Formação política e práxis pedagógica dos professores do campo

Autores

Palavras-chave:

Formação docente, Educação do campo, Marxismo

Resumo

This work, financed by Funcap and CNPQ, aims to understand how a politically engaged formation contributes to the teaching praxis of teachers who are inserted in the field, articulated with a possible realization of emancipatory education. It is theoretically supported by classic Marxist authors such as Marx and Engels, as well as authors who mainly debate rural education such as Arroyo, Alencar and Caldart. As a result, it was possible to analyze that a formation articulated with social movements and based on dialectical historical materialism, provides concrete answers that are obtained by the subjects who are inserted in the field, and that is why they carry out a teaching praxis committed to society for combating of the capitalist structure.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Cybely Ribeiro de Oliveira, Universidade Estadual do Ceará (UECE)

Estudante de Pedagogia pela Universidade Estadual do Ceará. Bolsista de Iniciação Científica financiado pela Fundação Cearense de Apoio ao Desenvolvimento Científico e Tecnológico (FUNCAP). Membro do Grupo de Estudos Ontologia do Ser Social, História, Educação e Emancipação Humana (GPOSSHE/UECE/IMO).

Maria Joiciane Batista Frota, Universidade Estadual do Ceará (UECE)

Estudante de Pedagogia pela Universidade Estadual do Ceará. Bolsista de Iniciação Científica financiado pela Fundação Cearense de Apoio ao Desenvolvimento Científico e Tecnológico (FUNCAP). Membro do Grupo de Estudos Ontologia do Ser Social, História, Educação e Emancipação Humana (GPOSSHE/UECE/IMO).

Milena Aires de Avila, Universidade Estadual do Ceará (UECE)

Estudante de Mestrado Acadêmico em Educação pela UECE. Bolsista da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES). Membro do Grupo de Estudos Ontologia do Ser Social, História, Educação e Emancipação Humana (GPOSSHE/UECE/IMO).

Referências

ARROYO, M.G. Diversidade. In: CALDART, R.S. et al. (Org.). Dicionário da educação do campo. Rio de Janeiro: Escola Politécnica de Saúde Joaquim Venâncio; São Paulo: Expressão Popular, 2012.

ALENCAR, Maria Fernanda. Educação do campo e formação de professores: Construção de uma política educacional para o campo brasileiro. Ci.& Tróp- Revista Ciência e Trópico, Recife, v. 34, n. 2, p. 207-226, 2010. Disponível em: https://periodicos.fundaj.gov.br/CIC/article/download/868/589. Acesso em: 21 jun. 2021.

CALDART, Roseli S. Educação em movimento: formação de educadoras e educadores do MST. Petrópolis: Vozes: 1997.

MARX, K.; ENGELS, F. A ideologia alemã: crítica da mais recente filosofia alemã em seus representantes Feuerbach, B. Bauer e Stirner, e do socialismo alemão em seus diferentes profetas.Tradução de Luciano Cavini Martorano, Nélio Schneider e Rubens Enderle. São Paulo: Boitempo, 2007.

Publicado

2021-07-28

Como Citar

Oliveira, C. R. de ., Frota, M. J. B. ., & Avila, M. A. de. (2021). Formação política e práxis pedagógica dos professores do campo. Ensino Em Perspectivas, 2(3), 1–6. Recuperado de https://revistas.uece.br/index.php/ensinoemperspectivas/article/view/6424