Constituição histórica do Curso de Pedagogia da UFPI, em Teresina (1973-1984)

Autores

DOI:

https://doi.org/10.47149/pemo.v6.e11482

Palavras-chave:

Curso de Pedagogia., História da Educação., UFPI.

Resumo

Este trabalho tem por objetivo analisar aspectos do processo de implantação e funcionamento do Curso de Pedagogia da Universidade Federal do Piauí entre 1973 e 1984. O problema da pesquisa traduz-se na seguinte interrogação: como ocorreu o processo de implantação e funcionamento do Curso de Pedagogia da UFPI no período em questão? A pesquisa vincula-se ao campo da história da educação, amparada em autores como Silva (2006), Cruz (2011), Bello (2021), Scheibe (2007), ‘ (2013), Brzezinski (1996), Martilli (2004), entre outros. Trata-se de uma pesquisa documental realizada nos acervos de setores administrativos da UFPI, a qual analisou atas, decretos, pareceres, matrizes curriculares etc. O estudo permitiu olhar a trajetória do Curso a partir do movimento em torno da criação da instituição, além de discutir aspectos de sua organização e funcionamento. Acredita-se que a pesquisa contribui para a história do Curso e ampliação das discussões do campo da história da educação.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Francisco Gomes Vilanova , Universidade Federal do Piauí

Doutor pelo Programa de Pós-Graduação em Educação da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (ProPEd/UERJ), Professor Adjunto da Universidade Federal do Piauí, Coordenador do Curso de História do PARFOR/UFPI, Membro do Núcleo de Educação, História e Memória (NEHME/UFPI).

José Henrique Plácido dos Santos , Universidade Federal do Piauí

Licenciado em Pedagogia pela Universidade Federal do Piauí (UFPI). Pós-Graduando a nível de Especialização em Educação Especial e Inclusiva pela Universidade Estadual do Maranhão (UEMA). Pós-Graduando a nível de Especialização em Tutoria em Educação a Distância (UFMS).

Referências

BELLO, L. Da Serra da Ibiapaba ao Campus da Ininga: 373 anos de Pedagogia no Piauí. 1ª. ed. Teresina, EDUFPI, 2021.

BRANDT, A. G; HOBOLD, M. de S. Mudanças e continuidades dos marcos legais do Curso de Pedagogia no Brasil. Revista Internacional de Educação Superior, Campinas, SP, v.5, 1-29, e019027, 2019. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/riesup/article/view/8652576. Acesso em: 01 set. 2023.

BRASIL. Conselho Federal de Educação. Parecer nº 251/1962. Currículo mínimo e duração do Curso de Pedagogia. Relator: Valnir Chagas. Documenta, Brasília, DF, nº 11, p. 59-65.

BRASIL. Conselho Federal de Educação. Parecer nº 252/1969. Estudos pedagógicos superiores. Mínimos de conteúdo e duração para o curso de graduação em pedagogia. Relator: Valnir Chagas. Documenta, Brasília. (1-100), p.101-117.

BRASIL. Decreto nº 81.935, de 11 de julho de 1978. Concede reconhecimento aos cursos de Pedagogia, Artes Práticas e Estudos Sociais da Universidade Federal do Piauí, com sede na cidade de Teresina, Estado do Piauí. Disponível em: https://www2.camara.leg.br/legin/fed/decret/1970-1979/decreto-81935-11-julho-1978-431006-publicacaooriginal-1-pe.html. Acesso em: 25 ago. 2023.

BRASIL. Decreto-Lei nº 1.190, de 4 de abril de 1939. Dá organização à Faculdade Nacional de Filosofia. Disponível em: https://www2.camara.leg.br/legin/fed/declei/1930-1939/decreto-lei-1190-4-abril-1939-349241-publicacaooriginal-1-pe.html. Acesso em: 25 ago. 2023.

BRASIL. Lei nº 5.528, de 12 de novembro de 1968. Autoriza o Poder Executivo a instituir a Universidade Federal do Piauí e dá outras providências. Disponível em: https://www2.camara.leg.br/legin/fed/lei/1960-1969/lei-5528-12-novembro-1968-357748-publicacaooriginal-1-pl.html. Acesso em: 25 ago. 2023.

