Uma antiga demonstração do teorema de Pitágoras desde a perspectiva da geometria dinâmica

Autores

DOI:

https://doi.org/10.30938/bocehm.v9i26.8030

Palavras-chave:

Teorema de Pitágoras, História da Matemática, GeoGebra, Tecnologias Digitais

Resumo

Com o propósito de contribuir com o uso de objetos de aprendizagem baseados em informações advindas da História da Matemática, neste trabalho se descreve a demonstração do teorema de Pitágoras realizada por Sócrates com o software GeoGebra. A fonte desta demonstração vem da coleção na obra intitulada The Pythagorean Proposition de autoria de Elisha Scott Loomis, publicada no ano de 1968 pela National Council of Teachers of Mathematics. O motivo de promover processos de ensino da matemática mediado pelo uso da História da Matemática e as Tecnologias Digitais vem de um cenário de pesquisa em três décadas, nas quais pouco se tem produzido nas interações destas duas tendências na Educação Matemática. Espera-se que este trabalho seja um apoio direto à prática pedagógica dos professores que lecionam Matemática na Educação Básica que tenham vontade de integrar Tecnologias Digitais nas suas aulas e seja de inspiração para a criação dos seus próprios materiais didáticos baseados em informações históricas da Matemática.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Ivonne C. Sánchez, Universidade Federal do Pará - UFPA

Doutoranda em Educação em Ciências e Matemáticas no Programa de Pós-Graduação em Educação em Ciências e Matemáticas (PPGECM) do Instituto de Educação Matemática e Científica (IEMCI) da Universidade Federal do Pará (UFPA). Mestre em Educação em Ciências e Matemáticas - área de concentração: Educação Matemática - (PPGECM/UFPA) com bolsa de estudo da CAPES (2018-2020). Graduada em Licenciatura em Educação Matemática e Física pela Universidade do Zulia, Venezuela (2011-2016). Membro do Grupo de Pesquisa Práticas Socioculturais e Educação Matemática (GPSEM/UFPA). Pesquisadora nível A-2 no Programa de Estímulo à Pesquisa e Inovação da Venezuela (2015 - Atual). Possui experiência na área de Educação Matemática com ênfase em: Formação de Professores com Tecnologias Digitais, Ensino de Matemática com Tecnologias Digitais, Uso do GeoGebra no Ensino da Matemática. E-mail: ivonne.s.1812@gmail.com 

Luis Andrés Castillo, Universidade Federal do Pará - UFPA

Doutorando em Educação em Ciências e Matemáticas com bolsa de estudo da FAPESPA (2021-2025/ Edital 14/2021 PROPESP-UFPA) no Programa de Pós-Graduação em Educação em Ciências e Matemáticas (PPGECM) do Instituto de Educação Matemática e Científica (IEMCI) da Universidade Federal do Pará (UFPA). Mestre em Educação em Ciências e Matemáticas - área de concentração: Educação Matemática - (PPGECM/UFPA) com bolsa de estudo da CAPES (2018-2020). Graduado em Licenciatura em Educação Matemática e Física pela Universidade do Zulia, Venezuela (2011-2016). Atualmente é Professor Convidado na Universidade Federal do Tocantins (UFT), Campus Universitário de Arraias, no Curso de Licenciatura em Matemática. Membro do Grupo de Pesquisa Práticas Socioculturais e Educação Matemática (GPSEM/UFPA). Pesquisador nível A-1 no Programa de Estímulo à Pesquisa e Inovação da Venezuela (2015 - Atual). Pertence ao corpo Editorial de periódicos tanto nacionais, bem como internacionais, como parte do Conselho Consultivo, Equipe Técnica e Parecerista ad hoc. Possui experiência na área de Educação Matemática com ênfase em: Formação de Professores com Tecnologias Digitais, Ensino de Matemática com Tecnologias Digitais, Uso do GeoGebra no Ensino da Matemática, Modelagem Matemática com GeoGebra. Possui experiência em trabalhos técnicos na administração e customização do Sistema Eletrônico de Editoração de Revistas (SEER) ou Open Journal Systems (OJS). E-mail: luiscastleb@gmail.com

Referências

BORBA, M. C.; PENTEADO, M. G. Informática e Educação Matemática. 6. ed. São Paulo: Autêntica, 2019.

