemo, Fortaleza, v. 3, n. 2, e323917, 2021. Disponível em: https://doi.org/10.47149/pemo.v3i2.3917.

BRASIL, Secretaria de Educação Fundamental. Parâmetros Curriculares Nacionais do Ensino Médio: matemática. Brasília: MEC/SEB 1999.

D’AMBROSIO, U. Educação Matemática Crítica, da teoria à prática. 23. Ed. Campinas, São Paulo, Papiros, 2012.

FAZENDA, I.C. Interdisciplinaridade: História, Teoria e pesquisa. 2 ed. Campinas, Papirus, 1995.

FAZENDA, I. C. A. O que é interdisciplinaridade? São Paulo, Cortez. 2008.

FREIRE. P. A importância do ato de ler: em três artigos que se completam / Paulo Freire. – São Paulo: Autores Associados: Cortez, 1989.

MACHADO, N. J. Matemática e Língua Materna, análise de uma impregnação mútua. 6 ed. São Paulo, Cortez, 2011.

MENDES, I. A. História da matemática no Ensino: entre trajetórias profissionais, epistemologias e pesquisas. São Paulo. Editora Livraria da Física, 2015.

TAHAN, M. O Homem que calculava. 29. Ed. Record. Rio de Janeiro. 1985.

TOMAZ, V.S. DAVID, M.M. Interdisciplinaridade e aprendizagem da Matemática em sala de aula. 2. ed. Autêntica Editora. Belo Horizonte. 2012.

Publicado

2021-02-18

Como Citar

RIBEIRO, D. A. E. A História da Matemática e a interdisciplinaridade em atividades lúdico pedagógicas. Práticas Educativas, Memórias e Oralidades - Rev. Pemo, [S. l.], v. 3, n. 2, p. e324458, 2021. DOI: 10.47149/pemo.v3i2.4458. Disponível em: https://revistas.uece.br/index.php/revpemo/article/view/4458. Acesso em: 18 maio. 2022.