BRASIL. Lei nº 5.540, de 28 de novembro de 1968. Fixa normas de organização e funcionamento do ensino superior e sua articulação com a escola média, e dá outras providências. Disponível em: https://www2.camara.leg.br/legin/fed/lei/1960-1969/lei-5540-28-novembro-1968-359201-publicacaooriginal-1-pl.html. Acesso em: 25 ago. 2023.

BRASIL. Ministério do Estado, da Educação e da Cultura. Portaria nº 373, de 25 de maio de 1981. Dá reconhecimento dos Cursos de Pedagogia e da Formação de Professores de Disciplinas Especializadas do Ensino de 2º Grau da Universidade Federal do Piauí.

BRZEZINSKI, I. Pedagogia, Pedagogos e formação de professores: busca e movimento. Campinas: Papirus, 1996.

CARVALHO, M. C. S. Pedagogia da invenção: a Prática de Ensino como disciplina acadêmica na Universidade Federal do Piauí. 2013. 155 f. Tese (Doutorado em Educação: História, Política e Sociedade) - Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2013. Disponível em: https://tede2.pucsp.br/handle/handle/10395. Acesso em 25 ago. 2023.

CATANI, A; OLIVEIRA, J. F. Educação superior no Brasil: reestruturação e metamorfose das universidades públicas. Petrópolis - RJ: Vozes, 2002.

CHARTIER, R. A História Cultural: entre práticas e representações. Lisboa, Difel, 1990.

CRUZ, G. B. Curso de Pedagogia no Brasil: história e formação com pedagogos primordiais. 1ª. ed. Rio de Janeiro: Wak, 2011.

DE CERTEAU, Michel. A escrita da História. 3 ed. Rio de Janeiro, Forense, 2.

DURLI, Z. O processo de construção das diretrizes curriculares nacionais para o curso de pedagogia: concepções em disputa. Tese (Doutorado) – Universidade Federal de Santa Catarina. Programa de Pós-Graduação em Educação, 2007. Disponível em: https://repositorio.ufsc.br/bitstream/handle/123456789/89732/247336.pdf?seque. Acesso em 01 set. 2023.

GALVÃO, A. M. O; LOPES, E. M. T. Território plural: a pesquisa em história da educação. 1. ed. São Paulo: Ática, 2010.

KARNAL, L.; TATSCH, F. G. A memória evanescente. In: PINSKY, C. B.; LUCA, T. R. de. (org). O historiador e suas fontes. São Paulo, Contexto, 2009, p. 9-27.

LUCA, T. R. Práticas de pesquisa em história. São Paulo, Contexto, 2020.

MARTELLI, A. C.; MANCHOPE, E. A história do Curso de Pedagogia no Brasil: da sua criação ao contexto após LDB 9394/96. Revista Eletrônica de Ciências da Educação, [s. l.], v. 3, n. 1, ed. 1, p. 1-21, 2004. Disponível em: https://www.periodicosibepes.org.br/index.php/reped/article/view/517. Acesso em: 23 ago. 2023.

MEDEIROS, E. A; ARAÚJO, O. H. A.; SANTOS, J. M. C. T. O curso de pedagogia no Brasil: uma análise sobre sua história e identidade (1939 – 2019). Interfaces da Educação, [S. l.], v. 12, n. 34, p. 561–588, 2021. DOI: 10.26514/inter. v12i34.5447. Disponível em: https://periodicosonline.uems.br/index.php/interfaces/article/view/5447. Acesso em: 25 ago. 2023.

NASCIMENTO, T. R. A criação das licenciaturas curtas no Brasil. Revista HISTEDBR On-line, Campinas, SP, v. 12, n. 45, p. 340–346, 2012. DOI: 10.20396/rho.v12i45.8640153. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/histedbr/article/view/8640153. Acesso em: 1 dez. 2023.

PÁDUA, E. M. M. Metodologia da pesquisa: abordagem teórico-prática. 2. ed. Campinas: Papiros, 1997.

PESAVENTO, S. J. História & História Cultural. 2 ed. Belo Horizonte, Autêntica, 2008.

