Vozes silenciadas: impacto das ditaduras no continente asiático sobre a comunidade LGBT+

Autores

DOI:

https://doi.org/10.47149/pemo.v6.e12583

Palavras-chave:

Comunidade LGBT , Ditaduras Asiáticas, Direitos humanos

Resumo

A construção dos direitos da comunidade LGBT+ enfrenta obstáculos complexos que refletem um processo contínuo de invisibilidade imposta sobre seus membros. Em meio a fraturas sociais e jurídicas, os indivíduos LGBT+ se encontram em desvantagem diante do padrão heteronormativo imposto pela sociedade. Este artigo se propõe a investigar de maneira abrangente como regimes autoritários influenciaram e suprimiram as vozes da comunidade LGBT+, gerando consequências profundas e de longo alcance. Adotando uma análise detalhada de contextos históricos específicos em diversos países asiáticos, o estudo evidencia de maneira inequívoca como tais regimes silenciaram e reprimiram as vozes LGBT+, resultando em repercussões significativas e duradouras. São exploradas amplamente as políticas discriminatórias implementadas por essas ditaduras, ressaltando as múltiplas violações dos direitos humanos e as restrições severas à liberdade de expressão e identidade. O artigo destaca também a resiliência da comunidade LGBT+ e seus esforços de resistência contra os desafios enfrentados, visando o reconhecimento.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Kelvi da Silva Oliveira, Universidade Federal do Vale do São Francisco (UNIVASF)

Licenciando do Curso de Ciências da Natureza pela Universidade Federal do Vale do São Francisco. Atualmente está como bolsista do Programa Residência Pedagógica-PRP, financiado pela Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES), subprojeto de Ciências da Natureza da UNIVASF - Campus Senhor do Bonfim/BA. Integrante do grupo de Estudos e Pesquisa sobre a Produção Social do Espaço - GEPPSE do CNPq. Os seus principais interesses de estudos são temas voltados ao ensino, gênero, sexualidade e diversidade humana. 

Referências

ALBERT, Saulo. A arte sob censura autoritária? Comparações entre Brasil e Coreia do Norte. Revista de Ciências Sociais: RCS, v. 2, pág. 263-296, 2023.

BAPTISTA, Jean; BOITA, Tony. Museologia e Comunidades LGBT: mapeamento de ações de superação das fobias à diversidade em museus e iniciativas comunitárias do globo. Cadernos de Sociomuseologia, v. 54, n. 10, 2017.

BARBOSA, Victor Tavares; COSTA, Ana Carolina dos Santos. A percepção do impacto das eleições 2018 sobre a violência contra pessoas LGBT nos estados da Bahia, São Paulo e Rio de Janeiro. CSOnline-REVISTA ELETRÔNICA DE CIÊNCIAS SOCIAIS, n. 33, p. 416-436, 2021.

CABRAL, Jacqueline Ribeiro. Arquivos da repressão: fontes de informação sobre diversidade sexual e de gênero na ditadura militar1. Archeion Online, v. 5, p. 103-121, 2017.

CARVALHO, Rubem Viana de. Um arco-íris na luta pela terra: o construir da práxis pedagógica do coletivo LGBT do MST. Dissertação de Mestrado. Universidade Federal de Pernambuco. 2023.

CUNHA, Lenan Menezes da. Abordagem da CNN no tema da Coreia do Norte entre janeiro e junho de 2020. 2020.

DIAS, Ericarla Verônica Almeida et al. Exposição e atitudes frente à mídia LGBTQ+: desenvolvimento de medidas e o papel moderador da orientação sexual. 2023.

FERNANDES, Adriano Carlos Nunes; SANTOS, Renato de Oliveira; RODRIGUES, Milena Manhães. Velhices lgbtqiap+ e turismo: reflexões iniciais para iluminar um campo complexo. Ateliê do Turismo, v. 7, n. 2, p. 239-259, 2023.

FRANÇA, Luís Carlos LIma de et al. Diversidade e inclusão como fator diferenciador para obtenção de vantagem competitiva nas organizações. 2023. Tese de Doutorado.

KOBAYASHI, Franklin Duarte et al. Aproximações entre o discurso de pastores midiáticos no combate aos direitos humanos LGBT e as estratégias de funcionamento das políticas fascistas. 2021.

LIMA, Telma Cristiane Sasso de; MIOTO, Regina Célia Tamaso. Procedimentos metodológicos na construção do conhecimento científico: a pesquisa bibliográfica. Revista katálysis, v. 10, p. 37-45, 2007.

MALERBA, João. Homossexualidade e alteridade: uma análise bakhtiniana das Paradas Gays. Mídia e Cotidiano, v. 11, n. 1, p. 190-206, 2017.

MAURÍCIO, Álvaro Filipe da Silva. A atuação dos sistemas de proteção de direitos humanos na defesa da comunidade LGBT. Tese de Doutorado. Universidade de Lisboa. 2018.

MAZETTO, Walkiria Glanert et al. “Nunca se teve tanto, e o que há é praticamente nada”: inventário sobre a produção de dados e estatísticas da população LGBT em Belo Horizonte–MG. 2020.

MIGUEL, Francisco. “Exogenia” e “tolerância”: o duplo papel da mídia impressa na institucionalização da homossexualidade no sul de Moçambique pós-colonial (1975-2007). Revista de Antropologia, v. 66, p. e193086, 2023.

