Conectivismo e os desafios da formação docente na era digital

Autores

DOI:

https://doi.org/10.47149/pemo.v3i3.5592

Palavras-chave:

Conectivismo, Formação de professores, Mudança de paradigmas

Resumo

O presente artigo objetiva questionar e destacar aspectos significativos de definição da função docente e suas exigências para a formação do cidadão da era digital, bem como realizar uma contextualização da aprendizagem e desenvolvimento de competências e habilidades partindo de uma perspectiva conectivista. Para essa análise foi utilizado o método bibliográfico, levantamento  de material e pesquisas atualizadas sobre o tema. Constatamos que os obstáculos mais significativos estão mais relacionados  às exigências de formação continuada, desenvolvimento e aplicação de tecnologias em sala de aula, devido ao perfil dos educandos oriundos de uma sociedade digital e conectada, como para a escassez de recursos tecnológicos das instituições e comunidade escolar . Para a real implementação de um modelo conectivista necessitamos de mudanças estruturais e organizacionais a fim de nos adequarmos á sociedade da informação e do conhecimento.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Maria Eliana Lopes de Souza , Universidade Internacional Iberoamericana/México

Graduada em Pedagogia Universidade Federal do Paraná (UFPR), especialista em Pedagogia na empresa e organizações, Educação Especial e Inclusiva, Psicopedagogia, Neuropsicopedagogia e Altas Habilidades/Superdotação. Mestranda Universidade Internacional Iberoamericana/México.

Olga Aparecida da Silva Martins, Universidade Internacional Iberoamericana/Porto Rico

Graduada em Pedagogia União das Instituições de Serviços, Ensino e Pesquisa (Unisepe). Pós-graduada em Gestão Escolar Integradora, Mestranda Universidade Internacional Iberoamericana/Porto Rico.

Mathaus Natan Moura Duarte, Universidade Internacional Iberoamericana/México

Bacharel em Direito, especialista em Direito Público, Direito Constitucional e Administrativo, Docência do Ensino Superior, Mestrando em Educação Universidade Internacional Iberoamericana/México.

Referências

CAMPOS, A. O. D. Integração das TIC na Disciplina de Educação Tecnológica: potencialidades e desafios. 2011. 213 f. Dissertação (Mestrado em Ciências da Educação) – Universidade de Lisboa, Instituto de Educação da Universidade de Lisboa, Lisboa, 2011. Disponível em: https://repositorio.ul.pt/handle/10451/5984. Acessado em: 04 abr. 2021.

DOWNES, S. An Introduction to Connective Knowledge. Disponível em: http://www.downes.ca/cgi-bin/page.cgi?post=33034. Acessado em: 19 jun. 2020

FRADE, L. Inteligencia Educativa. México: Mediación de la calidad. 2007.

FREIRE, P. Pedagogia da autonomia: saberes necessários a prática educativa. 25. ed. São Paulo: Paz e Terra, 2002.

FURLAN, F.; NASCIMENTO, F.R. do. A pesquisa e o professor: desfio atual da educação. Disponível em: www.unifra.br/eventos/jornaldaeducacao2006 Acesso: 01 abr. 2021.

GARCIA, M. A. & GALÁN, Y. I. J. Diagnóstico de los estilos de aprendizaje en los estudiantes: Estrategia docente para elevar la calidad educativa. 2009 Disponível em: https://www.redalyc.org/pdf/2831/283121714002.pdf. Acesso em: 01 abr. 2021.

KERR, B. A Challenge to Connectivism.Transcrição da comunicação apresentada na Online Connectivism Conference, Fevereiro 2007, Universidade de Manitoba. Disponível em: http://ltc.umanitoba. ca/wiki/index.php? title=Kerr_Presentation. Acesso em 21 out. 2020.

KOP, R. & HILL, A. Connectivism: Learning theory of the future or vestige of the past? The International Review of Research in Open and Distance Learning, v.9, n.3, 2008. Disponível em http: //www.irrodl.org/index.php/irrodl/article/view/523/1103. Acesso em: 21 out. 2020.

LANGARO, A. et al. A educação, suas mudanças e o conectivismo. In: Mostra de iniciação científica e comunitária, 7., Mostra de pesquisa e pós-graduação IMED, v.7, 2013, Passo Fundo. Anais... Passo Fundo: IMED, 2013.

NOEMI, D. Afinal, quais são as competências de um professor no século XXI?. Disponível em: https://escolasdisruptivas.com.br/escolas-do-seculo-xxi/competencias-do-professor/. Acessado em: 04 abr. 2021.

MORIN, E. Os sete saberes necessários à educação do futuro. 18. ed. São Paulo: Cortez, 2011.

SIEMENS, G. Conectivismo: uma teoria de aprendizagem para a idade digital. 2004.

SIEMENS, G. ¿Qué tiene de original el conectivismo?. 2008. Disponível em:http://humanismoyconectividad.wordpress.com/2009/01/14/conectivismosiemens/Acesso em 03 abr. 2021.

SOUZA, M. E. L; MARTINS, O. A. S; DUARTE, M. N. M; SILVA, M. R; Ensino Híbrido e Conectivismo: Desafios da educação na atualidade. Revista Ibero-Americana De Humanidades, Ciências e Educação, v. 7, n. 3, 2021.

Publicado

2021-06-18

Como Citar

SOUZA , M. E. L. de; MARTINS, O. A. da S. .; DUARTE, M. N. M. Conectivismo e os desafios da formação docente na era digital. Práticas Educativas, Memórias e Oralidades - Rev. Pemo, [S. l.], v. 3, n. 3, p. e335592, 2021. DOI: 10.47149/pemo.v3i3.5592. Disponível em: https://revistas.uece.br/index.php/revpemo/article/view/5592. Acesso em: 18 out. 2021.