Aprendizagem baseada em problemas

uma abordagem no ensino superior na área da saúde

Autores

DOI:

https://doi.org/10.47149/pemo.v2i1.3676

Palavras-chave:

Aprendizagem Baseada em Problemas, Métodos de Aprendizagem, Saúde e Educação

Resumo

O ensino baseado na metodologia construtivista que o aluno busca o conhecimento e o professor o autodirige com auxílio de um problema é conhecido como aprendizagem baseada em problemas (ABP). Foi disseminado na década de 60 e atualmente é muito utilizado nos cursos da área da saúde, principalmente na Medicina. O ensino tradicional é alicerçado em aulas expositivas e centrado no professor, privilegiando a reprodução do conteúdo. Já a ABP caracteriza-se pelo ensino centrado no aluno, que assume a responsabilidade pelo seu processo de aprendizagem, sendo independente, estimulado e recompensado com base no problema a ser trabalhado em grupos tutorias. A ABP promove um estudo individual e coletivo dos assuntos levantados nos objetivos de aprendizado buscando embasamento científico, possibilita validar/invalidar hipóteses, preencher lacunas do conhecimento e formar profissionais com visão globalizada, devendo ser mais difundido como metodologia de ensino nos cursos de graduação e pós-graduação na área da saúde.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Mariana Fiuza Gonçalves, Escola Superior de Ciências da Saúde

Graduanda em Medicina na Escola Superior de Ciências da Saúde do Distrito Federal (ESCS-DF). Atual diretora Científica da Associação Brasileira das Ligas Acadêmicas de Cirurgia capítulo DF. Bolsista PIC 2019-2020 e 2020-2021.

Alberto Magno Gonçalves, Universidade Federal de Goiás

Graduado em Odontologia pela UFG-GO, Especialista em Dentística pelo CRO-GO, Mestre em Dentística pela Faculdade de Odontologia de Bauru (USP) e Doutor em Dentística Restauradora pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho. Atualmente é Professor Titular da UFG-GO.

Ilda Machado Fiuza Gonçalves, Universidade Federal de Goiás

Graduada em Odontologia pela Universidade Federal do Ceará; Mestrado em Odontopediatria pela Universidade Estadual Júlio de Mesquita Filho – UNESP; Doutorado em Odontopediatria pela Universidade de São Paulo; Professora Titular da Faculdade de Odontologia - Universidade Federal de Goiás.

Referências

BERBEL, N.N. “Problematization” and problem-based-learning: different words or different ways? Interface – Comunicação, Saúde, Educação, v. 2, n. 2, p. 139-154, 2008. Disponível em: https://www.scielo.br/pdf/icse/v2n2/08.pdf. Acesso em: 05 mai. 2019.

BRANDENBURG, C.; PEREIRA, A.; FIALHO, L. Práticas reflexivas do professor reflexivo: experiências metodológicas entre duas docentes do ensino superior. Práticas Educativas, Memórias e Oralidades - Rev. Pemo, v. 1, n. 2, 2019. Disponível em: https://revistas.uece.br/index.php/revpemo/article/view/3527. Acesso em: 05 abr. 2020.

ESCRIVÃO FILHO, E; RIBEIRO, L. R. Aprendendo com PBL aprendizagem baseada em problemas: relato de uma experiência em cursos de engenharia da EESC-USP. Revista Minerva, v. 6, n. 1, p. 23-30, 2009.

GOMES, R.et al. Aprendizagem Baseada em Problemas na formação médica e o currículo tradicional de Medicina: uma revisão bibliográfica. Revista brasileira de educação médica, Rio de Janeiro, v.33, n.3, p. 444-451, jul./set, 2009. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-55022009000300014. Acesso em: 08 mai. 2019.

KOMATSU, R. S; ZANOLLI, M. B; LIMA, V. V; PEREIRA, S.M.S.F; FIORINI, V.M.L; BRANDA, L.A.; PADILHA, R. Q. Guia do Processo de Ensino - Aprendizagem “Aprender a Aprender”. 4ª ed. Faculdade de Medicina de Marília. Marília - SP - BRASIL. 2003.

MOUST, J.H.C; VAN BERKEL, H.J.M; SCHMIDT, H.G. Signs of erosion: Reflections on three decades of problem-based learning at Maastricht University. Higher Education, v. 50, n. 3, p. 665-683, 2005. Disponível em: https://link.springer.com/article/10.1007/s10734-004-6371-z#citeas. Acesso em: 20 mai. 2019.

NERYS, F.; KOEPP, J.; COSTA, B.; BARON, M. Dificuldades na consulta clínica e nutricional de surdos no Brasil: revisão de literatura. Práticas Educativas, Memórias e Oralidades - Rev. Pemo, v. 1, n. 1, 2019. Disponível em: https://revistas.uece.br/index.php/revpemo/article/view/3605. Acesso em: 20 abr. 2020.

SAKAI, M. H; LIMA, G.Z. PBL: uma visão geral do método. Revista Olho Mágico, Londrina, v. 2, n. 5/6, p.45-9, 1996.

SCHMIDT, H; CAPRARA, A; BATISTA TOMAZ, J; SÁ, H. Aprendizagem Baseada em Problemas: Anatomia de uma Nova Abordagem Educacional. Fortaleza: Hucitec, 2001. Disponível em: https://www.scielo.br/pdf/ensaio/v22n83/a02v22n83.pdf. Acesso em: 19 abr. 2020.

TIBÉRIO, I.F.L; ATTA, J.A; LICHTENSTEIN, A. O aprendizado baseado em problemas - PBL. Revista Médica, São Paulo, v. 82, n.1-4, p.78-80, jan/dez 2003. Disponível em: http://www.revistas.usp.br/revistadc/article/view/62624/65422. Acesso em: 08 abr. 2020.

Publicado

2020-04-30

Como Citar

GONÇALVES, M. F.; GONÇALVES, A. M.; GONÇALVES, I. M. F. Aprendizagem baseada em problemas: uma abordagem no ensino superior na área da saúde. Práticas Educativas, Memórias e Oralidades - Rev. Pemo, [S. l.], v. 2, n. 1, p. 1–12, 2020. DOI: 10.47149/pemo.v2i1.3676. Disponível em: https://revistas.uece.br/index.php/revpemo/article/view/3676. Acesso em: 26 jul. 2021.