Relação entre estresse percebido, funcionamento global e variáveis sociodemográficas e clínicas entre indivíduos na fase inicial da psicose

Autores

  • Ana Carolina G. Zanetti
  • Aline Cristina Carniel
  • Amanda Heloísa Santana da Silva
  • Edilaine Cristina da Silva Gherardi-Donato
  • Isabela dos Santos Martin
  • Kelly Graziani Giacchero Vedana
  • Larissa Amorim de Freitas
  • Maria Neyrian de Fátima Fernandes

Resumo

Objetivo: Explorar a relação entre estresse percebido, funcionamento global e variáveis ​​sociodemográficas e clínicas entre pacientes na fase inicial da psicose. Metodologia: Estudo transversal realizado com 82 pacientes com psicose, atendidos em um serviço de intervenção precoce localizado em Ribeirão Preto, Brasil. Para a coleta de dados foram utilizados um formulário para caracterização sociodemográfica e clínica, a Escala de Estresse Percebido e a Escala de Avaliação Global de Funcionamento. Estatísticas descritivas e inferenciais foram utilizadas para análise dos dados. Resultados: Mulheres apresentaram maiores escores de funcionamento global e estresse percebido. Pacientes com companheiros apresentaram escores mais elevados de estresse percebido. Pacientes que não utilizavam substâncias apresentaram maior funcionamento global. Houve correlação inversa, fraca e significativa entre estresse percebido e renda familiar. Em relação ao estresse percebido e funcionamento global, os resultados indicam uma correlação inversa e fraca, mas não significativa. Conclusão: Os achados oferecem evidências que direcionam intervenções precoce estratégicas à indivíduos na fase inicial da psicose. Além disso, os resultados reforçam a necessidade do olhar cuidadoso para indivíduos em uso de substâncias e a utilização de outras modalidades terapêuticas, visando prevenir ou retardar  prejuízos funcionais, principalmente entre a população masculina. 

Downloads

Publicado

2022-03-14

Como Citar

1.
Zanetti ACG, Carniel AC, Silva AHS da, Gherardi-Donato EC da S, Martin I dos S, Vedana KGG, Freitas LA de, Fernandes MN de F. Relação entre estresse percebido, funcionamento global e variáveis sociodemográficas e clínicas entre indivíduos na fase inicial da psicose. Dialog Interdis Psiq S Ment [Internet]. 14º de março de 2022 [citado 16º de maio de 2022];1(1):23-31. Disponível em: https://revistas.uece.br/index.php/dipsm/article/view/7275