O Youtube como ferramenta de ensino da história da matemática: uma análise de vídeos

Autores

DOI:

https://doi.org/10.30938/bocehm.v9i26.8004

Palavras-chave:

Análise de Conteúdo, Ambientes não formais, Redes sociais

Resumo

As redes sociais vêm ganhando cada vez mais espaços, podendo, também, ser utilizada como auxílio na educação. Tais tecnologias já existiam no ambiente educacional, contudo teve maior destaque no período pandêmico devido à adequação das escolas para o ensino remoto. Assim, este trabalho teve como objetivo discutir através da análise de conteúdo as abordagens identificadas nos vídeos mais relevantes no Youtube que abordavam a temática “História da Matemática”. Para isso optou-se por realizar um mapeamento das características dos vídeos disponíveis na referida plataforma sobre História da Matemática de maior relevância e analisar os discursos apresentados nestes. Assim, observou-se fatores como quantidade de visualizações, canais, data de publicação e transcrições dos vídeos. A partir do corpus textual foi identificado quatro classificações: “Biografia dos matemáticos”, à “utilização da matemática no passado e na contemporaneidade”, à “geometria e a trigonometria relacionadas à História da Matemática” e à “História da Matemática por meio de exemplos em sala de aula”, que emergiram das transcrições. Observou-se que os conteúdos relacionados a História da Matemática, apresentados pelos vídeos do Youtube, não destoam das abordagens, normalmente, utilizadas em sala de aula, quanto ao conteúdo. Contudo, é importante ressaltar que estes vídeos devem ser dispostos de forma suplementar, principalmente, quando utilizados pelos cursos de formação inicial.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Reullyanne Freitas de Aguiar, Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Maranhão - IFMA

Mestra em Energias Renováveis, pelo Instituto Federal de Ciências, Tecnologia e Educação - IFCE (2014), Campus Maracanaú. Especialista no Ensino da Matemática - UVA (Universidade Vale do Acaraú), graduada em Licenciatura Plena em Ciências Biológicas - Faculdades Integradas do Tapajós (2008) e graduada em Curso de Licenciatura Plena em Matemática pela Universidade Federal do Pará (2008). Tem experiência em ministrar a disciplina de matemática na Educação Básica. Líder do Grupo de Estudo e Pesquisa em Laboratório de Educação Matemática e atualmente, é professora EBTT no Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Maranhão, Campus: Buriticupu.

Francisco Alexandre de Lima Sales, Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Maranhão - IFMA

Possui mestrado em Engenharia Agrícola pela Universidade Federal do Ceará (UFC), graduação em Recursos Hídricos e Irrigação pelo Instituto Centro de Ensino Tecnológico (CENTEC), graduação em Licenciatura em Matemática pela Faculdade Cidade de Guanhães (FACIG). Atualmente é professor efetivo de matemática do Instituto Federal do Maranhão, campus Buriticupu. Vice-líder do Grupo de Estudos e Pesquisas em Laboratório de Educação Matemática (Geplemat), atuando principalmente nos seguintes temas: matemática, ensino e aprendizagem, análise espacial de dados.

Referências

AGUIAR, Reullyanne Freitas de; SALES, Francisco Alexandre de Lima; OLIVEIRA, Jonas Noronha de. Interrelação entre os criadores de conteúdo do Youtube e os alunos para o ensino e aprendizagem de frações. Histemat, São Paulo-SP, v. 7, p. 1–15, 2021. Disponível em: https://histemat.com.br/index.php/HISTEMAT/article/view/397. Acesso em: 14 mar. 2022.

BORTOLI, Gládis; MARCHI, Miriam Inês; GIONGO, Ieda Maria. Entrecruzamentos do pensamento etnomatemático e da história Da matemática: possibilidades para uma prática pedagógica. Zetetiké, São Paulo, v. 22, n. 1, p. 59, 2014. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/aviso.html. Acesso em: 14 mar. 2022.

BRANDEMBERG, João Cláudio. Sobre o uso da história da matemática no ensino de equações algébricas. Revista Cocar, Belém-PA, n. 3, p. 167–186, 2017. Disponível em: https://periodicos.uepa.br/index.php/cocar/article/view/1168. Acesso em: 14 mar. 2022.

BRUM, Wanderley Pivatto; SILVA, Sani De Carvalho Rutz da. A história da matemática e os conhecimentos prévios dos professores como subsídios para o planejamento de um curso sobre geometria. Itinerarius Reflectionis, Belém-PA, v. 10, n. 2, 2015. Disponível em: https://periodicos.ufpa.br/index.php/revistaamazonia/article/view/2298. Acesso em: 14 mar. 2022.

CARDOSO, Virgínia Cardia; SILVA, Rosana Rodrigues da. A história da matemática nos planos de aula do portal do professor – MEC. Educação : teoria e prática, Rio Branco- SP, v. 29, n. 62, p. 626–646, 2019. Disponível em: https://www.periodicos.rc.biblioteca.unesp.br/index.php/educacao/article/view/14093.

