A HISTÓRIA DA MATEMÁTICA DESENCADEANDO REFLEXÕES NO ENSINO DE FRAÇÕES

  • Isaura Aparecida Torse de Almeida EMEFM GUIOMAR CABRAL
Palavras-chave: História da Matemática, conceito de fração, formação.

Resumo

Este trabalho tem por objetivo apresentar a importância da História da Matemática no ensino e aprendizagem, cujas reflexões partem de um curso de extensão para pesquisa, intitulado “Os números racionais em foco” oferecido pela UTFPR – Universidade Tecnológica Federal do Paraná, onde tivemos a oportunidade de refletir sobre a construção do conceito de fração a partir da situação problematizadora “Cordasmil”, levando os participantes a entenderem melhor suas concepções sobre o assunto. A inserção da história da matemática também proporcionou mudanças nas práticas pedagógicas contribuindo para um novo olhar sobre o conteúdo através da construção do conhecimento com significado desenvolvendo a argumentação, justificação e validação do que está sendo ensinado.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

ARAUJO, Lucas dos Santos. A fração representada como medida de comprimento de reta. Educação Matemática na Contemporaneidade: desafios e possibilidades. São Paulo – SP, 13 a 16 de julho de 2016.

BERTONI, N. E. Educação e Linguagem Matemática IV: Frações e Números Fracionários. Brasília: Universidade de Brasília, 2009.

BRASIL. Base Nacional Comum Curricular: Educação Infantil e Ensino Fundamental. Brasília: MEC/Secretaria de Educação Básica, 2017.

BRASIL. Ministério da Educação. 1998. Secretaria de Educação Fundamental. Parâmetros Curriculares Nacionais: Matemática. Brasília: MEC/SEF.

LOPES, Antonio José. O que nossos alunos podem estar deixando de aprender sobre frações, quando tentamos lhes ensinar frações. Bolema, Ano 21, nº 31, pág. 1-22. Rio Claro, 2008.

MENDES, Iran. Abreu. O uso da História no ensino de Matemática: reflexões teóricas e experiências. Belém: EDUEPA. (Série Educação 1). 2001.

MENDES, Iran Abreu. Matemática e Investigação em Sala de Aula: tecendo redes de cognitivas na aprendizagem. Ed. Ver. e aum. São Paulo: Editora Livraria da Física. 2009.

MIGUEL, Antonio. MIORIM, Ângela. História na Educação Matemática: Propostas e Desafios. Belo Horizonte: Autentica 2005. Disponível em http://portal.mec.gov.br/seb/arquivos/pdf/matematica.pdf. Acesso em 01/01/2020.

MOCROSKY, Luciane Ferreira et al. Frações na Formação Continuada de Professoras dos Anos Iniciais: fragmentos de uma complexidade. Bolema [online]. 2019, vol.33, n.65, pp.1444-1463. Epub Dec 02, 2019. ISSN 0103-636X. http://dx.doi.org/10.1590/1980-4415v33n65a22.

MOURA, M. O. Números racionais Arquivo. (2015). Disponível em: https://disciplinas.stoa.usp.br/mod/resource/view.php?id=155570 .

NUNES, T.; BRYANT, P. Crianças fazendo Matemática. Porto Alegre: Artes Médicas, 1997.

VIANA, Marger da Conceição Ventura; SILVA, Célia Mara. Concepções de Professores de Matemática sobre a utilização da História da Matemática no processo de Ensino-Aprendizagem. Encontro Nacional de História da Matemática, v. 9, 2007.

VIANNA, Carlos Roberto; MACHADO, Nílson José. Matemática e história: algumas relações e implicações pedagógicas. 1995. Universidade de São Paulo, São Paulo, 1995.

Publicado
2020-07-12
Como Citar
TORSE DE ALMEIDA, I. A. A HISTÓRIA DA MATEMÁTICA DESENCADEANDO REFLEXÕES NO ENSINO DE FRAÇÕES. Boletim Cearense de Educação e História da Matemática, v. 7, n. 20, p. 202-210, 12 jul. 2020.