ÁLGEBRA E ARITMÉTICA EM LIVROS DIDÁTICOS DE 1879 A 1995

UMA POSSÍVEL ABORDAGEM USANDO GEOMETRIA

  • Nickson Deyvis da Silva Correia Universidade Federal de Alagoas
  • Viviane de Oliveira Santos Universidade Federal de Alagoas https://orcid.org/0000-0002-4425-3806
Palavras-chave: História da Matemática; Álgebra; Aritmética; Livros didáticos

Resumo

Ao estudar a História da Matemática no Brasil e a História do Ensino de Matemática, percebe-se as mudanças ocorridas no Sistema Educacional Brasileiro e como a Aritmética e a Álgebra foram organizadas ao longo dos anos no Ensino Básico. Nota-se também que alguns problemas de Álgebra e Aritmética foram abordados de forma geométrica ao longo da história. Desse modo, os objetivos desse trabalho foram compreender a organização do Ensino Secundário do período Brasil Império ao período Nova República, verificar como a Aritmética e Álgebra eram abordadas nos livros didáticos de 1879 a 1995 e propor uma possível abordagem geométrica dos conteúdos algébricos ou aritméticos. O trabalho foi desenvolvido no projeto de pesquisa do Programa Institucional de Bolsa de Iniciação Científica (Pibic) do Grupo de Pesquisa História da Matemática e Educação Matemática da Universidade Federal de Alagoas (Ufal). Foram adotados livros didáticos de 1879, 1914 e 1931 referentes ao Ensino Secundário, livros didáticos de 1943, 1948, 1954, 1958 e 1959 referentes ao Ensino Ginasial e livros didáticos de 1995 referentes aos anos finais do Ensino do 1º grau. Por meio desse estudo, foi possível compreender os decretos estabelecidos para a Educação Básica, as mudanças nos programas da disciplina de Matemática, as abordagens de alguns conteúdos algébricos e aritméticos por seus autores e propor abordagem geométrica desses conteúdos. Concluímos com a pesquisa que abordagens geométricas podem contribuir na compreensão de conteúdos algébricos e aritméticos. Vale destacar que o fato do professor de Matemática conhecer várias metodologias para abordar um conteúdo pode facilitar na escolha do melhor modo a adotar em suas aulas, principalmente na transição da Aritmética para a Álgebra.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Viviane de Oliveira Santos, Universidade Federal de Alagoas

Possui doutorado em Educação Matemática pela Universidade Estadual Paulista "Julio de Mesquita Filho" (UNESP) e mestrado em Matemática pela Universidade Federal de Alagoas (UFAL). É professora efetiva no Instituto de Matemática da UFAL, coordenadora do Curso de Matemática Licenciatura da UFAL, coordenadora do projeto de extensão "Sem mais nem menos" da UFAL, docente no Mestrado Profissional em Rede Nacional (PROFMAT), editora-adjunta da Coleção História da Matemática da Sociedade Brasileira de Matemática e líder do Grupo de Pesquisa "História da Matemática e Educação Matemática" da UFAL. Foi vice-coordenadora nacional do PROFMAT e coordenadora do curso de Licenciatura em Matemática a Distância da UFAL. Tem experiência na área de Matemática, com ênfase em Geometria Diferencial, História da Matemática e Educação Matemática.

Referências

ALVES, A. M. M. Livro didático de matemática: uma abordagem histórica (1943-1995). Dissertação (Mestrado em Educação). Universidade Federal de Pelotas, Pelotas, 2005.

BATISTA, A. A. Um objeto variável e instável: textos, impressos e livros didáticos. In: ABREU, M. (org.). Leitura, História e História da Leitura. São Paulo: Mercado das Letras, 1999.

BURIGO, E. Z. Movimento da matemática moderna no Brasil: estudo da ação e do pensamento de educadores matemáticos nos anos 60. Dissertação (Mestrado em Educação). Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, 1989.

D’AMBROSIO, U. Uma história concisa da Matemática no Brasil. Petrópolis: Vozes, 2008.

DI PIERRO NETTO, S. Matemática Scipione Conceitos e Histórias 8ª série. 3ª edição. São Paulo: Editora Scipione, 1995.

GALANTE, C.; SANTOS, O. M. Matemática – Primeira série curso Ginasial. 14ª edição. São Paulo: Editora do Brasil, 1954.

GALANTE, C.; SANTOS, O. M. Matemática – Segunda série curso Ginasial. 28ª edição. São Paulo: Editora do Brasil, 1958.

GALANTE, C.; SANTOS, O. M. Matemática – Terceira série curso Ginasial. São Paulo: Editora do Brasil, sd.

GALANTE, C.; SANTOS, O. M. Matemática – Quarta série curso Ginasial. 15ª edição. São Paulo: Editora do Brasil, 1959.

LOBO, J. T. S. Arithmetica para meninos. 5ª edição. Porto Alegre: Typographia da Deutsche Zeitung, 1879.

MARQUES, A. S. Tempos pré-modernos: a matemática escolar dos anos 1950. Dissertação (Mestrado em Educação Matemática). Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2005.

ROQUE, T. História da Matemática: uma visão crítica, desfazendo mitos e lendas. Rio de Janeiro: Zahar, 2012.

SILVA, D. R. Livro didático de Matemática: lugar histórico e perspectivas. Dissertação de Mestrado. Universidade de São Paulo, São Paulo, 2010.

STÁVALE, J. Elementos de Matemática – Primeiro volume. 3ª edição. São Paulo: Companhia Editora do Brasil, 1943a.

STÁVALE, J. Elementos de Matemática – Segundo volume. 1ª edição. São Paulo: Companhia Editora do Brasil, 1943b.

TRAJANO, A. Arithmetica Progressiva. 78ª edição. Rio de Janeiro: Livraria Francisco Alves, 1948.

TRAJANO, A. Arithmetica Progressiva. Rio de Janeiro: Livraria Francisco Alves, 1914.

TRAJANO, A. Algebra Elementar. 15ª edição. Rio de Janeiro: Livraria Francisco Alves, 1932.

VALENTE, W. R. Uma história da matemática escolar no Brasil (1730-1930). São Paulo: ANNABLUME, 1999.

VIRGENS, J. O.; FILHO, M. G. S. A Álgebra Elementar De Antônio Trajano: Entre Teorias E Concepções Na Década De 1930. XIV Seminário Temático. UFRN, 2016. Disponível em: <https://xivseminariotematico.paginas.ufsc.br/files/2016/05/VIRGENS_ SIQUEIRAFILHO_T2_vf.pdf>. Acesso em: 01 nov. 2019.

ZOTTI, S. A. Organização do ensino primário no brasil: uma Leitura da história do currículo oficial. VII Seminário Nacional de Estudos e Pesquisa, 2006. Disponível em:<http://www.histedbr.fe.unicamp.br/acer_histedbr/seminario/seminario7/TRABALHOS/S/Solange%20aparecida%20zotti.pdf>. Acesso em: 01 nov. 2019.

Publicado
2020-07-11
Como Citar
CORREIA, N.; SANTOS, V. ÁLGEBRA E ARITMÉTICA EM LIVROS DIDÁTICOS DE 1879 A 1995. Boletim Cearense de Educação e História da Matemática, v. 7, n. 20, p. 44-56, 11 jul. 2020.