O professor de ensino médio como agente de letramento digital na pandemia

Autores

Palavras-chave:

Letramento digital, Práticas pedagógicas, Ensino remoto, Pandemia

Resumo

O afastamento social em decorrência da Pandemia da Covid-19 demandou a docentes e discentes uma prática pedagógica desafiadora e dependente das tecnologias digitais. Em virtude desse contexto, neste resumo, investiga-se como se deu o processo de transformação do professor em agente de letramento digital em tempos pandêmicos. A partir de uma base teórica que discute o letramento digital e suas interfaces entre o ensino e a pós-modernidade, ancora-se em Buzato (2001), Martín-Barbero (2006), Soares (2002) e Souza (2007) para o desenvolvimento de uma pesquisa de natureza básica e exploratória, em que se observa o fenômeno em uma perspectiva quali-quantitativa. Com a aplicação de questionário, visa-se perceber quais recursos digitais, quais metodologias e quais problemáticas permeiam as práticas pedagógicas remotas utilizadas por professores do Ensino Médio, que, por sua vez, relatam dificuldades na escolha, no manuseio e na interação por meios digitais, além da necessidade de amparo técnico e institucional.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Luciana Guedes Araújo, Universidade Estadual do Ceará (UECE)

Mestranda em História e Letras (MIHL/UECE) campus Quixadá. Professora da Secretaria de Educação (SEDUC/CE).

Cleudene de Oliveira Aragão, Universidade Estadual do Ceará (UECE)

Doutora em Filología Hispánica pela Universitat de Barcelona. Professora do Curso de Letras e do Programa de Pós-Graduação em Linguística Aplicada (UECE) campus Fátima-Fortaleza.

Ticiane Rodrigues Nunes, Universidade Estadual do Ceará (UECE)

Doutora em Linguística Aplicada (UECE). Professora visitante do Mestrado Interdisciplinar em História e Letras (MIHL/UECE) campus Quixadá.

Referências

BUZATO, Marcelo El Khouri. O letramento eletrônico e o uso do computador no ensino de língua estrangeira: contribuições para a formação de professores. Dissertação (Mestrado em Estudos Linguísticos) – IEL, Unicamp, 2001.

MARTÍN-BARBERO, J. Tecnicidades, identidades, alteridades: mudanças e opacidades da comunicação no novo século. In: MORAES, D. Sociedade midiatizada. Rio de Janeiro: Mauad X, 2006.

SOARES, Magda. Letramento: um tema em três gêneros. Belo Horizonte: Autêntica, 2002.

SOUZA, V. V. Soares. Letramento digital e formação de professores. Revista Língua Escrita, n. 2, p. 55-69, dez. 2007.

Publicado

2021-08-20

Como Citar

Araújo, L. G. ., Aragão, C. de O. ., & Nunes, T. R. . (2021). O professor de ensino médio como agente de letramento digital na pandemia. Ensino Em Perspectivas, 2(4), 1–2. Recuperado de https://revistas.uece.br/index.php/ensinoemperspectivas/article/view/6711