CARVALHO, Letícia Sousa; CAVALARI, Mariana Feiteiro. A História da Matemática na Educação Básica: Concepção de licenciandos(as) em Matemática. Research, Society and Development, Vargem Grande Paulista-SP, v. 8, n. 4, 2019. Disponível em: https://www.redalyc.org/journal/5606/560662195028/html/. Acesso em: 14 mar. 2022.

CARVALHO, Letícia Sousa; CAVALARI, Mariana Feiteiro; CRISTOVÃO, Eliane Matesco. História da Matemática em sala de aula: contribuições para o ensino e aprendizagem de equação do primeiro grau na Educação Básica. Revista de Ensino de Ciências e Matemática, São Paulo-SP, v. 12, n. 5, p. 1–24, 2021.

FEITOSA, Raphael Alves; SILVA, Isabelle Coelho da. Uma revisão sistemática de literatura acerca dos trabalhos sobre a interface entre ensino e história da matemática. Amazônia: Revista de Educação em Ciências e Matemáticas, Belém-PA, v. 17, n. 38, p. 293, 2021. Disponível em: https://periodicos.ufpa.br/index.php/revistaamazonia/article/view/10611. Acesso em: 14 mar. 2022.

GROENWALD, Claudia Lisete Oliveira; SAUER, Lisandra de Oliveira; FRANKE, Rosvita Fuelber. A história da matemática como recurso didático para o ensino da teoria dos números e a aprendizagem da matemática no ensino básico. Paradígma, Ribeirão Preto-SP, v. 26, n. 2, p. 35–55, 2005. Disponível em: http://ve.scielo.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1011-22512005000200003&lng=es&nrm=iso&tlng=pt. Acesso em: 26 fev. 2022.

GRÜTZMANN, Thaís Philipsen; ALVES, Rozane Da Silveira; LEBEDEFF, Tatiana Bolivar. A pedagogia visual na educação de surdos: uma experiência com o ensino da matemática no MathLibras. Práxis educacional, Salvador-BA, v. 16, n. 37, p. 51, 2020. Disponível em: https://periodicos2.uesb.br/index.php/praxis/article/view/5982. Acesso em: 14 mar. 2022.

GUARDIAS, Angélica María Velasco; BAUTISTA, Susana Montiel; GARCÍA, Susana Ramírez. Los videos educativos como herramienta disruptiva para apoyar el proceso de aprendizaje de algoritmos de resta y multiplicación en estudiantes de segundo grado de primaria. Educación (Universidad de Costa Rica), Costa Rica, v. 42, n. 2, p. 149–169, 2018. Disponível em: https://www.scielo.sa.cr/scielo.php?pid=S2215-26442018000200009&script=sci_abstract&tlng=es. Acesso em: 14 mar. 2022.

HOFFMANN, Yohana Taise et al. Análise textual com IRaMuTeQ de pesquisas recentes em História da educação matemática no Brasil: um exemplo de Humanidades Digitais. Investigación Bibliotecológica: archivonomía, bibliotecología e información, Cidade do México, v. 34, n. 84, p. 103, 2020. Disponível em: http://rev-ib.unam.mx/ib/index.php/ib/article/view/58097. Acesso em: 26 nov. 2021.

JUNGES, Débora de Lima Velho; ROSA, Lucas Pereira da; GATTI, Amanda. Youtube e educação matemática: um estudo dos canais especializados em ensinar matemática escolar. Perspectiva (Florianópolis, Brazil), Florianópolis-SC, v. 39, n. 1, p. 1–20, 2021. Disponível em: https://periodicos.ufsc.br/index.php/perspectiva/article/view/70781. Acesso em: 14 mar. 2022.

MENDES, Iran Abreu. Cognição e Criatividade na Investigação em História da Matemática: contribuições para a Educação Matemática. Alexandria (Florianópolis), Florianópolis-SC, v. 6, n. 1, p. 185–204, 2013. Disponível em: https://periodicos.ufsc.br/index.php/alexandria/article/view/37942. Acesso em: 14 mar. 2022.

MENDES, LUIS HENRIQUE ROCHA; GONZAGA, Edson Pereira; MOURA, Sayllor Vinicius Oliveira. Análise do canal Nerdologia: Um modelo de edutenimento no Youtube. Revista de Ensino de Ciências e Matemática, São Paulo-SP, v. 10, n. 6, p. 39–55, 2019. Disponível em: https://revistapos.cruzeirodosul.edu.br/index.php/rencima/article/view/2030.

MOREIRA, José António Marques; SANTANA, Camila Lima Santana e; BENGOECHEA, Aitor González. Ensinar e aprender nas redes sociais digitais: o caso da Mathgurl no YouTube. SEECI 2000, Madrid, n. 50, p. 107–127, 2019. Disponível em: https://www.proquest.com/openview/15a417413750b47cf9d27441941e3d5a/1?pq-origsite=gscholar&cbl=1306338. Acesso em: 14 mar. 2022.

