Análise espacial da ocorrência de alagamentos e inundações na área urbana do município de Maracanaú-CE

Autores

DOI:

https://doi.org/10.59040/GEOUECE.2317-028X.v12.n22.e202303

Palavras-chave:

Alagamentos, Inundações Urbanas, Sistema de Informação Geográfica

Resumo

O crescente processo de urbanização e a consequente impermeabilização do solo tornou a ocorrência de alagamentos e inundações um problema crônico e frequente em diversas cidades brasileiras. Estes podem ser incrementados pelas mudanças climáticas e características socioeconômicas de uma dada localidade, quando geralmente observa-se um ônus desproporcional na ocorrência de desastres de grande magnitude em áreas/comunidades mais vulneráveis.  Gerenciar o risco de desastres representa um desafio que inclui a identificação/espacialização de áreas mais vulneráveis e, nesse sentido, o presente artigo tem por objetivo espacializar as ocorrências de alagamentos/inundações na cidade de Maracanaú – Ceará no período de 2017 a 2020. A metodologia consistiu no levantamento bibliográfico, aquisição, sistematização e espacialização da base de dados de ocorrências fornecida pela Defesa Civil por meio de Sistema de Informação Geográfica - SIG. No período analisado, foi constatado um total de 36 registros, com 25 ocorrências de alagamentos e 8 registros de inundações. Ademais, há uma concentração de ocorrências em determinados bairros. O estudo permitiu organizar e espacializar informações históricas para elencar os bairros mais afetados e avaliar os riscos existentes, sendo uma fonte de conhecimento fundamental para fomentar o planejamento e auxiliar os tomadores de decisão no que compete à prevenção.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Métricas

Carregando Métricas ...

Biografia do Autor

Luis Felipe Xavier, Universidade Estadual Vale do Acaraú - UVA

Possui Graduação em Geografia e Especialização em Geoprocessamento Aplicado à Análise Ambiental e Recursos Hídricos, ambas pela Universidade Estadual do Ceará - UECE.  Discente do Mestrado Acadêmico em Geografia pelo Programa de Pós-Graduação em Geografia da Universidade Estadual Vale do Acaraú - UVA, vinculado ao Laboratório de Estudos Ambientais e Climáticos - LEAC.

Lattes: http://lattes.cnpq.br/9124457591446892

E-mail: felipe.mageouva@gmail.com

Jander Barbosa Monteiro, Universidade Estadual Vale do Acaraú

Professor Adjunto da Universidade Estadual Vale do Acaraú (UVA), Professor Permanente do Programa de Pós-Graduação em Geografia da Universidade Estadual Vale do Acaraú (UVA), Doutor e Pós-Doutor em Geografia pela Universidade Federal do Ceará (UFC), Mestre em Geografia pela Universidade Estadual do Ceará (UECE) e Graduado em Geografia pela Universidade Federal do Ceará (UFC).

Lattes: http://lattes.cnpq.br/4218192054179148

E-mail: jander_bm@hotmail.com.

Referências

ALMEIDA, L. Q. de. Diagnóstico Sócio-ambiental e contribuições para o Planejamento Ambiental do município de Maracanaú - CE. Caminhos de Geografia (UFU), Uberlândia, v. 15, n.Jun/2005, p. 108-125, 2005. Disponível em: https://seer.ufu.br/index.php/caminhosdegeografia/article/view/15392. Acesso em: 20/10/2022 DOI: https://doi.org/10.14393/RCG61515392

ALMEIDA, L. Q. de. Vulnerabilidades socioambientais de rios urbanos: bacia hidrográfica do rio Maranguapinho. Região Metropolitana de Fortaleza, Ceará. 2010. 278f. Tese (Doutorado em Geografia) – Instituto de Geociências e Ciências Exatas, Universidade Estadual Paulista, Rio Claro, 2010. Disponível em: https://repositorio.unesp.br/handle/11449/104309. Acesso em: 20/10/2022

AMARAL, R.; RIBEIRO, R. R. Inundações e enchentes. In: TOMINAGA, L.K.; SANTORO, J.; AMARAL, R.. (Org.). Desastres Naturais - Conhecer para Prevenir. 3. ed. São Paulo: Instituto Geológico, 2015, v. 1, p. 39-52. Disponivel em: https://www.infraestruturameioambiente.sp.gov.br/institutogeologico/2010/03/lancado-livro-sobre-desastres-naturais-no-site-do-ig/. Acesso em: 07/11/2022.

IBGE. Maracanaú: SIDRA, 2012. Disponível em: http://www.sidra.ibge.gov.br/ bda/territorio/unit.asp?e=v&t=4&codunit=23762&z=t&o=4&i=P. Acesso em: 21/10/2022

INSTITUTO DE PESQUISA E ESTRATÉGIA ECONÔMICA DO CEARÁ - IPECE. Perfil Básico Municipal 2016 Maracanaú. Disponível em: https://www.ipece.ce.gov.br/wp-content/uploads/sites/45/2018/09/Maracanau_2016. Acesso em: 21/10/2022

MAGALHÃES NETO, F. de. A Gestão ambiental no distrito industrial I de Maracanaú - Região metropolitana de Fortaleza-CE. 2013. 213 f. Tese (doutorado) - Universidade Estadual Paulista, Instituto de Geociências e Ciências Exatas, 2013. Disponível em: http://hdl.handle.net/11449/104463. Acesso em 13/11/2022.

SANTOS, R. S. A expansão urbana de Maracanaú: uma análise cartográfica – 1970 a 1998. Dissertação (Mestrado em Geografia) – Universidade Estadual do Ceará – UECE, Fortaleza, 1998.

TAVARES, Aeicha Roldan. Impacto dos desastres naturais sobre as finanças municipais no Ceará: uma análise com dados em painel para o período 2003-2016. 2021. 38f. Dissertação (Mestrado em Economia de Empresas) - Faculdade de Economia, Administração, Atuária e Contabilidade - FEAAC, Programa de Economia Profissional - PEP, Universidade Federal do Ceará - UFC, Fortaleza (CE), 2021. Disponível em: https://repositorio.ufc.br/handle/riufc/62412. Acesso em 21/11/2022

UNITED NATIONS OFFICE FOR THE COORDINATION OF HUMANITARIAN AFFAIRS - OCHA. Natural Disasters In Latin America And The Caribbean. Relatório. Panamá, 2020. Relatório. Disponível em: https://www.humanitarianresponse.info/en/operations/latin-america-and caribbean/document/latin-america-and-caribbean-natural-disasaters-2000. Acesso em 21/11/2022

Downloads

Publicado

2023-06-09

Como Citar

XAVIER, L. F.; MONTEIRO, J. B. Análise espacial da ocorrência de alagamentos e inundações na área urbana do município de Maracanaú-CE. Revista GeoUECE, [S. l.], v. 12, n. 22, p. e202303, 2023. DOI: 10.59040/GEOUECE.2317-028X.v12.n22.e202303. Disponível em: https://revistas.uece.br/index.php/GeoUECE/article/view/10309. Acesso em: 16 jun. 2024.

Edição

Seção

Artigos