CARACTERIZAÇÃO E ESPACIALIZAÇÃO DOS COMPARTIMENTOS GEOMORFOLÓGICOS DA BACIA HIDROGRÁFICA DO CÓRREGO SÃO JOSÉ - MUNICÍPIO DE ITUIUTABA-MG

Autores

  • Leda Correia Pedro Miyazaki Universidade Federal de Uberlândia
  • Fabio Reis Venceslau Universidade Federal de Uberlândia

Palavras-chave:

Bacia hidrográfica, Impactos socioambientais, Ocupação do relevo

Resumo

O objetivo deste trabalho foi caracterizar e espacializar os compartimentos geomorfológicos da bacia hidrográfica do córrego São José para subsidiar reflexões teóricas-metodológicas aplicada ao planejamento urbano e ambiental. Assim, foram utilizados os seguintes procedimentos metodológicos: a) Revisão bibliográfica; b) Elaboração de cartas temáticas por meio de programas, além de fotografias aéreas imagens de satélite; c) Trabalhos de campo para fundamentar a caracterização e averiguação dos mapeamentos temáticos. O mapeamento mostrou que o relevo predominante na bacia é o de colinas com topos amplos convexizados e alguns relevos do tipo tabuliformes nas áreas mais elevadas da bacia. Foi possível compartimentar o relevo da seguinte forma: domínio dos topos amplos, suaves e ondulados das colinas, domínio das vertentes côncavas, convexas e retilíneas, domínio dos fundos de vale em V e em berço, sob os arenitos da Formação Adamantina e por fim, os topos alongados dos relevos tabuliformes sustentados pela Formação Marília.

 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

AB’SABER, A. N. Um conceito de geomorfologia a serviço das pesquisas sobre o quaternário. Geomorfologia. Revista do Departamento de Geografia. São Paulo, no 18, p. 1-23, 1969.

ARGENTO, M. S. F. Mapeamento geomorfológico. In: Geomorfologia: uma atualização de bases e conceitos. Guerra, A. J. T. e Cunha, S. B. da (orgs.). 3ª Ed. Rio de Janeiro: Bertrand Brasil, 1998, p. 365-391.

DEMEK, J. Generalization of geomorphological maps. In: DEMK, J (Ed.) Progress mad in geomorphology mapping. Brno, IGU Commission on Applied Geomorphology, 1965, p.36- 72.

FLORENZANO, T. G. Imagens TM-Landast e HRV-Spot na elaboração de cartas geomorfológicas de uma região do rio Taquari, MS. Revista Pesquisa Agropecuária, v. 33, Número Especial, p. 1721-1727, Brasília, out. 1998. Disponível em: http://www.infoteca.cnptia.embrapa.br/bitstream/. Acesso em 29 junh. 2010.

______________. Cartografia. In: Geomorfologia: conceitos e tecnologias atuais. São Paulo: Oficina de Textos. 2008, p. 105-128.

FUSHIMI, M. Mapeamento Geomorfológico do Município de Presidente Prudente – SP. Monografia de Bacharelado. 2009 - Universidade Estadual Paulista, Faculdade de Ciências e Tecnologia, Campus de Presidente Prudente, 2009.

GUSTAVSSON, M. Development of a detailed geomorphological mapping system and GIS Geodatabase in Sweden.Digital comprehensive summaries Uppsala dissertation from de Faculty from Science and Technology, n. 236. 2006.

MESCERJAKOV, J. P. Les concepts de mophostructure et de morphosculpture: un nouvel instrument de l’analyse géomorphologique. Annales de Geographie, n. 423, v. 77, set./out. 1968, p. 539-552.

NUNES, J. O. R. Uma contribuição metodológica ao estudo da dinâmica da paisagem aplicada a escolha de áreas para construção de aterro sanitário em Presidente Prudente. Presidente Prudente, 2002. 211 p. Tese (Doutorado em Geografia com ênfase em Desenvolvimento Regional e Planejamento Ambiental) – Faculdade de Ciências e Tecnologia, Universidade Estadual Paulista. 2002.

NUNES, J.O.R., FREIRE, R. PERES, I. U. Mapa geomorfológico do perímetro urbano da cidade de Presidente Prudente. In: VI Simpósio Nacional de Geomorfologia e Regional Conference on Geomorphology. 6. Anais... CDROM. Goiânia, 2006.

