Narrativa sobre a criação da Escola Estadual Indígena Presidente Kennedy na Comunidade do Caju-Uiramutã-RR

Autores

DOI:

https://doi.org/10.47149/pemo.v6.e12163

Palavras-chave:

Escola Estadual Indígena Presidente Kennedy, Educação indígena, História Oral

Resumo

O objetivo deste estudo é descrever os resultados obtidos a partir de uma pesquisa bibliográfica, documental e de campo na Escola Estadual Indígena Presidente Kennedy, situada na Comunidade do Caju-Uiramutã-RR. Realizou-se entrevista semiestruturada com dois membros da comunidade como técnica de coleta de dados, fazendo uso da História Oral. Desse modo, os próprios indígenas narraram e documentaram a sua história. A justificativa é a compreensão do contexto educacional da Comunidade Indígena do Caju, visando obter conhecimento histórico e sociológico sobre o povo Macuxi. As categorias de análises foram: educação indígena e história da educação. Logo, o estudo realizado na escola pesquisada mostra um espaço privilegiado que contribui para a formação da Comunidade do Caju, a partir da experiência dos discentes e dos docentes. Conclui-se que o estudo é relevante no que diz respeito ao reconhecimento e à valorização das escolas indígenas, à autonomia e à construção do conhecimento, além de contribuir para o processo de construção coletiva da comunidade.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Denize Pereira da Silva, Universidade Federal de Roraima

Graduada em Licenciatura em Educação do Campo - LEDUCARR pela Universidade Federal de Roraima- UFRR. Professora da Secretária de Educação do Estado de Roraima.

Karla Colares Vasconcelos, Universidade Federal de Roraima - UFRR

Doutora em Educação pelo Programa de Pós-Graduação em Educação (PPGE) da Universidade Federal do Ceará (UFC). Professora da Universidade Federal de Roraima, Curso de Licenciatura em Educação do Campo, Coordenadora da Universidade Aberta do Brasil (UAB/UFRR), Coordenadora Institucional do Mestrado Profissional em Educação Inclusiva – PROFEI/UFRR e Editora da Revista Ensino em Perspectiva (EnPe).

Sérgio Luiz Lopes, Universidade Federal de Roraima

Professor na Universidade Federal de Roraima (UFRR) e do Programa de Mestrado Acadêmico em Educação da UFRR e da Universidade Estadual de Roraima (UERR) em colaboração com o Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Roraima (IFRR). Professor do Mestrado em Educação da Universidade Federal de Roraima. Líder do grupo de pesquisa Formação de professores, práticas pedagógicas e epistemológicas do professor do/no campo (FPEC). Doutor em Educação pela Universidade Federal de Sergipe (UFS).

Referências

ALCÂNTARA, Lúcio. Povos Indígenas no Brasil: como vivem nossos contemporâneos. Caderno de Debates. Coleção Ideias. Brasília: Senado Federal, 2000.

ARANHA, Maria Lúcia de Arruda. História da Educação e da Pedagogia. São Paulo: Moderna, 2012.

BRASIL. Decreto n. 6.861/2009. Dispõe sobre a Educação Escolar Indígena, define sua organização em territórios etnoeducacionais, e dá outras providências. Brasília, 2009.

BRASIL. Decreto Legislativo n. 143, de 2002, que Retifica a Convenção 169 da OIT, em vigor desde 2003. Brasília, 2003.

BRASIL. Decreto n. 26/1991. Dispõe sobre a Educação Indígena no Brasil. Brasília, 1991.

BRASIL. Lei n. 11.645/2008. Inclui no currículo oficial da rede de ensino a obrigatoriedade da temática “História e Cultura Afro-Brasileira e Indígena”. Brasília, 2008.

BRASIL. Lei n. 12.711/2012. Dispõe sobre ações afirmativas para afrodescendentes e indígenas. Brasília, 2012.

BRASIL. Resolução CEB/CNE n. 05/2012. Define Diretrizes Curriculares Nacionais para a Educação Escolar Indígena na Educação Básica. Brasília, 2012.

BRASIL. Constituição da República Federativa do Brasil de 1988. Brasília, 1988.

BRASIL. Lei n. 9.394, de 20 de dezembro de 1996. Estabelece as diretrizes e bases da educação nacional. Brasília, 1996.

CASSAB, L. A.; RUSCHEINSKY, A. Indivíduo e ambiente: a metodologia de pesquisa da história oral. BIBLOS - Revista do Instituto de Ciências Humanas e da Informação, v. 16, p. 7-24, 2004. Disponível em: http://hdl.handle.net/20.500.11959/brapci/23350. Acesso em: 05 jul. 2022.

CUNHA, Luiz Antônio. O legado da ditadura para a educação brasileira. Educação & Sociedade, v. 35, n. 127, p. 357-377, 2014. Disponível em: https://doi.org/10.1590/S0101-73302014000200002. Acesso: 21 set. 2023.

LIBÂNEO, José Carlos. Educação escolar: políticas, estrutura e organização. 10. ed. rev. e ampl. São Paulo: Cortez, 2012.

PALMA FILHO, J. C. Pedagogia Cidadã – Cadernos de Formação. História da Educação. 3. ed. São Paulo: PROGRAD/ UNESP/ Santa Clara, 2005. p. 49-60.

PILETTI, Nelson. História da educação do Brasil. São Paulo: Ática, 2006.

SAVIANI, Demerval. Histórias das ideias pedagógicas no Brasil. 4 ed. Campinas: Autores Associados, 2013. (Coleção Memoria da Educação).

SILVA, Alessandra Pires; SANTOS, Claitonei de Siqueira. História da educação no Brasil: tentativas de estruturação e organização escolar no período imperial. Revista Acadêmica Educação e Cultura em Debate, v. 5. n. 1, p. 39-53, jan.-dez. 2019.

SILVA, Gleidson; AMORIM, Simone Silveira. Apontamentos sobre a educação no Brasil Colonial (1549-1759). Interações, Campo Grande, v. 18, n. 4, p. 185–196, out./dez. 2017.

SILVA, Lucilene Julia. Reflexões sobre a articulação entre as experiências do ser formador e a formação do ser. In: SANTOS, Jovina Mafra; REPETTO, Maxin (org.). Propostas Pedagógicas, materiais educativos e novos desafios para formação de professores indígenas. Boa Vista: Editora da UFRR, 2019.

TEIXEIRA, Marileia. Educação escolar na comunidade de Serra do Sol. In: SANTOS, Jovina Mafra; REPETTO, Maxin (org.). Propostas Pedagógicas, materiais educativos e novos desafios para formação de professores indígenas. Boa Vista: Editora da UFRR, 2019.

Publicado

2024-01-29

Como Citar

SILVA, D. P. da; VASCONCELOS, K. C.; LOPES, S. L. Narrativa sobre a criação da Escola Estadual Indígena Presidente Kennedy na Comunidade do Caju-Uiramutã-RR. Práticas Educativas, Memórias e Oralidades - Rev. Pemo, [S. l.], v. 6, p. e12163, 2024. DOI: 10.47149/pemo.v6.e12163. Disponível em: https://revistas.uece.br/index.php/revpemo/article/view/12163. Acesso em: 24 jul. 2024.