ARTEFATOS HISTÓRICOS NO ENSINO DA MATEMÁTICA

um estudo a partir dos anais do seminário nacional de história da matemática (2011-2017)

  • Cristiane Borges Angelo
  • Maria de Fátima Gomes do Nascimento UFPB
Palavras-chave: História da Matemática; Artefatos Históricos; Ensino de Matemática.

Resumo

Este trabalho objetiva apresentar os resultados de uma pesquisa que objetivou investigar o uso de artefatos históricos nos trabalhos apresentados nos anais do Seminário Nacional de História da Matemática (SNHMat). O recorte temporal feito na pesquisa deveu-se ao fato de somente termos conseguido acesso aos anais dos últimos quatro seminários. Optamos em focar em trabalhos desse tipo pois acreditamos na importância e relevância que esse tipo de pesquisa apresenta para a área da História da Matemática, em especial as pesquisas que mencionam o uso de um objeto que faz parte da história e que foi útil em algum momento histórico. Essa pesquisa quanto à abordagem foi qualitativa. Quanto aos objetivos consistiu em uma pesquisa descritiva. Tratou-se de uma pesquisa documental tendo em vista que esse tipo de pesquisa “consiste na exploração das fontes documentais que são em grande número. Definimos como estratégias metodológicas as seguintes etapas: (1) Busca dos anais do evento na página oficial da Sociedade Brasileira de Educação Matemática (SBEM); (2) Levantamento dos trabalhos publicados nos anais que versavam sobre o tema objeto deste estudo; (3) Leitura integral de cada trabalho levantado; (3) Catalogação dos trabalhos a fim de identificar o título, o(s) autor(es), a instituição, o(s) objetivo(s), o artefato utilizado, a natureza do trabalho (pesquisa ou relato de experiência), o público-alvo; o tipo da pesquisa, e as palavras-chave; (4) Análise dos trabalhos a fim de identificar quais aspectos foram privilegiados no trabalho com artefatos históricos nas aulas de Matemática. trabalhos. A fundamentação teórica se apoiou nos trabalhos de Mendes (2001), Oliveira (2009, 2017), Feliciano (2008), Brasil (1998), dentre outros. Como resultados, catalogamos e analisamos quinze trabalhos entre comunicações científicas e relatos de experiências, que apresentavam algum artefato histórico em atividades desenvolvidas na disciplina de Matemática. Concluímos que que a maior parte dos trabalhos que tiveram alguma experiência desenvolvida em ensino focaram na formação inicial de professores. Também destacamos o número de trabalhos que apresentaram estudos teóricos relacionados à História da Matemática, propriamente dita. Além disso, evidenciamos que ainda há poucas pesquisas que tratam sobre a história da Matemática juntamente com um artefato histórico, sendo assim, se faz necessário que outros autores possam ter a curiosidade de explorar tal tema criando assim mais trabalhos que poderão servir de base para trabalhos futuros.

Publicado
2019-04-30