O constructo personalidade em uma perspectiva da terapia cognitiva comportamental

considerações dos modelos de avaliação psicológica

Autores

  • Maria Suely Alves Costa Doutora em Psicologia Aplicada, Curso de Psicologia, Universidade Federal do Ceará, Sobral- CE
  • André Sousa Rocha Psicólogo pela Universidde Federal do Ceará, Mestrando em Psicologia pela Universidade São Francisco

Resumo

O constructo da personalidade vem sendo estudado pelas áreas que buscam compreender o comportamento humano. A noção de personalidade tem sofrido significativas mudanças em todo o seu processo de construção, refletindo a sua complexidade. O comportamento humano é influenciado por um conjunto de fatores que o modelam, sejam antropológicos ou culturais, sócio-econômicos, biológicos ou fisiológicos e psicológicos. Nessa direção, a personalidade se desenvolve ao longo da vida, sendo influenciada pelos fatores biopsicossociais, tendo pontos de estabilidade e de mudanças ao longo do ciclo vital. Ao pensarmos a personalidade em duas abordagens, a idiográfica e a nomotética, reconhecemos as dimensões que partem do particular, mas que consideram a dimensão coletiva. O objetivo principal deste estudo foi apresentar o constructo personalidade em uma perspectiva da terapia cognitiva comportamental (TCC) e as considerações dos modelos de avaliação psicológica, além da apresentação das definições do constructo e de suas dimensões. O conhecimento do constructo personalidade  influencia a avaliação do comportamento humano e as intervenções em TCC podem auxiliar os profissionais no desenvolvimento de estratégias de intervenção cada vez mais eficientes. Conclui-se, a partir dos estudos apresentados, que a compreensão acerca da personalidade exerce impactos significativos no desenvolvimento de intrumentos e de intervenções eficazes.

Downloads

Publicado

2022-03-14

Como Citar

1.
Costa MSA, Rocha AS. O constructo personalidade em uma perspectiva da terapia cognitiva comportamental: considerações dos modelos de avaliação psicológica . Dialog Interdis Psiq S Ment [Internet]. 14º de março de 2022 [citado 19º de maio de 2022];1(1):15-22. Disponível em: https://revistas.uece.br/index.php/dipsm/article/view/7329