Contribuições do estudo de mulheres na matemática para a formação de professores: uma investigação acerca dos conhecimentos matemáticos para o ensino

Autores

DOI:

https://doi.org/10.30938/bocehm.v9i26.8011

Palavras-chave:

História da Matemática, Mulheres na Matemática, Formação de Professores, Conhecimento Matemático para o Ensino

Resumo

A presente investigação tem como objetivo analisar as contribuições do estudo da temática referente à “História das Mulheres na Matemática” para a formação de professores à luz do modelo “Conhecimento Matemático para o Ensino”, conhecido pela sigla MKT, e proposto por Deborah Ball e colaboradores. Para tanto, foram coletados dados ao longo do desenvolvimento desse tópico em uma disciplina de História da Matemática de um curso de Licenciatura em Matemática. Os dados foram coletados por meio de diário de campo, gravações audiovisuais e entrevistas. As atividades realizadas pelos licenciandos também foram analisadas. As análises indicam que os conhecimentos expressos/evidenciados pelos estudantes são referentes ao “Conhecimento Específico do Conteúdo”, especificamente ao subdomínio “Conhecimento do Conteúdo no Horizonte” e ao “Conhecimento Pedagógico do Conteúdo”, de modo específico, aos subdomínios: “Conhecimento do Conteúdo e dos Estudantes”, “Conhecimento do Conteúdo e Ensino” e “Conhecimento do Conteúdo e do Currículo”. Assim, concluímos que uma abordagem da temática “História das Mulheres na Matemática” tem o potencial de possibilitar aos licenciandos a mobilização de conhecimentos fundamentais à profissão docente. Nesse sentido, destacamos a relevância da ampliação da discussão dessa temática nos cursos de licenciatura em matemática no Brasil.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Ana Cristina Silva Pereira, Universidade Federal de Itajubá - UNIFEI

Possui graduação em Licenciatura Matemática pelo Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Sul de Minas campus Pouso Alegre.Participou como bolsista do projeto Residencia Pedagógica na Escola Estadual Presidente Bernardes no período de 2018 à 2020 em Pouso Alegre - MG.Tem experiência na área de Educação, com ênfase em ensino de Matemática, atuando principalmente nos seguintes temas: História da Matemática, Educação Matemática e Formação de professores. É membro do Grupo de Pesquisa em Educação Matemática e Práticas Formativas -GPEMPF. Atualmente cursa a disciplina Semiótica e Experimentos Mentais componente do Mestrado Profissional em Educação Matemática na Universidade Federal de Juiz de Fora- UFJF. É mestranda no curso de Pós -Graduação em Educação em Ciências da Universidade Federal de Itajubá- UNIFEI.

Mariana Feiteiro Cavalari, Universidade Federal de Itajubá - UNIFEI

Licenciada em Matemática pela Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP) em 2004, mestre em Educação Matemática pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (UNESP) Câmpus Rio Claro em 2007 e doutora em Educação Matemática pela mesma instituição em 2012. Realizou uma pesquisa, na condição de Affiliate Academic, no Institute of Education da University College London (IOE-UCL) por uma ano (03/2018 - 02/2019). Foi professora de Matemática em escolas da Educação Básica no Estado de São Paulo e desde 2009, é professora da Universidade Federal de Itajubá - UNIFEI. Atuando no Instituto de Matemática e Computação desta instituição, leciona, sobretudo, as disciplinas de Prática de Ensino de Matemática, Estágio Supervisionado e História da Matemática. É membro permanente do corpo docente do Programa de Pós-graduação em Educação em Ciências desta instituição. Suas áreas de pesquisa são: História da Matemática; História das Mulheres e Gênero na Matemática e; articulações entre História da Matemática e Educação Matemática

Referências

ARAMAN, E. M. O. Contribuições da história da matemática para construção dos saberes do professor de matemática. 2011. Tese (Programa de Pós-Graduação em Ensino de Ciências e Educação Matemática) - Universidade Estadual de Londrina, Londrina, 2011.

