As contribuições da Pedagogia Freireana para uma Educação como Ato Político

Autores

Palavras-chave:

Pedagogia freireana, Educação, Prática de liberdade

Resumo

O presente trabalho objetiva compreender a Pedagogia Freireana e sua primordialidade para uma educação como prática política, partindo das seguintes questões norteadoras: como a Pedagogia Freireana nos ajuda a pensar sobre as questões do nosso tempo? Como reinventar Freire diante dos desafios contemporâneos? Em termos metodológicos esse trabalho assume natureza qualitativa apoiando-se nos instrumentos da pesquisa bibliográfica esteada em Freire (1981; 1985; 1987; 2001; 2013), que, por sua vez, concebe a educação como uma prática de liberdade a partir de uma pedagogia da pergunta; além de Brandão (1981), descrevendo o método Paulo Feire como uma possibilidade para uma educação libertadora. Como resultados preliminares reafirmamos que a pedagogia de Paulo Freire é essencial para repensar as práticas alienadas e dominantes da sociedade capitalista e para edificar uma educação para a liberdade enquanto ato político.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Maria Leudysvania de Sousa Lima Gadelha

Mestranda em Educação e Ensino pela Universidade Estadual do Ceará (MAIE/UECE). Graduada em Pedagogia pela Faculdade de Filosofia Dom Aureliano Matos (FAFIDAM/UECE).

Diana Nara da Silva Oliveira, Universidade Estadual do Ceará - (UECE)

Doutoranda em Educação pela Universidade Federal do Ceará; Mestra em Educação e Ensino pelo Universidade Estadual do Ceará; Professora substituta da Universidade Estadual do Ceará, campus Faculdade de Filosofia Dom Aureliano Matos

Sandra Maria Gadelha de Carvalho, Universidade Estadual do Ceará (UECE)

Doutora e Mestra em Educação pela Universidade Federal do Ceará; Professora adjunta da Universidade Estadual do Ceará, campus Faculdade de Filosofia Dom Aureliano Matos - FAFIDAM, em Limoeiro do Norte; Professora do Mestrado Acadêmico Intercampi em Educação e Ensino (MAIE).

Referências

BRANDÃO. Carlos Rodrigues. O que é método Paulo Freire. São Paulo: Brasiliense, 1981.

FORTUNA, Volnei. A relação teoria e prática na educação em Freire. In: REBES - Rev. Brasileira de Ensino Superior, 1(2): 64-72, out. dez. 2015.

FREIRE, Paulo. Ação cultural para a liberdade. 5. ed. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1981.

FREIRE, Paulo. Educação e Mudança. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 2013.

FREIRE, Paulo. Pedagogia do Oprimido. 10. ed. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1987.

FREIRE, Paulo. Política e Educação: ensaios. 5. ed - São Paulo: Cortez, 2001. (Coleção Questões de Nossa Época; v.23).

FREIRE, Paulo; FAUNDEZ, Antonio. Por uma pedagogia da Pergunta. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1985.

FREIRE, Paulo. Educação como prática da liberdade. Rio de Janeiro: Editora Paz e Terra, 1967.

FREIRE, Paulo. Pedagogia da Esperança: reencontro com a Pedagogia do Oprimido. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1992.

FREIRE, Paulo. Pedagogia da autonomia: saberes necessários à prática educativa. São Paulo: Paz e Terra, 1996. (coleção Leitura)

MANZO, Aberlado J. Manual para la preparación de monografías: una guía para presentar informes y tesis. Buenos Aires: Humanitas, 1971.

PIO, Paulo Martins; CARVALHO, Sandra Maria Gadelha de; MENDES, José Ernandi. Práxis e práxis educativa em Paulo Freire: reflexões para a formação e a docência. In: Didática e prática de ensino na relação com a formação de professores. Fortaleza: EdUECE, 2014.

Publicado

2021-07-20

Como Citar

Gadelha, M. L. de S. L. ., Oliveira, D. N. da S. ., & Carvalho, S. M. G. de . (2021). As contribuições da Pedagogia Freireana para uma Educação como Ato Político. Ensino Em Perspectivas, 2(1), 1–12. Recuperado de https://revistas.uece.br/index.php/ensinoemperspectivas/article/view/5924

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)