MOREIRA, Elis D. A importância das políticas de igualdade de gênero e direitos LGBTQIAP+ na promoção dos direitos humanos e seus impactos na garantia de uma sociedade igualitária e inclusiva. 2023.

MOREIRA, Jéssica da Costa. O Porto como destino LGBT+ friendly. 2023. Tese de Doutorado.

NAGAMINE, Renata Reverendo Vidal Kawano. Os direitos de pessoas LGBT na ONU (2000-2016). Sexualidad, Salud y Sociedad (Rio de Janeiro), p. 28-56, 2019.

NEVES, Christopher Smith Bignardi. TURISMO LGBT: PUBLICAÇÕES NO JOURNAL OF HOMOSEXUALITY. Revista Eletrônica de Administração e Turismo-ReAT, v. 15, n. 2, p. 1-21, 2021.

NOGUEIRA, Inês Sofia Canhoto. Queer Fear: o lugar da comunidade LGBTI+ na Biblioteca Municipal de Sintra. Tese de Doutorado. Universidade de Lisboa. 2023.

OLIVEIRA, Cristina Pereira; SILVA, Francisco; SARROEIRA, Dulce Mendes. O segmento dos casamentos LGBT na hospitalidade da Madeira. In: Artigos do XIII International Tourism Congress: Reinventing Tourism For Upcoming Challenges. Centre for Tourism Research, Development and Innovation (CiTUR), 2022. p. 9-24.

PETIT, Josefa Gabriela Coêlho. Vitimização e insegurança da população LGBT em Teresina-PI. 2021. Tese de Doutorado.

PIZZANI, Luciana et al. A arte da pesquisa bibliográfica na busca do conhecimento. RDBCI: Revista Digital de Biblioteconomia e Ciência da Informação, v. 10, n. 2, p. 53-66, 2012.

QUINALHA, Renan Honorio. Contra a moral e os bons costumes: a política sexual da ditadura brasileira (1964-1988). 2017. Tese de Doutorado. Universidade de São Paulo.

RODRIGUES, João Paulo Ribeiro; HERNANDEZ, Matheus de Carvalho. O arco-íris atravessando frestas: a ascensão dos debates sobre direitos LGBT na ONU. Revista Brasileira de Ciência Política, p. 207-248, 2020.

SANTOS, Daniel. REFUGIADOS LGBTQ+: CRISE NO AFEGANISTÃO E INADEQUAÇÃO NA RESPOSTA DA UNIÃO EUROPEIA. Revista Cadernos Internacionais, v. 2022, n. 1, 2022.

SILVA, Ariadne Soares Moraes; ALVES, Gabriela Jacarandá. Política Nacional de Saúde Integral de LGBT: percepção de enfermeiros da atenção primária à saúde. Comunicação em Ciências da Saúde, v. 32, n. 02, 2021.

SARDINHA, Ana Cristina Ribeiro. A representação do homem gay na publicidade digital das celebrações Pride no setor dos cosméticos. Tese de Doutorado. Universidade Europeia. 2024.

SILVA, Marcos Aurélio. Numa tarde qualquer: uma antropologia da Parada da Diversidade em Cuiabá e da cultura LGBT no Brasil contemporâneo. Bagoas-Estudos gays: gêneros e sexualidades, v. 10, n. 15, 2016.

SOARES, Sandro Vieira; PICOLLI, Icaro Roberto Azevedo; CASAGRANDE, Jacir Leonir. Pesquisa bibliográfica, pesquisa bibliométrica, artigo de revisão e ensaio teórico em administração e contabilidade. Administração: ensino e pesquisa, v. 19, n. 2, p. 308-339, 2018.

TING, Su et al. Novas representações da homossexualidade no contexto da China. Fragmentum, v. 1, n. 35, p. 46-54, 2012.

TORRES, Marco Antonio. Direitos humanos LGBT (lésbicas, gays, bissexuais, travestis e transexuais) na educação e as lógicas heterossexistas. Seminário Internacional Fazendo Gênero, v. 9, p. 01-10, 2010.

VASCONCELOS, Nádia Machado de et al. Violência contra pessoas LGB+ no Brasil: análise da Pesquisa Nacional de Saúde 2019. Revista Brasileira de Epidemiologia, v. 26, p. e230005, 2023.

YAN, Mi. Tolerância da diversidade sexual: uma análise da comparação da presença da população homossexual entre o Brasil e a China. 2024. Tese de Doutorado.

ZION, Fénix. A CATEGORIA DE DESFILE RUNWAY FIGURA FEMININA NA COMUNIDADE AFRO-LATINA E LGBT AMERICANA BALLROOM: UMA PASSARELA CONTRACULTURAL. CADERNOS CÊNICOS, v. 2, pág. 26-26, 2020.

Publicado

2024-05-02

Como Citar

OLIVEIRA, K. da S. Vozes silenciadas: impacto das ditaduras no continente asiático sobre a comunidade LGBT+. Práticas Educativas, Memórias e Oralidades - Rev. Pemo, [S. l.], v. 6, p. e12583, 2024. DOI: 10.47149/pemo.v6.e12583. Disponível em: https://revistas.uece.br/index.php/revpemo/article/view/12583. Acesso em: 24 jul. 2024.