A utilização da escala de cordas do Sector de Thomas Hood na visão de licenciandos em matemática

Autores

DOI:

https://doi.org/10.30938/bocehm.v11i32.12393

Palavras-chave:

Formação inicial de professores de matemática, História da Matemática, Instrumentos Matemáticos, Sector de Thomas Hood

Resumo

O estudo apresentado tem como base um recurso histórico intitulado Sector, idealizado pelo estudioso das matemáticas Thomas Hood (1556-1620), que foi descrito na obra The making and use of the geometricall instrument, called a Sector, de 1598, na Inglaterra. Esse instrumento matemático era utilizado, na época, para a mensuração de terras, problemas geométricos e aritméticos, além disso, possuía três escalas, sendo uma delas a de cordas, que era utilizada para obtenção de polígonos inscritos em circunferências. Diante disso, esse trabalho objetiva descrever e explorar a percepção sobre aspectos geométricos de licenciandos em matemática sobre a utilização do instrumento Sector, a partir da sua escala de cordas, por meio de um curso de extensão universitária, aplicado na Universidade Estadual do Ceará, no período de junho de 2023. A metodologia utilizada foi a qualitativa de cunho descritivo, com base em uma pesquisa documental, além de utilizar pressupostos metodológicos a partir da pesquisa-ação. Diante disso, neste trabalho são expostos conhecimentos em torno do Sector de Thomas Hood e sua utilização, características sobre o lócus e participantes da pesquisa, aspectos sobre o curso de extensão universitária e as considerações sobre os conhecimentos matemáticos realizados pelos licenciandos. Dessa forma, reflete-se sobre as possíveis potencialidades didáticas que emergiram da utilização do instrumento, por meio da aplicação do curso.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Métricas

Carregando Métricas ...

Biografia do Autor

Lívia Bezerra de Alencar, Universidade Estadual do Ceará - UECE

É mestranda pelo Programa de Pós-Graduação em Educação na Universidade Estadual do Ceará, possui graduação em Licenciatura em Matemática pela Universidade Estadual do Ceará (2023), foi bolsista pelo Programa Institucional de Bolsas de Iniciação em Desenvolvimento Tecnológico e Inovação (PIBITI) pelo Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), foi bolsista também pelo Projeto Institucional de Bolsa de Iniciação a Docência (PIBID) pela Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES) e bolsista de monitoria da disciplina de Prática de Ensino I pela Universidade Estadual do Ceará. É membro do Grupo de Pesquisa em Educação e História da Matemática (GPEHM). Desenvolve projeto na área da Educação Matemática, com ênfase em História de Matemática, atuando principalmente nos seguintes temas: Fontes históricas, instrumentos matemáticos do século XVI, interface entre história e ensino de matemática e formação do professor de matemática.

Referências

ALENCAR, Lívia Bezerra de; PEREIRA, Ana Carolina Costa. Estudos iniciais sobre o sector de Thomas Hood (1556-1620). Boletim Cearense de Educação e História da Matemática, [S. l.], v. 9, n. 26, p. 345–358, 2022.

ALENCAR, Lívia Bezerra de; SANTOS, Andressa Gomes dos. O Setor de Thomas Hood (1556-1620) como objetivo de estudo na interface entre a história e o ensino de matemática. In: PEREIRA, Ana Carolina Costa; BATISTA, Antônia Naiara de Sousa; OLIVEIRA, Gisele Pereira. Pesquisas sobre ensino de matemática no GPEHM junior: construindo uma prática investigativa. Fortaleza: Quipá, 2021. Cap. 1. p. 14-24.

ALENCAR, Lívia Bezerra de. A construção da escala de cordas a partir do sector de Thomas Hood (1556-1620) para a compreensão de aspectos geométricos na formação inicial de professores. 2023. 96 f. TCC (Graduação) - Curso de Licenciatura em Matemática, Centro de Ciências e Tecnologias, Universidade Estadual do Ceará, Fortaleza, 2023.

ALVES, Verusca Batista. Um estudo sobre os conhecimentos matemáticos mobilizados no manuseio do instrumento círculos de proporção de William Oughtred. 2019. 156 f. Dissertação (Mestrado) - Curso de Matemática, Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Ceará - Ifce, Fortaleza, 2019.

BARONI, Rosa Lúcia Sverzut; TEIXEIRA, Marcos Vieira; NOBRE, Sérgio. A Investigação científica em história da matemática e suas relações com o programa de pós-graduação em educação matemática. In: BICUDO, M. A. e BORBA, M. C (org.). Educação Matemática: pesquisa em movimento. São Paulo: Cortez Editora, 2004. p. 164-185.

HOOD, Thomas. The making and use of the geometricall instrument, called a sector. 1a Edição. Londres: John Winds, 1598.

KRIPKA, Rosana Maria Luvezute; SCHELLER, Morgana; BONOTTO, Danusa de Lara. Investigação Qualitativa em Educação. Rio Grande do Sul: Atas, 2015.

LORENZATO, Sérgio (org.). O Laboratório de Ensino de Matemática na formação de professores. 1ª. Ed. Campinas, SP: Autores Associados, p. 3-37, 2006 (Coleção Formação de Professores).

MAZUCATO, Thiago. Metodologia da Pesquisa e do Trabalho Científico. 1ª Edição. São Paulo: Editora FUNEPE, 2018.

PEREIRA, Ana Carolina Costa. Conhecendo a história do GPEHM e sua contribuição para a educação matemática no Ceará. In: PEREIRA, Ana Carolina Costa (org.). Ensino e história da matemática: enfoques de uma prática. Fortaleza: Eduece, 2020. Cap. 1. p. 15-39.

PEREIRA, Ana Carolina Costa; SAITO, Fumikazu. A reconstrução do Báculo de Petrus Ramus na interface entre história e ensino de matemática. Revista Cocar, [S. l.], v. 13, n. 25, p. 342–372, 2019.

PRODANOV, Cleber Cristiano; PRODANOV, Cleber Cristiano. Metodologia do Trabalho Científico: métodos e técnicas da pesquisa e do trabalho acadêmico. 2. ed. Novo Hamburgo: Editora Feevale, 2013.

SANTOS, Andressa Gomes dos. Os aspectos matemáticos relacionados à média geométrica que emergem a partir da manipulação da escala dos números (1623) elaborada por Edmund Gunter com licenciandos em matemática. Dissertação (Mestrado) - Curso de Matemática, Programa de Pós-Graduação em Ensino de Ciências e Matemática, Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Ceará, Fortaleza, 2022

THIOLLENT, Michel. Temas básicos de: metodologia da pesquisa-ação. 2. ed. São

Paulo: Cortes Editora, 1986. 28 p.

Downloads

Publicado

2024-05-01

Como Citar

ALENCAR, L. B. de. A utilização da escala de cordas do Sector de Thomas Hood na visão de licenciandos em matemática. Boletim Cearense de Educação e História da Matemática, [S. l.], v. 11, n. 32, p. 1–17, 2024. DOI: 10.30938/bocehm.v11i32.12393. Disponível em: https://revistas.uece.br/index.php/BOCEHM/article/view/12393. Acesso em: 12 jul. 2024.