BALESTRI, R. D. A participação da História da Matemática na formação inicial de professores de Matemática na ótica de professores e pesquisadores. 2008. Dissertação (Programa de Pós-Graduação em Ensino de Ciências e Educação Matemática) - Universidade Estadual de Londrina, Londrina, 2008

BALL, D. L.; THAMES, M. H.; PHELPS, G. Content Knowledge for Teaching: What Makes It Special? Journal of teacher education, v. 59, n. 5, p. 389-407, 2008

BORGES, L. C. A História da Matemática na Formação inicial de Professores de Matemática: um estudo em teses e dissertações brasileiras. Dissertação de mestrado apresentada ao Programa de Pós-Graduação em Educação em Ciências da Universidade Federal de Itajubá. 2019.

BORGES, L.C; CAVALARI, M. F. A História da Matemática em propostas didáticas para a formação de professores: um estudo em teses e dissertações brasileiras. Revista Paranaense de Educação Matemática, v. 10, n. 22, p. 174-199, 2021.

CARVALHO, A. M. P. O uso de vídeos na tomada de dados: pesquisando o desenvolvimento do ensino em sala de aula. Pro-posições, v. 7, n. 1, p. 5-13, 1996.

CAVALARI, M. F.; BONFIM, S. H.; CALABRIA, A. R. A história da matemática nos cursos de formação de professores de matemática: um mapeamento inicial. In: SEMINÁRIO NACIONAL DE HISTÓRIA DA MATEMÁTICA, 13, 2019, Fortaleza. Anais..., Fortaleza, SBHMat: 2019. p. 275-285.

CAVALARI, M. F. A inserção da história da matemática na formação inicial de professores: breves considerações. In: SEMINÁRIO NACIONAL DE HISTÓRIA DA MATEMÁTICA, 13, 2019, Fortaleza. Anais..., Fortaleza, SBHMat: 2019. p. 39-52.

CAVALARI, M. F. História, mulheres e educação matemática. In: ENCONTRO NACIONAL DE EDUCAÇÃO MATEMÁTICA, 10., 2010, Salvador. Anais... Salvador: [s.n.], 2010. p. 1-11.

FIORENTINI, D.; LORENZATO, S. Investigação em educação matemática: percursos teóricos e metodológicos. 3. ed. rev. Campinas: Autores Associados, 2012.

GLADSTONE, J. R., CIMIPIAN, A. Which role models are effective for which students? A systematic review and four recommendations for maximizing the effectiveness of role models in STEM. International Journal of STEM Education (online), 8(1): 59, 2021.

JANKVIST, U. T. et al. Analysing the use of history of mathematics through MKT. International Journal of Mathematical Education in Science and Technology, v. 46, n. 4, p. 495-507, 2015.

MIGUEL, A. Três estudos sobre história e educação matemática.346 f. Tese

(Doutorado em Educação) - Faculdade de Educação, Universidade Estadual de

Campinas, 1993.

PAZUCH, V.; RIBEIRO, A. J. Conhecimento profissional de professores de matemática e o conceito de função: uma revisão de literatura. Educação Matemática Pesquisa: Revista do Programa de Estudos Pós-Graduados em Educação Matemática, v. 19, n. 1, 2017.

SHULMAN, L. Those who understand: Knowledge growth in teaching. Educational Researcher, p. 4-14, 1986.

Downloads

Publicado

2022-05-23

Como Citar

PEREIRA, A. C. S.; CAVALARI, M. F. . Contribuições do estudo de mulheres na matemática para a formação de professores: uma investigação acerca dos conhecimentos matemáticos para o ensino. Boletim Cearense de Educação e História da Matemática, [S. l.], v. 9, n. 26, p. 318–332, 2022. DOI: 10.30938/bocehm.v9i26.8011. Disponível em: https://revistas.uece.br/index.php/BOCEHM/article/view/8011. Acesso em: 17 ago. 2022.