NUNES, J.O.R e FUSHIMI, M. Mapa Geomorfológico do município de Presidente Prudente- SP: elaboração e representação dos principais compartimentos de relevo. In: XIV Encontro Nacional de Geógrafos. 14. Anais... CDROM. Porto Alegre, 2010.

NUNES, et al. Elaboração de mapeamento geomorfológico utilizando técnicas de estereoscopia digital. In: IX Simpósio Nacional de Geomorfologia, 9. Anais... CDROM. Rio de Janeiro, 2012.

PEDRO MIYAZAKI, L. C. Elaboração da carta de compartimentação geomorfológica para o estudo do relevo na área urbana de Ituiutaba/MG. Espaço em Revista, v.19, n. 2, 2017.

PEDRO MIYAZAKI, L. C. O estudo dos compartimentos geomorfológicos da cidade de Presidente Prudente-SP e sua relação com as áreas de vulnerabilidade ambiental à ocupação do relevo. In: Encontro Nacional da Associação Nacional de Pós-graduação e pesquisa em Geografia, 2013. Anais... Campinas. Geografias, Políticas Públicas e Dinâmicas Territoriais. Dourados/MS: UFGD, 2013.

PEDRO, L. C.; NUNES, João Osvaldo Rodrigues. A Relação entre processos morfodinâmicos e os desastres naturais: uma leitura das áreas vulneráveis a inundações e alagamentos em Presidente Prudente - SP. Caderno Prudentino de Geografia, v. 2, p. 81/5-96, 2012.

PEDRO, L. C. Ambiente e Apropriação dos compartimentos Geomorfológicos do Conjunto Habitacional Jardim Humberto Salvador e do Condomínio Fechado Damha-SP. Presidente Prudente, 2008. Dissertação (Mestrado em Geografia), Universidade Estadual Paulista, Faculdade de Ciências e Tecnologia, 2008.

ROSS, J. L. S. Geomorfologia aplicada aos EIA-Rimas. In: GUERRA, A. J. T.; CUNHA, S.B. (Org.) Geomorfologia e meio ambiente. Rio de Janeiro: Bertrand Brasil, 1996, p.291-336.

ROSS, J. L. S & MOROZ, I. C. Mapa geomorfológico do Estado de São Paulo. Revista do Departamento de Geografia, São Paulo, n.10, p.41-56, 1996;

ROSS, J. L. S. Análise empírica da fragilidade dos ambientes naturais e antropizados. Revista do Departamento de Geografia. São Paulo: FFLCH/USP, n. 8, p. 63-74, 1994.

ROSS, J. L. S. Geomorfologia: ambiente e planejamento. 2. ed. São Paulo: Contexto, p. 82, 1991.

SILVA, T. I.; RODRIGUES, S. C. Elaboração de um tutorial de cartografia geomorfológica como alternativa para o ensino de geomorfologia. Revista Geográfica Acadêmica, v. 3, n. 2, p. 85-94, 2009; Disponível em:< http://www.rga.ggf.br>. Acesso em 29 jun. 2010.

SILVA, A. D. Q. d.; DOMINGOS, F. H. G.; SILVA NUNIOR, A. G. D.; CONCEIÇÃO, R. A. D. C.; SOUZA, J. J. D. Uso de estereoscópica digital no ensino de mapeamento geológico nos cursos de formação em Geociências. ANAIS do XVIII Simpósio Brasileiro de Sensoriamento Remoto SBSR. INPE, Santos, p. 2279 – 2286, 2017.

TRICART, J. Ecodinâmica. Rio de Janeiro: Fundação IBGE, p. 31-64, p. 1977.

Downloads

Publicado

2020-07-21

Como Citar

PEDRO MIYAZAKI, L. C.; VENCESLAU, F. R. CARACTERIZAÇÃO E ESPACIALIZAÇÃO DOS COMPARTIMENTOS GEOMORFOLÓGICOS DA BACIA HIDROGRÁFICA DO CÓRREGO SÃO JOSÉ - MUNICÍPIO DE ITUIUTABA-MG. Revista GeoUECE, [S. l.], v. 9, n. 2 Especial, p. 159–172, 2020. Disponível em: https://revistas.uece.br/index.php/GeoUECE/article/view/2149. Acesso em: 24 set. 2021.

Edição

Seção

Artigos