CASTILLO, L. A; GUTIÉRREZ, R. E.; SÁNCHEZ, I. C. O uso do comando sequência na Elaboração de Simuladores com o software GeoGebra. Revista do Instituto GeoGebra Internacional de São Paulo, [S. l.], v. 9, n. 3,

p. 106–119, 2020. https://doi.org/10.23925/2020.v9i3p106-119

GUTIÉRREZ, R. E.; CASTILLO, L. A. Simuladores com o software GeoGebra como objetos de aprendizagem para o ensino da física. Tecné Episteme y Didaxis: TED, [S.l.], n. 47, p. 201–216, 2020. https://doi.org/10.17227/ted.num47-11336

KALINKE, M. A.; DEROSSI, B.; JANEGITZ, L. E.; RIBEIRO, M. S. N. (2015). Tecnologias e edu-cação matemática: um enfoque em lousas digitais e objetos de aprendizagem. Em M. A. Kalinke; L. F. Mocrosky (Org.), Educação matemática: pesquisas e possibilidades, pp. 159-186, Curitiba: Ed. UTFPR

KOPER, R. Combining re-usable learning resources to pedagogical purposeful units of learning. Em A. Littlejohn (Org.) Reusing online resources: a sustainable approach to eLearning, pp. 1-8, London: Kogan Page, 2003

LOOMIS, E. S. 1968. The Pythagorean Proposition. National Council of Teachers of Mathematics, 1968

MENDES, I. A. História da matemática no ensino: Entre trajetórias profissionais, epistemológicas e pesquisas. 1a. ed. São Paulo: Livraria da Física/SBHMat, 2015.

MENDES, I. A. Histórias para o Ensino de Matemática em saberes multidimensionais. In: VALENTE, Wagner Rodrigues (org.). Ciências da Educação, campos disciplinares e profissionalização: Saberes em debate para a formação de professores. 1. ed. São Paulo: Livraria da Física, 2020. p. 243.

MÜLLER, I. Tendências atuais de Educação Matemática. UNOPAR Cient., Ciênc. Hum. Educ., [S. l.], v. 1, n. 1, p. 133–144, 2000.

SÁNCHEZ, I. C.; CASTILLO, L. A.; MENDES, I. A. História da Matemática e Tecnologias Digitais: do que tratam três décadas de teses e dissertações? PARADIGMA, [S. l.], v. 42, n. 2, p. 183–205, 2021. https://doi.org/10.37618/PARADIGMA.1011-2251.2021.p183-205.id1064

SANTOS, M. L. Objetos e ambientes virtuais de aprendizagem no ensino de matemática: um estudo de caso para o estágio supervisionado de docência (Dissertação de mestrado). Universidade Cruzeiro do Sul, São Paulo. 2007

SOUSA, G. C. Aliança entre HM, TDIC e IM: Fundamentos e Aplicações. REMATEC, [S. l.], v. 15, p. 117–136, 2020. https://doi.org/10.37084/REMATEC.1980-3141.2020.n0.p117-136.id239.

Disponível em: http://www.rematec.net.br/index.php/rematec/article/view/239

SOUSA, G. C.; ANDRADE, L. V. Uma proposta de uso da história da matemática apoiada pelas TIC e HM para o ensino de função. Boletim Cearense de Educação e História da Matemática, [S. l.], v. 3, n. 7, p. 41–53, 2016. https://doi.org/10.30938/bocehm.v3i7.64.

Disponível em: https://revistas.uece.br/index.php/BOCEHM/article/view/64

URBANEJA, P. M. El Teorema llamado de Pitágoras. Una historia geométrica de 4.000 años. 2008.

Downloads

Publicado

2022-04-29

Como Citar

SÁNCHEZ, I. C.; CASTILLO, L. A. Uma antiga demonstração do teorema de Pitágoras desde a perspectiva da geometria dinâmica. Boletim Cearense de Educação e História da Matemática, [S. l.], v. 9, n. 26, p. 214–226, 2022. DOI: 10.30938/bocehm.v9i26.8030. Disponível em: https://revistas.uece.br/index.php/BOCEHM/article/view/8030. Acesso em: 10 ago. 2022.