OLIVEIRA, Maria Cristina de; FRAGOSO, Wagner de Cunha. História da Matemática: história de uma disciplina. Revista diálogo educacional, São Paulo-SP, v. 11, n. 34, p. 625, 2011. Disponível em: https://periodicos.pucpr.br/dialogoeducacional/article/view/4453. Acesso em: 14 mar. 2022.

PACHÊCO, Franklin Fernando Ferreira; SILVA, Josinaldo José da. A História da Matemática em livros didáticos dos anos iniciais do Ensino Fundamental. REMAT: Revista Eletrônica da Matemática, Bento Gonçalves-RS, v. 7, n. 1, p. e2006, 2021. Disponível em: https://periodicos.ifrs.edu.br/index.php/REMAT/article/view/4623. Acesso em: 14 mar. 2022.

PEREIRA, ELISÂNGELA MIRANDA. A História da Matemática nos livros didáticos de Matemática do Ensino Médio : conteúdos e abordagens. 2016. 107 f. Dissertação (mestrado em ensino de ciências) - Universidade Federal de Itajubá, Itajubá-MG, 2016. Disponível em: https://repositorio.unifei.edu.br/xmlui/handle/123456789/476. Acesso em: 14 mar. 2022.

PEREIRA, Ana Carolina Costa et al. Saberes docentes em estudos acadêmicos relacionados à história da matemática nos últimos cinco anos. Research, Society and Development, Vargem Grande Paulista-SP, v. 9, n. 3, p. e104932429, 2020. Disponível em: https://www.researchgate.net/publication/340242063_Saberes_docentes_em_estudos_academicos_relacionados_a_historia_da_matematica_nos_ultimos_cinco_anos. Acesso em: 15 mar. 2022.

PEREIRA, Ana; BATISTA, Antonia Naiara; OLIVEIRA, Gisele. Novas configurações do laboratório de ensino de Trigonometria a partir da incorporação da tecnologia articulada a história da Matemática. Revista de Ensino de Ciências e Matemática, São Paulo, v. 12, n. 4, p. 1–19, 2021. Disponível em: https://revistapos.cruzeirodosul.edu.br/index.php/rencima/article/view/3116.

RATINAUD, Pierre. Pour les Analyses Multidimensionnelles de Textes et de Questionnaires (IRaMuTeQ). Versão 0.7 alpha 2. Paris, França. 2020. Disponível em: http://www.iramuteq.org/.

RIEDER, Bernhard. YouTube Data Tools. Amsterdam, 2022. Disponível em: https://tools.digitalmethods.net/netvizz/youtube/. Acesso em: 26 fev. 2022.

SANTOS, Andressa Gomes dos; FREIRE, Dianara Figueirêdo; PEREIRA, Ana Carolina Costa. Explorando as operações aritméticas no antigo Egito por meio da história da Matemática. Research, Society and Development, Vargem Grande Paulista-SP, v. 10, n. 3, p. e4310312944, 2021. Disponível em: https://rsdjournal.org/index.php/rsd/article/view/12944. Acesso em: 14 mar. 2022.

SANTOS, Anderson Oramisio; OLIVEIRA, Camila Rezende; OLIVEIRA, Guilherme Saramago de. Contribuições para o ensino da matemática no ensino fundamental, através da história da matemática e PCN´S. Itinerarius Reflectionis, Jataí-GO, v. 9, n. 1, 2013. Disponível em: https://www.revistas.ufg.br/rir/article/view/24346. Acesso em: 14 mar. 2022.

SANTOS, Luciane Mulazani dos; SILVEIRA, Maria Caroline; TASCHETTO, Maura Pauletto. A “experiência” e o “esperançar” na Educação Matemática durante a pandemia de COVID-19. Revista BOEM, Florianópolis-SC, v. 9, n. 18, p. 1–12, 2021. Disponível em: https://periodicos.udesc.br/index.php/boem/article/view/21227. Acesso em: 14 mar. 2022.

TAVARES, Eunice Joana Ribeiro; AIRES, Ana Paula Florêncio. A História da Matemática no ensino da matemática nos primeiros anos. História da ciência e ensino, São Paulo-SP, v. 20, p. 77–88, 2019. Disponível em: https://revistas.pucsp.br/index.php/hcensino/article/view/44821. Acesso em: 14 mar. 2022.

Downloads

Publicado

2022-04-12

Como Citar

AGUIAR, R. F. de .; SALES, F. A. de L. O Youtube como ferramenta de ensino da história da matemática: uma análise de vídeos. Boletim Cearense de Educação e História da Matemática, [S. l.], v. 9, n. 26, p. 47–61, 2022. DOI: 10.30938/bocehm.v9i26.8004. Disponível em: https://revistas.uece.br/index.php/BOCEHM/article/view/8004. Acesso em: 11 ago. 2022.