QUEIROZ, N. M. C. Praxiologia e representação social sobre formação de professores nas licenciaturas da UFPI. 2011. 393 f. Tese (Programa de Pós-Graduação em Educação do Centro de Ciências Sociais Aplicadas da Universidade Federal do Rio Grande do Norte) - UFRN, Natal-RN, 2011. Disponível em: https://repositorio.ufrn.br/handle/123456789/14382. Acesso em 25 ago. 2023.

SAVIANI, D. A Pedagogia no Brasil: História e Teoria. 2ª. ed. Campinas, SP: Autores Associados, 2012.

SAVIANI, D. História das ideias pedagógicas no Brasil. 3ª. ed. rev. Campinas, SP: Autores Associados, 2011. 474 p. ISBN 978-85-7496-200-9.

SCHEIBE, L. Diretrizes Curriculares para o Curso de Pedagogia: trajetória longa e inconclusa. Cadernos de Pesquisa, v. 37, n. 130, p. 43–62, jan. 2007. Disponível em: https://www.scielo.br/j/cp/a/cCY6yjvfhYPKWNbFMMmL3Pm/abstract/?lang=pt#. Acesso em: 25 ago. 2023.

SILVA, C. S. B. Curso de Pedagogia no Brasil: história e identidade. São Paulo: Editores Associados, 1999.

SILVA, C. S. B. Curso de Pedagogia no Brasil: história e identidade. 3ª ed. São Paulo: Autores Associados, 2006.

SOUSA, J. B. Histórico. Centro de Ciências da Educação. Universidade Federal do Piauí, 2022. Disponível em: https://ufpi.br/en/historico. Acesso: 30 nov. 2023.

SOUSA NETO, R. N. O Departamento de Educação e o Centro de Ciências da Educação: contribuições para a criação da Universidade Federal do Piauí (UFPI). Revista Amazônida: Revista do Programa de Pós-Graduação em Educação da Universidade Federal do Amazonas, 1(01), 167–188, 2020. https://doi.org/10.29280/rappge.v1i01.7483. Disponível em: https://www.periodicos.ufam.edu.br/index.php/amazonida/article/view/7483. Acesso em: 30 nov. 2023.

UFPI – Universidade Federal do Piauí. UFPI 50 Anos: Instalação da Universidade muda paisagem e melhora infraestrutura do bairro Ininga. Teresina - PI, 10 mar. 2021. Disponível em: https://ufpi.br/en/ultimas-noticias-ufpi/39825-ufpi-50-anos-instalacao-da-universidade-muda-paisagem-e-melhora-infraestrutura-do-bairro-ininga. Acesso em: 5 set. 2023.

UFPI – Universidade Federal do Piauí. Ata da Reunião Ordinária dos Professores do Departamento de Educação da Universidade Federal do Piauí. Arquivo do CCE/UFPI, 1973. [manuscrito]

UFPI – Universidade Federal do Piauí. Ato da Reitoria nº 237, de 6 de maio de 1975. Autoriza o funcionamento do Curso de Licenciatura Plena em Pedagogia e Licenciatura em Educação Para o Lar – 1º Grau. Teresina (PI): UFPI, 1975.

UFPI – Universidade Federal do Piauí. Proposta Curricular do Curso de Pedagogia. Arquivo do CCE/UFPI, 1983. [mimeografado]

UFPI – Universidade Federal do Piauí. Relatório de atividades desenvolvidas pela Coordenação de Acompanhamento e Avaliação do Currículo e Coordenação de Cursos do Centro de Ciências da Educação no ano de 1984. Arquivo do CCE/UFPI, 1984. [mimeografado]

UFPI – Universidade Federal do Piauí. Resolução nº 16/1971. Cria o Departamento de Educação na Universidade Federal do Piauí. Teresina (PI): UFPI, 1971.

Publicado

2023-02-20

Como Citar

VILANOVA , F. G.; SANTOS , J. H. P. dos. Constituição histórica do Curso de Pedagogia da UFPI, em Teresina (1973-1984). Práticas Educativas, Memórias e Oralidades - Rev. Pemo, [S. l.], v. 6, p. e11482, 2023. DOI: 10.47149/pemo.v6.e11482. Disponível em: https://revistas.uece.br/index.php/revpemo/article/view/11482. Acesso em: 24 jul. 2024.